Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade

Pedro Serápio/Gazeta do Povo

Pedro Serápio/Gazeta do Povo / As raladinhas das rodas podem ser consertadas em dois ou três dias. Custo baixo é o grande trunfo do serviço As raladinhas das rodas podem ser consertadas em dois ou três dias. Custo baixo é o grande trunfo do serviço
Serviço

Raladinha nas rodas tem os dias contados

Empresas oferecem serviços de recuperação de peças danificadas. Opte por estabelecimentos que ofereçam mão-de-obra especializada, que trabalhem com materiais de qualidade e que tenham equipamentos de ponta

Publicado em 27/05/2009 |
  • Comentários

Na hora de estacionar, alguns motoristas têm verdadeira atração pelo meio-fio da calçada. Qualquer descuido numa manobra e eles não perdoam: acabam dando aquela arranhada numa das rodas. Apesar de ser tão resistente a impactos quanto uma peça em aço, a roda de liga leve é mais cara e mais frágil quanto a danos superficiais. Por conta disso, de raladinha em raladinha, o prejuízo de quem instalou esse tipo de acessório no carro é bem maior.

A boa notícia é que rodas de liga leve danificadas podem ser reparadas em empresas especializadas. A grande vantagem, é claro, é o custo do conserto em comparação ao preço de uma peça zero-quilômetro. Uma roda aro 13 novinha, por exemplo, sai em média por R$ 180 em lojas de acessórios automotivos de Curitiba. Já o conserto teria um custo de R$ 50. E a economia seria bem maior no caso de rodas de aro 20, pois uma nova custaria a partir de R$ 800, valor bem mais salgado que os R$ 120 cobrados para a recuperação de uma peça avariada.

Saiba mais

Confira mais informações sobre como manter as rodas em bom estado e como cuidar para que problemas no conjunto não prejudiquem o bom funcionamento do carro:

Balanceamento - Para reduzir o desgaste do pneu, barulho na estrada e vibrações é aconselhável que as rodas sejam balanceadas. Vale lembrar que as vibrações nos veículos podem ocorrer por deformações nas rodas causadas por impactos em buracos ou meio-fio da calçada (lateralmente).

Manutenção - Produtos químicos e materiais corrosivos, utilizados em lava-rápidos, podem danificar a superfície ou tornar o acabamento opaco da roda. Por conta disso, na hora de limpar o conjunto, observe se estão usando detergentes neutros. Não deixe ainda utilizar ceras abrasivas sobre a superfície, sejam elas pintadas, diamantadas ou cromadas. Além disso, jamais permita o uso de palha de aço nas rodas.

Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo / Rodas diamantadas exigem um torno especial para a recuperação dos desenhos Ampliar imagem

Rodas diamantadas exigem um torno especial para a recuperação dos desenhos

Antes de optar por um estabelecimento especializado neste tipo de reparo vale pesquisar a qualidade do serviço oferecido. Ou seja, sempre opte por empresas que ofereçam mão-de-obra especializada, que trabalhem com materiais de qualidade e que tenham equipamentos de ponta. Pedir dicas a amigos que contrataram este tipo serviço é uma boa idéia. O conserto dura entre dois e três úteis e alguns estabelecimentos cedem neste período um jogo de rodas reserva.

Mas como é feito o reparo das raladinhas nas rodas? Segundo André Ricardo Crovador, proprietário da Sobre Rodas, empresa que realiza neste tipo de conserto em Curitiba, o trabalho começa com a retirada da tinta velha. O passo seguinte será a correção das imperfeições, como pequenas lascas e arranhões, que recebem massa plástica ou solda, se a avaria for mais profunda. “Na sequência, a roda recebe uma base de fundo primer e, depois de seca, a tinta de acabamento. Por fim, é aplicada uma camada de verniz, que dará proteção à peça”, acrescenta ele.

O trabalho, no entanto, é um pouco mais complexo se a roda de liga leve for diamantada (técnica em que a peça recebe um efeito brilhante e espelhado) em vez de apenas pintada. Luiz Witkovski, dono da Rodas de Liga Leve, estabelecimento também especializado no conserto deste tipo de acessório na capital, conta que neste caso para se eliminar os arranhões ou amassados é utilizado um torno copiador, capaz de reproduzir qualquer desenho de roda. “Baseado num molde acrílico com o respectivo contorno da peça, a máquina vai talhando a superfície antes avariada”, explica ele. Devido a essa maior complexidade do serviço o custo também é mais elevado. Varia entre R$ 70 (aro 13) a R$ 180 (aro 20).

Também é possível consertar danos mais profundos nas rodas, como amassados e até trincas, mas há restrições. “É preciso submeter a peça avariada a uma série de medições a fim de verificar se a região central por onde passam os parafusos não está comprometida ou se os raios não estão quebrados. Se estiverem não recomendamos o conserto, pois a segurança da roda pode estar comprometida”, alerta o proprietário da Sobre Rodas.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade