PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Agricultura
  3. Outras culturas
  4. Exportação de tabaco movimentou US$ 2 bilhões em 2016
balança comercial

Exportação de tabaco movimentou US$ 2 bilhões em 2016

Ao todo, foram 90 países importadores do tabaco brasileiro no último ano; 98% da produção fica na Região Sul. Veja ranking de cidades

Ao todo, 98% da produção nacional de tabaco está concentrada na Região Sul. |

Ao todo, 98% da produção nacional de tabaco está concentrada na Região Sul.

Embora possa ser considerado polêmico, o tabaco é sexto produto da pauta de exportações do agronegócio brasileiro, afirma o Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco. Conforme informações divulgadas pela entidade nesta semana, o produto brasileiro foi comercializado junto a 90 países em 2016, o que faz do país o maior exportador do planeta.

O Sul do Brasil é o maior produtor do fumo: 98% da produção de tabaco está concentrada na região e as dez cidades que mais plantaram a folha no ano passado ficam no Sul. O campeão é o Rio Grande do Sul, que embarcou 383 mil toneladas no ano. Segundo o sindicato, foi o segundo produto mais comercializado pelo estado ao exterior, superado apenas pela soja.

Para se ter uma ideia do volume, o cultivo está presente em 574 dos 1.191 municípios da Região Sul e faz parte da renda de 144.320 famílias, o que leva mais de meio milhão de pessoas a dependerem, de alguma forma, dessa cultura, informa o SindiTabaco.

Durante a última safra, foram plantadas 539 mil toneladas em 293 mil hectares, gerando renda de R$ 5,2 bilhões aos produtores. Na opinião do presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, a planta é referência de renda para a agricultura familiar. Ele destaca que os importadores reconhecem a integridade da produção nacional.

Exportações de tabaco

Dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços confirmam a importância econômica do cultivo do tabaco para o país. Ao todo, 483 mil toneladas foram embarcadas em 2016, o que rendeu ao país US$ 2,12 bilhões. O produto representa 5,3% das exportações da Região Sul. Apesar disso, houve queda na comparação com o período anterior, quando 517 mil toneladas foram exportadas, gerando US$ 2,19 bilhões.

A União Europeia é o maior comprador Brasileiro de tabaco, com 41% das embarcações, seguido pelo Extremo Oriente (28%), América do Norte (12%), Leste Europeu (7%), África/Oriente Médio (6%) e América Latina (6%). Os principais países importadores de tabaco do Brasil são: Bélgica, China e Estados Unidos.

A China, por sua vez, além de grande importador, é o país que tem a maior produção interna de tabaco do mundo, seguido por Brasil, Índia e Estados Unidos.

Siga o Agronegócio Gazeta do Povo

VOLTAR AO TOPO

NOTÍCIAS POR CULTURA