*

Enkontra.com

Avianca Brasil responde concorrentes com encomenda de 62 Airbus A320neo

Avianca Brasil receberá 62 aeronaves Airbus A320neo (Foto: Divulgação/Airbus)
Avianca Brasil receberá 62 aeronaves Airbus A320neo (Foto: Divulgação/Airbus)

A confirmação da compra de 62 aeronaves da família Airbus A320neo para a Avianca Brasil coloca a empresa em posição importante para crescer, apesar da recessão econômica no país. O anúncio do acordo foi feito nesta quarta-feira (13) pelo grupo Synergy, controladora da aérea brasileira.

Após retirar os Fokker 100 da frota no ano passado, a Avianca Brasil padronizou as operações com aeronaves A318, A319 e A320. Foi o passo inicial para contar com a versão remotorizada dos aviões de corredor único da Airbus.

>> Leia mais: Companhias aéreas brasileiras reduzem frota para se adequarem à demanda

“Esses A320neo permitirão que a Avianca Brasil dê um salto importante em direção ao crescimento e à modernização de sua frota de uma maneira lucrativa e sustentável, ao mesmo tempo em que melhora a experiência dos passageiros”, declarou presidente do Conselho do Synergy, Alex Bialer.

A compra dos A320neo é um indicativo de força importante para os parceiros da Star Alliance. A companhia aérea, que ingressou na aliança em julho de 2015, ‘ganhou’ clientes e precisa manter e incrementar operações para atender todos os passageiros das parceiras. Aumentar a frota é responder a essa demanda.

Airbus na América Latina
A encomenda do Synergy para a Avianca Brasil fez a Airbus ultrapassar a marca de mil aeronaves vendidas na América Latina. Só o A320neo tem 410 pedidos firmes no continente de sete clientes diferentes.

Além disso, a Avianca Brasil viu os concorrentes atualizando suas frotas. Azul e Latam Brasil apostaram no mesmo A320neo – ambas receberão os primeiros aviões ainda em 2016 -, enquanto que a Gol terá os Boeing 737 MAX 8, ainda sem previsão de chegada. Contar com novos aviões é importante para encarar as três maiores do país.

A Avianca Brasil não confirmou quando os primeiros A320neo devem chegar ao país. No entanto, mesmo antes do anúncio da compra, o vice-presidente da empresa, Tarcisio Gargioni, chegou a falar que poderia receber dois aviões do modelo no segundo semestre deste ano. Essas aeronaves, porém, faziam parte de um acordo de compra para 100 A320neo assinado pela Avianca colombiana, que também tem o Synergy como controladora – as duas Aviancas, porém, não fazem parte da mesma empresa.

 
 
mais conteúdo após a publicidade