*

Enkontra.com
Blog Falando de Música
Blog Falando de Música

Recital de pianista suíça: nova série de concertos em Curitiba

Indo de frente à diminuição de concertos de música clássica em Curitiba se inicia na cidade uma nova série de concertos, organizados pela empresa “Virtuosi produções artísticas” sediada em Belo Horizonte. Organizando bem-sucedidas séries na capital mineira e em Vitória escolheram Curitiba para expandir suas produções. A especialidade da série é apresentar jovens e competentes músicos que já tenham iniciado sua carreira internacional e o primeiro concerto da série por aqui apresenta a pianista suíça Luísa Splett. Nascida em Winterthur a artista expandiu sua formação musical que iniciou em Zurique, a outros centros musicais importantes como São Petersburgo na Rússia. Premiada em concursos importantes (sobretudo no Concurso Claudio Arrau, no Chile) mora atualmente em Berlim. Em 2011 fez seu primeiro recital no Carnegie Hall (Weil Hall) e tem se destacado como pesquisadora e divulgadora da obra do compositor suíço Emil Frey (1889–1946), cuja obra lançou num elogiadíssimo CD lançado no ano passado. Sem dúvida uma pianista que desperta bastante curiosidade.

Programa dos sonhos

Luísa Splett escolheu para esta sua apresentação um programa que denota um perceptível bom gosto. De início o primeiro dos oito Improvisos de Schubert, o em dó menor, escrito em 1827, um ano antes da precoce morte do autor. Em seguida a pianista apresenta uma obra de Emil Frey, compositor sobre o qual a pianista realiza um profundo trabalho de pesquisa. Dele ela tocará “Variações sobre um tema hebreu Op. 1”, obra de 1906. Em seguida uma das páginas mais importantes de Felix Mendelssohn para piano, sua “Fantasia em fá sustenido menor Op. 28”, também conhecida como “Sonata escocesa” (1828). Na segunda parte do concerto será apresentada a mais conhecida obra russa para piano do século XIX: “Quadros de uma exposição” de Modest Mussorgsky. Esta partitura genial, com uma das mais perspicazes organizações formais de todos os tempos, demonstra de forma clara porque o autor é tido como o mais original e talentoso compositor russo de sua época. Com tanta música boa nada melhor do que ser apresentada num local especial: o Passo da Liberdade, único edifício curitibano tombado pelo Patrimônio histórico Nacional, local que vem se firmando também como sala de concertos (no mês que vem lá irá se apresentar a excelente pianista Vania Pimentel).

SERVIÇO: Recital da pianista Luísa Splett. Obras de Schubert, Frey, Mendelssohn e Mussorgsky. Passo da Liberdade, Praça Generoso Marques 189. Quarta feira dia 5 de abril. 20 horas. Ingressos a 30 e 15 reais.