Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

Briga dos subcompactos

Perto da estreia, Renault Kwid zomba do Volkswagen up!, que dá o troco; assista

Marca francesa provoca a rival ao dar a entender que o carro dela é apertado e baixo. Montadora alemã mostra que modelo não é com um humorista a bordo

O Volkswagen up!, apesar de não identificado no clipe, é zombado pela Renault. |
O Volkswagen up!, apesar de não identificado no clipe, é zombado pela Renault.
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Renault Kwid só chega ao mercado brasileiro na virada do semestre para substituir o Clio, mas já começa a incomodar seus rivais diretos, especialmente o Volkswagen up!. A marca divulgou no hot site criado para o subcompacto dois vídeos que provocam o concorrente.

O modelo nacional, com produção em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, é apresentado como o “SUV dos compactos”, em alusão a sua aparência mais robusta e a boa altura em relação ao solo.

Já o subcompacto da marca alemã é zombado por supostamente ser apertado e baixo.

LEIAS MAIS: Confira os detalhes do Kwid, o primeiro ‘popular’ com airbags laterais de série

No vídeo “Lombadas”, o Kwid esculacha o up! ao dizer que “carro compacto não precisa ter altura de compacto”. O rival não é identificado na peça, mas fica claro se tratar do modelo.

No outro filme, o modelo é alfinetado com a frase “Não é você que é alto demais. É seu carro que é compacto demais”. 

Neste caso é uma referência à proposta do Kwid em oferecer uma cabine alta, capaz de acomodar sem aperto pessoas de boa estatura. 

LEIA MAIS: Vale a pena esperar? Confira os lançamentos que vêm por aí

Lembrando que o entre-eixos do carro é curto, de 2,42 m - o mesmo do up! e maior que o do Mobi (2,30 m), outro integrante do segmento, que, aliás, vende mais que o Volkswagen atualmente.

Resposta da Volkswagen

A provocação, aparentemente, pegou mal para a Renault, que tirou o vídeo do ar na sua conta oficial do YouTube

Volkswagen, no entanto, decidiu responder à brincadeira e convidou o comediante e apresentador Rafinha Bastos, no alto do seu 1,99 m, para mostrar que a Renault equivocou-se ao usar o up! como exemplo.

LEIA MAIS: Assista ao anúncio mais surpreendente já feito para vender um carro

Na resposta, sem citar ou mostrar o rival, a montadora enfatizou que altura do carro e o espaço interno são predicados do seu subcompacto. E foi além comentando os pontos fortes.

Usando da campanha #Desache, lançada com a reestilização recente do up!, Rafinha cita a segurança do modelo, que teve nota máxima no teste de colisão feito pelo Latin NCAP .

É uma cutucada direta ao Kwid, que já foi lançado na Índia e reprovado no crash test local, repercutindo mal no Brasil - por lá, o modelo não vem equipado com airbags. 

À época a fabricante francesa tratou de informar que o hatch brasileiro ganharia reforços estruturais e viria com quatro airbags, incluindo dois laterais, e sistema de fixação Isofix para cadeiras infantis.

LEIA MAIS: Novo up! troca apelo popular por estilo sofisticado; confira preços e versões

Aprendendo a falar ‘Kwid’

Na onda de promover o futuro lançamento, a Renault também está divulgando vídeos bem-humorados sobre a dificuldade de alguns potenciais consumidores em pronunciar o nome do veículo. 

Brincando com palavras que costumeiramente são faladas incorretamente como “iorgute”, “chuva de granito”, “mortandela” e os jeitos que as pessoas dizem Kwid (“Kauid”, “Quiuid”...), os filmes ensinam a falar corretamente o nome do modelo. 

A campanha promocional agressiva mostra que a Renault aposta alto em seu modelo de entrada. Todos os detalhes serão revelados no Salão de Buenos Aires, no início de junho, quando o carro faz sua primeira apresentação ao público - no Salão de São Paulo 2016 ele apareceu sob a forma de conceito, apesar de trazer praticamente as linhas finais do projeto.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Automóveis

PUBLICIDADE