Blogs

Fechar
PUBLICIDADE

Caixa Zero

Enviado por Rogerio Waldrigues Galindo, 06/01/16 12:01:53 PM

Pesquisa com 13 prefeitos mostra ACM como mais aprovado, Fruet em oitavo e Haddad no fim da fila

Levantamentos feitos pelo Instituto Paraná Pesquisas ao longo do segundo semestre de 2015 mostram que o prefeito de Salvador, ACM Neto, é o que tem maior aprovação de seu mandato, enquanto Paulo Siqueira, de Goiânia, tem a pior situação. Enquanto ACM é aprovado por 84,7% dos eleitores, Garcia tem aprovação de apenas 23,1%.

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, aparece na oitava posição das 13 capitais pesquisadas, com 48% de aprovação. Pela margem de erro, está empatado em sexto lugar com os prefeitos de Florianópolis e Campo Grande. Ainda aparece bem à frente dos prefeitos das duas maiores cidades do país, Eduardo Paes, do Rio, e Fernando Haddad, de São Paulo.

As pesquisas foram feitas todas no ano passado. A partir de janeiro, só podem ser feitos levantamentos relativos às prefeituras (de aprovação ou intenção de voto) com registro nos Tribunais Regionais Eleitorais. As pesquisas divulgadas abaixo foram feitas entre agosto e dezembro, sempre com margem de erro entre 3 e 4 pontos porcentuais.

Os números mostram tendência de aprovação maior pare prefeitos do Nordeste. Das quatro capitais da região pesquisadas, três ficaram nos primeiros lugares. Apenas Fortaleza, administrada por Roberto Cláudio, apareceu em posição ruim. Os três primeiros colocados também estão em seu primeiro mandato e podem disputar a reeleição.

Gustavo Fruet, de Curitiba, aparece na pior posição da região Sul, que teve o gaúcho José Fortunati, com 53,9% de aprovação, como mais bem posicionado, na quinta colocação. Fruet também deve ser candidato à reeleição pelo PDT.

ACM Neto (Salvador) – 84,7%
Rui Palmeira (Maceió) – 64,4%
Geraldo Júlio (Recife) – 57,6%
Marcio Lacerda (Belo Horizonte) – 54,8%
José Fortunati (Porto Alegre) – 53,9%
César Souza Jr. (Florianópolis) – 49,4%
Alcides Bernal (Campo Grande) – 48,9%
Gustavo Fruet (Curitiba) – 48%
Eduardo Paes (Rio de Janeiro) – 42,5%
Zenaldo Coutinho (Belém) – 36,8%
Roberto Cláudio (Fortaleza) – 36,3%
Fernando Haddad (São Paulo) – 27,6%
Paulo de Siqueira Garcia (Goiânia) – 23,1%

Dados das pesquisas: Salvador, 643 entrevistas em outubro, margem de erro de 4%; Maceió, 624 entrevistas em outubro, margem de erro de 4%; Recife, 700 entrevistas em novembro, margem de erro de 4%; Belo Horizonte, 815 entrevistas em novembro, margem de erro de 3,5%; Porto Alegre, 755 entrevistas em dezembro, margem de erro de 3,5%; Florianópolis, 824 entrevistas em agosto, margem de erro de 3,5%;  Campo Grande, 716 entrevistas em dezembro, margem de erro de 3,5%; Curitiba, 912 entrevistas em dezembro, margem de erro de 3,5%; Rio de Janeiro, 925 entrevistas em dezembro, margem de erro de 3,5%; Belém, 698 entrevistas em novembro, margem de erro de 3,5%; Fortalezam 703 entrevistas em novembro, margem de erro de 4%; São Paulo, 1.040 entrevistas em dezembro, margem de erro de 3%; Goiãnia, 644 entrevistas em setembro, margem de erro de 4%.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

Este é um espaço público de debate de idéias. A Gazeta do Povo não se responsabiliza pelos artigos e comentários aqui colocados pelos autores e usuários do blog. O conteúdo das mensagens é de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.
Buscar no blog
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais