PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Expedições
  3. Expedição Safra
  4. 2014/2015
  5. Diário de bordo
  6. Diversificação se afirma como proteção de risco no Paraguai

Diversificação se afirma como proteção de risco no Paraguai

Koda Kozo desenvolve criação de gado para produção de carne especial magra. |

Koda Kozo desenvolve criação de gado para produção de carne especial magra.

Diversificação se afirma como proteção de risco no Paraguai Ampliar

As lavouras de soja do Paraguai estão mais expostas aos riscos do mercado que as do Brasil e da Argentina. A influência das cotações em dólar é direta no preço do grão e dos insumos. Sem um programa de crédito agrícola ou seguro rural, os produtores passam a se proteger com alternativas de renda.

A parte sul e a central da zona da soja -- concentrada no Leste do país -- são as mais diversificadas. Na viagem pela região, a Expedição Safra Gazeta do Povo encontrou plantações de erva-mate, criadouros de bovinos, suínos e aves, laticínios, moinhos de trigo, fábricas de ração e até tanques de peixe cercados por caprinos.

Nesta quinta-feira, técnicos e jornalistas seguem em direção à região de Nueva Esperanza, mais ao norte da zona de plantio de grãos. Visitas a propriedades e debates com produtores devem ocorrer até a noite.

Acompanhe o Diário de Bordo e saiba mais detalhes sobre o potencial da safra de grãos no Paraguai e o sistema produtivo do país na edição de terça-feira do Agronegócio.

 

Siga o Agronegócio Gazeta do Povo

VOLTAR AO TOPO

NOTÍCIAS POR CULTURA