Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

limpeza/conservação

Cara e cheiro de carro novo

Não tem mais o “cheirinho” de novo? Não tem problema. Empresas oferecem serviços que podem rejuvenescer qualquer veículo

  • João Fortes, especial para a Gazeta do Povo
Com a vitrificação, a garantia é de uma lataria brilhante, protegida e que exige pouquíssima manutenção |
Com a vitrificação, a garantia é de uma lataria brilhante, protegida e que exige pouquíssima manutenção
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Cara e cheiro de carro novo

Fora da concessionária é uma questão de tempo para o carro perder o visual e até aquele cheiro agradável de novo. Mas existem alguns serviços que podem colaborar para manter esses aspectos, ou pelo menos, garantir a conservação do veículo.

Lavagem externa é um bom começo, mas encerar o carro com frequência, garante um resultado melhor. Principalmente se o produto usado for de qualidade, a cera protege a pintura contra a ação dos raios solares e contra a sujeira, além de dar brilho.

Para ter um bom resultado, e com durabilidade de até três meses, o profissional de estética automotiva Ronaldo Neves recomenda um serviço que inclua lavagem, descontaminação e, somente no fim, a aplicação da cera. “Essa descontaminação é feita com uma pasta abrasiva, para retirar fuligem e outras impurezas da lataria”, explica.

Mas com um investimento um pouco maior é possível passar até três anos sem passar uma mão de cera no carro. Com a vitrificação, a garantia é de uma lataria brilhante, protegida e que exige pouquíssima manutenção.

Proteção duradoura

Como em casa, o serviço começa com uma lavagem completa, isolamento de peças e espelhamento para retirar qualquer imperfeição da pintura. Na sequência aplica-se uma resina líquida que, ao secar, forma uma película fina, com capacidade de repelir a água e não permitir a aderência da sujeira. “Em um carro zero km o serviço dura de duas a três horas. Já no seminovo vai um dia de trabalho”, diz Volney Darcy Bernardes, diretor de logística do Centro de Preparação de Veículos Garret. O serviço, segundo ele, custa entre R$ 450 e R$ 850 e varia de acordo com o tamanho do veículo.

Outra sugestão de Bernardes para proteger a lataria é o envelopamento, que pode ser feito em diversas cores ou transparente. A durabilidade e os preços variam de acordo com o adesivo utilizado. “Um envelopamento com durabilidade de quatro anos custa entre R$ 1,2 mil e R$ 1,5 mil, mas é possível utilizar um produto que dura até 10 anos e custa entre R$ 1,5 mil e R$ 2 mil”.

Outros cuidados

Para manter o carro como novo é preciso ir além da lataria. Por dentro, o sol, a sujeira e o próprio uso diário tiram a estética original do veículo. Caprichar na limpeza básica é fundamental, mas para uma conservar é preciso investir em uma higienização.

O serviço inclui limpeza profunda dos tecidos dos bancos, teto e carpetes, que remove manchas, impurezas e odores que se acumulam pela proliferação de fungos e bactérias. “É importante fazer isso pelo menos uma vez por ano, até para saúde do condutor”, sugere Bernardes.

Ronaldo Neves recomenda uma higienização a cada seis meses, pelo menos nos bancos. “Não precisa esperar aparecer manchas para fazer”. Esse serviço pode variar entre R$ 150 e R$ 350.

Neves também sugere o uso de um condicionador para as partes plásticas, evitando rachaduras e áreas opacas. “O silicone não é muito bom. Ele junta pó, fica gorduroso e pode embaçar o vidro”, ressalta. Quem tem bancos e outras partes internas em couro não pode se esquecer de fazer uma hidratação a cada seis meses. O serviço custa entre R$ 100 e R$ 200.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Automóveis

  1. A norte-americana Audra Tatum sofreu ferimentos graves após acidente ocorrido há dois anos. Até hoje sofre com sequelas. | Reprodução

    Perigo!

    Costuma apoiar os pés no painel do carro? Veja porque nunca mais fazer isso

  2.  |

    Segurança

    Nova polêmica! Governo quer proibir o estepe de uso temporário

  3.  | Jonathan CamposGazeta do Povo

    Amigo do posto

    De Sandero a Ferrari, confira os carros campeões de consumo no Brasil

PUBLICIDADE