Juízes prestam solidariedade a desembargadores que julgam Lula e temem atos violentos após decisão - A Protagonista
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog A Protagonista

Juízes prestam solidariedade a desembargadores que julgam Lula e temem atos violentos após decisão

Fachada do TRF4, em Porto Alegre, onde o ex-presidente Lula será julgado em segunda instância (Foto: TRF4/Divulgação)
Fachada do TRF4, em Porto Alegre, onde o ex-presidente Lula será julgado em segunda instância (Foto: TRF4/Divulgação)

O presidente da Associação dos Juízes Federais do Rio Grande do Sul (AJUFERGS), Gerson Godinho, afirma que os magistrados temem ataques aos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) e pretendem “afastar a pecha de que o julgamento” de Lula é político.

Na segunda-feira (23), um grupo de juízes federais se encontrou com o presidente do TRF4, Thompson Flores, em solidariedade aos desembargadores que julgam o ex-presidente nesta quarta-feira (24), em Porto Alegre. Após alertar autoridades de Brasília sobre ameaças sofridas pelos magistrados, o presidente da Corte chegou a ser criticado por Lula e por parlamentares petistas, que encararam a postura de Thompson como um “ato político”.

LEIA MAIS: Na contramão de Gleisi, Pepe Vargas diz que teme ‘provocadores’ em julgamento de Lula

Em defesa ao desembargador, Godinho diz que os ataques são “preocupantes”, independentemente do resultado do julgamento. “Conhecendo o presidente Thompson, meu único entendimento é o de que ele está tomando as cautelas necessárias para que o julgamento ocorra de forma tranquila”, afirma, ressaltando que, após a absolvição do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, em junho do ano passado, também houve ameaças aos desembargadores do TRF4.

Juízes federais em encontro com o presidente do TRF4, Thompson Flores, em Porto Alegre (Foto: TRF4/Divulgação)

“O fato é inusitado, e as pessoas estão preocupadas, mas os desembargadores têm tempo de magistratura suficiente para encarar isso com tranquilidade. Será um julgamento técnico e jurídico. Vai parecer até chato, muitas vezes, mas qualquer pessoa vai poder assistir e tirar suas próprias conclusões.”

O julgamento de Lula pode ser acompanhado ao vivo pelo canal da Gazeta do Povo no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=M-GlxuxFaeA