Assinaturas Classificados
Seções
Anteriores
Publicidade

Giro Sustentável

Quem faz o blog
Seções
Posts
Enviado por admin, 18/05/12 1:06:00 PM

O que fazer com os cachorros abandonados?

Arca de São Francisco

O Centro de Ação Voluntária de Curitiba recebe constantemente ligações de pessoas perguntando sobre onde deixar cachorros abandonados. Alguns relatos são de cachorros recém-nascidos que são deixados nas portas das casas, ou de cachorros que vivem circulando na região.

Infelizmente não conhecemos na cidade nenhum trabalho que esteja disponível para recolher e atender cachorros abandonados. As ONGs que atuam com a finalidade de atender os animais estão superlotadas, dependendo muito de doações para alimentar e medicar os cachorros abrigados por elas.

Verificamos, ligando para o telefone 156 da Prefeitura de Curitiba, que não existe nenhum serviço público disponível para recolhimento ou cuidados dos animais, ficando a responsabilidade para todos nós cidadãos encontrarmos uma maneira de atender os animais.

Formas de ajudar existem:

• Ao invés de comprar animais, adote um que viva em alguma ONG com esta finalidade. Existem diversas feiras de adoção espalhadas pela cidade. No site www.acaovoluntaria.org.br temos também algumas organizações cadastradas.

• Se você tem animais, procure veterinários que dão suporte a estas ONGs. Em Curitiba, a Sociedade Protetora dos Animais tem uma clinica veterinária própria, onde a renda é revertida para manter a instituição.

• Seja voluntário ou faça doações para ONGs que atuam com proteção aos animais em Curitiba e Região Metropolitana.

• Participe ativamente dos movimentos organizados para proposições de politicas públicas acerca dos animais.

• Denuncie as pessoas que cometem maus tratos e abandono aos animais. A Lei N° 24.645, prevê pena para todo aquele que “abandonar animal doente, ferido, extenuado ou mutilado, bem como deixar de ministrar-lhe tudo que humanitariamente se lhe possa prover, inclusive assistência veterinária”.

Fazer a nossa parte é um ato de cidadania, articular-se para esta causa é uma ação voluntária transformadora!

*Artigo escrito pela equipe do CAV, instituição parceira do Instituto GRPCOM

**Quer saber mais sobre cidadania, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Siga o Instituto GRPCOM também no twitter: @institutogrpcom.

Este é um espaço público de debate de idéias. A Gazeta do Povo não se responsabiliza pelos artigos e comentários aqui colocados pelos autores e usuários do blog. O conteúdo das mensagens é de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.
      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      giovana helen | 20/07/2013 | 23:28

      nossa quem achar esse cao liga para qualquer pet shop puplicado por nadia e giovana criancas querendo ajudar os caozinhos e gatinhos

      Ricardo Gabriel | 18/05/2012 | 15:30

      Olá, Entrei em contato várias vezes com a SPACuritiba e fui grosseiramente respondido. A SPAC se promove com essas açoes de proteçao aos animais mas pouco fazem. Castrar e devolver o cao a rua nao resolve problema algum. Nossa cidade está suja e porca com a quantidade de caes abandonados. Caes em postos de saúde, em pontos turísticos e etc! Tenho todos os emails trocados com a SPAC. Eles como demais ONGs querem apenas se promover. Sou a favor da carrocinha!

      EMERSON PUGSLEY | 18/05/2012 | 15:14

      Existe um famoso filme chamado "Sempre ao Seu Lado", com uma belíssima história de amizade entre um cao e o homem. O que mais me entristece é perceber o descaso total do homem pelos animais, principalmente os de rua, que ficam abandonados, esperando serem atropelados, queimados, judiados, etc... O que fazer entao? Nos colocarmos no lugar destes seres vivos e vermos formas de protege-los...

      Alan | 18/05/2012 | 14:11

      A primeira e imediata atitude deveria ser um grande mutirão de castração de animais domésticos; muitos acabam tendo fácil acesso às ruas e outros bichos, o que facilita o cruzamento e a superpopulação. A não-castraçao só interessa aos criadores profissionais de raças, entao nao tem justificativa deixar de faze-lo. É uma responsabilidade com o seu dono e com a saúde coletiva.

      Publicidade
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 49,90 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade