Assinaturas Classificados
Seções
Anteriores
Publicidade

Dias da Vida

Quem faz o blog
Seções
Conheça
Posts
Enviado por admin, 18/11/11 10:25:00 AM

Meu Deus, que dia!

Acordo em sobressalto,
despertador apitando alto,
levanto as mãos, acho que é assalto.
Meu Deus, que dia!

Vou para o banho contrariado,
hoje podia ser feriado,
trabalho chato, chefe malvado.
Meu Deus, que dia!

Chuveiro queima, que agonia,
saio tremendo da água fria,
derrubo a aliança no ralo da pia.
Meu Deus, que dia!

Esposa me vê sem a aliança,
diz que perdeu toda a confiança,
que vai embora com a criança.
Meu Deus, que dia!

Carro não pega, nem empurrando,
ainda em casa estou suando,
camisa nova já vai manchando.
Meu Deus, que dia!

O jeito é pegar o lotação,
numa freada eu vou ao chão,
e alguém ainda me passa a mão.
Meu Deus, que dia!

Não me seguro, falo besteira,
outro me xinga, levo rasteira,
quando percebo estou sem carteira.
Meu Deus, que dia!

Chego ao trabalho fora do horário,
chefe desconta do meu salário,
diz que eu sou um mau funcionário.
Meu Deus, que dia!

Café da firma está fraco e frio,
a estagiária me chama de tio,
quase a mando à que a pariu.
Meu Deus, que dia!

É muito trampo e pouco cascalho,
o chefe me empurra todo o trabalho,
aquele folgado do Carvalho.
Meu Deus, que dia!

Do Carvalho eu tenho a mesma idade,
mas faço o dobro e ganho a metade,
ah, se eu pudesse chutar o balde.
Meu Deus, que dia!

Computador que já era lento,
dá pau e eu é que me arrebento,
vou refazer todo o documento.
Meu Deus, que dia!

Se não bastasse esse desconforto,
colega ao lado me olha torto,
mas que vontade de vê-lo morto.
Meu Deus, que dia!

E já no fim do expediente,
todos pro bar numa tarde quente,
e eu recebo mais um cliente.
Meu Deus, que dia!

Depois à igreja para rezar,
tropeço e derrubo a cruz do altar,
o padre quer me excomungar.
Meu Deus, que dia!

Na volta encontro a casa vazia,
a esposa foi e levou cria,
estou sozinho, sem companhia.
Meu Deus, que dia!

Então eu sinto uma alegria,
quando percebo que ainda há poesia,
fica na rima a melancolia.
Meu Deus, que venha um novo dia!

Stephanie Jensen / Stock.Xchng
Que venha um novo dia!

***

Nota aos leitores

Queridos leitores, desculpem-me por não ter escrito nas últimas semanas. Por motivos profissionais, estou tendo (e terei, até o início do ano que vem) dificuldade para manter as publicações regulares no blog. Farei o possível para publicar mais alguns textos aqui até o final do ano. Em 2012, pretendo voltar a escrever todas as sextas-feiras, pelo menos. Agradeço a todos pela leitura, em especial aos que participam nos comentários e aos que me enviaram e-mails (viniciusandredias@gmail.com) “cobrando” novos textos. Muito obrigado! Tenham todos um final de semana com muita poesia!

P.S.: E sigam o blog no Twitter (@diasdavida)!

Este é um espaço público de debate de idéias. A Gazeta do Povo não se responsabiliza pelos artigos e comentários aqui colocados pelos autores e usuários do blog. O conteúdo das mensagens é de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.
      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      fafinha | 18/01/2012 | 17:43

      Menino, que delícia os seus versos! Parabéns!

      Lucy Oly | 16/12/2011 | 16:43

      Hoje é dia 16/12 e eu aqui sorrindo seu dia, parecido com o meu!

      Renato | 05/12/2011 | 11:16

      Mesmo durante um dia ruim a fé e o otimismo nos levantam. Em frente! Parabéns,

      Flavia | 28/11/2011 | 08:33

      Aqui estou neste dia Lendo e rindo sobre seu dia Espero que meu dia Seja diferente um dia Mto bom!!

      Alice | 24/11/2011 | 17:31

      Mto bom o poema e engraçado, nada como umm dia após o outro, abraço

      Elaine | 21/11/2011 | 17:57

      Muito legal o texto! Amei!

      Jonas Martins | 18/11/2011 | 22:45

      Hj foi um dia cansativo, mas ao chegar em casa leio um bom texto explicativo, logo digo: Meu Deus, valeu o dia! rs. Abraço...parabéns pelo texto!

      Daniela Arida | 18/11/2011 | 13:22

      ainda nos resta esperança para o novo dia!!!!hehehe esse final feliz foi bonito! adorei os versos!

      Edna | 18/11/2011 | 13:03

      Meu Deus, que dia inspirado! Muito legal!

      Publicidade
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade