*

Enkontra.com
Blog Arquibancada Virtual

Recorde de público? Conheça as ‘verdadeiras’ marcas dos estádios de Curitiba

Torcida nos refletores de luz do Couto Pereira para ver Atlético e Flamengo, em 83: nunca se viu nada igual no futebol local.
Torcida nos refletores de luz do Couto Pereira para ver Atlético e Flamengo, em 83: nunca se viu nada igual no futebol local.

Motivo de orgulho para os torcedores em geral, o recorde de público nos estádios de futebol sempre e acompanhado de uma segunda ou até terceira versões. As grandes marcas da Arena da Baixada, Couto Pereira, Pinheirão e Vila Capanema não fogem à regra do asterisco. Confira a versão alternativa dos maiores públicos dos estádios de Curitiba e acolha essa ideia, se achar justo.

Couto Pereira

A visita do Papa João Paulo II à capital paranaense, em 5 de julho de 1980, levou um público jamais visto ao estádio do Coritiba. Cerca de 70 mil pessoas ocuparam o evento de bênção papal em uma cerimônia religiosa. O público (não oficial) acompanhou um evento com show folclórico polonês. Convites foram distribuídos com antecedência pelas igrejas da cidade.  >> Marca que vale: Atlético x Flamengo, em 1983 – 67.391

Arena da Baixada

Com o uso do gramado para acomodar espectadores, o Joaquim Américo recebeu exatamente  45.207 pessoas para o UFC 198 do ano passado. A grandiosidade do evento de luta quase foi superado por um evento evangélico, em julho, com 43 mil pessoas estimadas (não oficial). >> Marca que vale: Paraná x Internacional, em 2017 – 39.414

Pinheirão


Uma crisma coletiva de 12 mil jovens de 145 paróquias, em 29 de novembro de 1998, reuniu 65 mil pessoas no Pinheirão. Com o uso do gramado para acomodar os católicos, o evento superou a capacidade máxima de jogos de futebol. >> Marca que vale: Atlético x Coritiba, em 1998 – 44.475

Vila Capanema

O show da banda Pearl Jam em 2011 levou 27 mil fãs de rock à tradicional praça esportiva curitibana. Foi a primeira vez que o estádio foi alvo de um evento artístico e a estrutura abrigou um público perfeito para eventos de médio porte. >> Marca que vale: Atlético x Santos, em 1968 – 24.303