*

Enkontra.com
Blog Caixa Zero
Blog Caixa Zero

Paraná pode ter governador mais jovem, mais velho, primeira mulher ou primeiro “irmão”

Quem quer que vença a eleição para o governo do Paraná, caso os candidatos sejam mesmo os que estão postos até aqui, estabelecerá algum tipo de recorde, de novidade. O estado poderá ter seu governador mais jovem, ou o mais velho. Poderá ter a primeira governadora eleita. Ou pela primeira vez o irmão de um ex-governador chegando ao Palácio Iguaçu.

Mais jovem

Ratinho Jr. pode ser o governador mais jovem que o Paraná já elegeu. Caso ganhe a eleição no ano que vem, tomará posse com 36 anos de idade. Será alguns meses mais novo do que o atual detentor do recorde, Paulo Pimentel. Aliás, um político com quem Ratinho guarda algumas semelhanças.

Assim como Paulo Pimentel, Ratinho vem do interior, trabalha com comunicação e entrou na política jovem. Pimentel foi dono das emissoras do SBT no Paraná, que hoje pertencem aos Ratinho. E foi o último governador a se eleger no Paraná sem ter sido prefeito de Curitiba ou senador, em 1966. Era secretário do governo de Ney Braga – mesmo status que Ratinho teve na gestão de Beto Richa.

Mais velho

Por outro lado, o estado pode ter seu governador mais velho. Roberto Requião, caso eleito, chegaria ao poder aos 77 anos, com mandato até os 81. Também seria, no caso dele, a única vez em que um governador ganhou quatro eleições no estado. Requião já é o recordista, com três mandatos (com dois, vêm vários, entre os quais Beto Richa, Jaime Lerner, Ney Braga e Moysés Lupion).

Cida: primeira mulher?

Primeira mulher

Cida Borghetti poderá ser a primeira mulher eleita para o governo do Paraná. Caso Beto Richa renuncie para ser candidato, ela já assume o governo em abril, mas sendo eleita para vice. Cida foi a segunda governadora interina do estado.Antes dela, Emília Belinati, como vice de Jaime Lerner, assumiu várias vezes o governo, mas só por períodos curtos.

Alvaro e Osmar: finalmente juntos? Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo.

Alvaro e Osmar. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo.

Dois irmãos

Osmar Dias seria o primeiro caso de dois governadores irmãos eleitos. Alvaro Dias foi governador entre 1987 e 1991. Já houve casos de cunhados governando o estado (Affonso Camargo e Caetano Munhoz da Rocha); e de pai e filho (Caetano e Bento Munhoz da Rocha; José e Beto Richa). Irmãos, nunca.

Saiba mais: Podcast Pequeno Expediente fala tudo sobre a eleição paranaense

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.