Requião faz discurso de candidato. Mas pode estar na verdade só pressionando Osmar - Caixa Zero
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Caixa Zero
Blog Caixa Zero

Requião faz discurso de candidato. Mas pode estar na verdade só pressionando Osmar

Roberto Requião. Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo.
Roberto Requião. Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo.

Roberto Requião fez discurso de candidato ao governo nesta quinta-feira, na entrevista exclusiva à Gazeta do Povo. Mas pode não ser bem assim. Conhecedor do jogo, pode estar usando a suposta candidatura só para conseguir o que realmente quer.

Requião sabe que a disputa pelo governo vai ser tensa, até pelos mecanismos que têm sido usados (e que ele mesmo denuncia) nas últimas eleições. Ele perdeu em 2014 num revés que não esperava. E talvez prefira mesmo a segurança de uma eleição praticamente assegurada para o Senado.

Mas não pode deixar que Beto Richa comande sozinho a política local: isso equivaleria a um suicídio político. Todos os deputados do outro lado, todos os prefeitos do outro lado, todos os empresários do outro lado. E para ele sobraria formar chapa com quem?

Leia mais: Em gafe pré-eleitoral, Ratinho diz que Osmar é que entende de agronegócio

Sua tábua de salvação, se for essa mesma a ideia, se chama Osmar Dias. Amigo de velha data, Osmar já andou ciscando no galinheiro de Requião. Saíram juntos em mais de uma eleição.

E poderiam voltar a estar do mesmo lado. Requião tentou dar o primeiro passo indo na casa de Osmar e espalhando para o mundo que os dois pensavam num plano de governo comum. Mas…

Os russos

Osmar está encurralado. Ele sabe que pode ir com Requião. Montar uma candidatura mais à esquerda, inclusive, combina com o discurso contrário a Beto Richa, que parece lhe agradar. Porém, ele odeia a ideia de ser chamado de petista, de ser alvo de críticas ligadas a Lulas e mensalões e petrolões.

Por isso, assim que Requião foi a público, Osmar jogou água fria, saiu fazendo fotos rapidinho com o chefe da Casa Civil e o líder de Beto Richa na Assembleia – tudo para dizer que a conversa com Requião era “só mais uma”.

Leia mais: Cida e Ratinho têm linha vermelha para conversar até o último minuto

Requião subiu o jogo. Subiu a aposta. Diz que é candidato contra Osmar. Mas deixou uma porta aberta. Avisou que a partir de uma certa altura a candidatura se torna irreversível, mas parece estar dizendo que esse momento ainda não chegou.

Ao final da entrevista, falou mais claramente da situação de Osmar e deu o recado. “Quem sabe a gente consegue sair dessa juntos?” E, irônico como sempre, completou. “Até com o Osmar me apoiando.”

Mas o que ele quer, aparentemente, é o contrário. Osmar para o governo e ele para o Senado.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.