*

Enkontra.com
Blog Bia Kunze – Garota sem Fio

Pocket app: dicas para o melhor uso

O Pocket é um dos meus apps favoritos de todos os tempos. E um dos que mais uso, todos os dias. Trata-se de um serviço gratuito em que você salva notícias, posts e artigos num repositório quando não tem tempo para ler no momento. Faço curadoria de notícias todo dia, caçando artigos interessantes no meu feed e nas redes sociais, e jogando tudo no Pocket para ler à noite ou nos finais de semana. Os artigos selecionados também ficam salvos offline no aplicativo, sendo uma excelente (e produtiva) distração em viagens e lugares sem conexão. Há versões para Android, iOS e um plug-in para a maioria dos navegadores.

Recentemente o app ganhou uma nova ferramenta: marca-textos. Eu já vinha há muito tempo pedindo aos desenvolvedores que disponibilizassem isso, como o concorrente Instapaper. Contudo, eu não queria migrar de serviço, pois o Instapaper não tem a função colaborativa. Detalhes sobre esse recurso de destaque de texto aqui.

A função colaborativa cria um perfil seu no app e você pode escolher entre os artigos salvos quais você deseja compartilhar com seus seguidores. Também dá pata postá-los em suas redes sociais e acompnahar os assuntos e links mais salvos pelos usuários. Recomendo que você me siga, já que costumo publicar noticias interessantes e muito material bacana de leitura sobre tecnologia móvel e saúde. Vai lá!

O recurso destaque permite que você marque até 3 trechos dentro de cada artigo de forma gratuita. Se desejar mais, é preciso assinar o recurso Premium, que custa R$ 26 por ano. Já foi bem mais caro: há alguns anos assinei de forma avulsa por um mês para conhecer e não vi necessidade de continuar a subscrição. Mas agora, com o novo recurso, fiquei animada e o assinei por 1 ano.

Além da ferramenta de destaque, o Pocket Premium também fornece uma ferramenta mais potente de busca, em todo o conteúdo do artigo — no gratuito, a busca se restringe ao título do artigo e a URL. Também oferece a função de biblioteca permanente, salvando a íntegra do artigo em sua conta — no gratuito, apenas os links são salvos e baixados da web quando solicitados. Se o link da web for removido, você não terá mais acesso ao conteúdo também.

Além de ler meus artigos favoritos nos momentos de descanso, uso o Pocket para curadoria e pesquisa de conteúdo. Todos os tópicos da minha coluna na rádio CBN Curitiba são salvos lá semanalmente, usando a tag “CBN”. As tags são super úteis pois podem ser atribuídas de forma múltipla aos artigos. Muitas vezes um assunto que quero abordar na rádio também quero referenciar no blog; portanto, posso colocar 2 tags no mesmo artigo. No Instapaper isso não é possível, pois ele usa o recursos de pastas para guardá-los.

Se você é jornalista, pesquisador, professor ou estudante, encontrará no Pocket uma excelente ferramenta de produtividade para organizar e filtrar esse tsunami de informação que nos estressa diariamente. Use os destaques e depois releia apenas os trechos marcados. Faça uso do recurso colaborativo para melhor organizar os conteúdos a distribuir em suas redes. Organize as tags para separar seu material de leitura por áreas de interesse.

Baixe-o aqui (Android e iOS) e instale o plug-in em seu navegador para salvar artigos com um único clique.