Expedição Avicultura

Da granja ao mercado: confira as faces da avicultura paranaense em imagens

Na última semana, equipe percorreu mais de 1,5 mil quilômetros nas principais regiões produtoras do estado

Albari Rosa/Gazeta do Povo Nesta semana, a equipe roda mais 1,5 mil quilômetros pelas principais regiões produtoras de Santa Catarina. | Albari Rosa/Gazeta do Povo

Nesta semana, a equipe roda mais 1,5 mil quilômetros pelas principais regiões produtoras de Santa Catarina.

A Expedição Avicultura começou na última segunda-feira (10). O pontapé inicial foi dado no Paraná, estado que responde por 35% da produção e exportação nacional. No ano passado, a cadeia paranaense produziu mais 1,75 bilhão de aves e exportou 1,55 milhão de toneladas embarcadas para 150 países.

Para produzir um diagnóstico técnico e jornalístico desta cadeia, ao longo da última semana, a equipe de jornalistas viajou pelos principais polos produtores da proteína do campeão nacional.

CONFIRA NAS IMAGENS E LEGENDAS O RESUMO DA PRIMEIRA SEMANA NO PARANÁ

Sobre a Expedição

Em sua quarta edição, a Expedição Avicultura 2017 faz um novo diagnóstico técnico-jornalístico da cadeia produtiva do frango no Brasil com visitas às principais regiões produtoras e exportadoras da proteína no país. Além dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, contemplados nas edições anteriores, São Paulo, Minas Gerais e Goiás, passam a fazer parte do roteiro.

O projeto é uma iniciativa do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e conta com o apoio da Boehringer Ingelheim, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Banco do Brasil, C. Vale Cooperativa Agroindustrial, Integra Foods, Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) e Renault.

Siga o Agronegócio Gazeta do Povo

VOLTAR AO TOPO

NOTÍCIAS POR CULTURA