*

Enkontra.com
Blog Bia Kunze – Garota sem Fio

O desafio da recolocação profissional em TI

O Brasil tem passado por uma severa crise econômica, com índices altos de desemprego em todos os setores. A área de TI não ficou atrás. Porém, é um setor em franca expansão no país e com um potencial imenso de crescimento.

Para ajudar na recolocação de profissionais, o portal Curitiba TI está no ar desde agosto de 2015 divulgando vagas e eventos para o mercado de Tecnologia da Informação em Curitiba e região. Atualmente com mais de 3 mil profissionais cadastrados e mais de 200 empresas, o portal organiza, desde o ano passado, um evento chamado RecrutaTech, que tem como objetivo gerar o netwoking e levar conteúdo sobre carreira e empreendedorismo para os profissionais e empreendedores.

No próximo sábado, dia 16, sábado, acontece a terceira edição do RecrutaTech, e eu terei a honra de proferir a palestra de abertura, contando minha trajetória pessoal. Abordarei temas como marketing pessoal, posicionamento em redes sociais, desafios, perdas e recomeço. Tudo a ver com o cenário que o país vive hoje.

Em um bate-papo rápido com o organizador do evento, Welington Silva, conversamos sobre o mercado atual de TI, em especial, recolocação profissional. No final de 2015 e durante todo o ano de 2016 houve uma queda significativa no número de vagas que estavam sendo divulgadas no portal. Na verdade, o grande fenômeno percebido foi uma dificuldade dos profissionais iniciantes buscarem seu lugar no mercado de trabalho pois as empresas estavam optando por profissionais já experientes e prontos para atuar nos times. Ou seja: equipes enxutas com poucos integrantes não tem condições de treinar profissionais iniciantes. Somente no final de 2016 e no começo de 2017 notou-se uma melhora, mas ainda em ritmo lento. Confira:

O mercado de TI desaqueceu com a crise?

Sim, notamos que no final de 2015 e durante todo o ano de 2016 uma queda significativa no número de vagas que estavam sendo divulgadas no portal. Na verdade o grande fenômeno percebido foi uma grande dificuldade dos profissionais iniciantes buscarem seu lugar no mercado de trabalho pois as empresas estavam optando por profissionais já experientes e prontos para atuar nos times. Ou seja, equipes enxutas com poucos integrantes não tem condições de treinar profissionais iniciantes. Somente no final de 2016 e no começo de 2017 começamos a notar uma melhora, mas ainda em ritmo lento.

Dentro do segmento de TI, quais as funções melhor remuneradas? 

Depende muito de vários fatores, de modo geral os cargos de gestão e liderança tem uma remuneração maior porém uma responsabilidade proporcionalmente maior. O que acontece também são que profissionais especialistas em tecnologias com deficiencia de mercado acabam tendo um diferencial e uma remuneração maior.

E quais as funções mais carentes no mercado? 

O mercado de TI é muito vasto e é muito difícil apontar uma ou mais funções carentes. Pela nossa experiência com o portal e a divulgação de vagas podemos dizer que os desenvolvedores de software são sim as posições mais procuradas pelas empresas e o número de profissionais é ainda insuficiente para atender esse mercado.

O Brasil continua hostil para empreendedores? Que tipo de atenção as startups tem recebido do governo? 

A complexidade das leis e engargos no Brasil é, e continua sendo, um grande obstáculo para os empreendedores. Mas mesmo assim temos visto muitas ações tanto do governo como da iniciativa privada para ajudar as Startups. Fundos de Investimento, investidores anjo, programas de aceleração e imcubadoras tecnológicas são alguns dos exemplos de ações para ajudar startups. Aliás alguns desses eventos são também divulgados pelo portal Curitiba TI.

O que é melhor no Brasil, em se tratando de TI? Ser assalariado ou empreender? Quais as vantagens e desvantagens de cada um? 

É também muito difícil apontar um caminho melhor, essa decisão depende muito do perfil do profissional. O assalariado tem menos riscos mas provavelmente uma chance de enriquecimento bem menor que o empreendedor, que tem sim um pouco mais de liberdade mas porém tem um caminho muito mais árduo e arriscado. O fato é que alguns fatores são importantes independente da decisão ou escolha. Não estamos mais em uma época onde se busca apenas um emprego para toda a vida, sendo assim gerar um networking e estar por dentro das tendências de mercado é uma obrigação seja você empreendedor ou profissional assalariado.

O RecrutaTech será no próximo sábado dia 16, das 8h30 às 17h30, na sede do Sebrae no bairro Prado Velho, em Curitiba. Para a programação completa e inscrições, acesse o portal do evento.