Dia Mundial Sem Carro terá "Marcha das 2013 Bicicletas" em Curitiba - Ir e Vir de Bike
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR

Dia Mundial Sem Carro terá “Marcha das 2013 Bicicletas” em Curitiba

No ano passado, a Marcha das 2012 Bicicletas colocou mais de 2,2 mil ciclistas nas ruas de Curitiba, na maior Bicicletada da história do país. Mas em 2013, vai ser ainda maior!!!
No ano passado, a Marcha das 2012 Bicicletas colocou mais de 2,2 mil ciclistas nas ruas de Curitiba, na maior Bicicletada da história do país. Mas em 2013, vai ser ainda maior!!!
No ano passado, a Marcha das 2012 Bicicletas colocou mais de 2,2 mil ciclistas nas ruas de Curitiba, na maior Bicicletada da história do país. Mas em 2013, vai ser ainda maior!!!

No ano passado, a Marcha das 2012 Bicicletas colocou mais de 2,2 mil ciclistas nas ruas de Curitiba, na maior Bicicletada da história do país. Mas em 2013, vai ser ainda maior!!!

Não é só pelo Dia Mundial Sem Carro. É por uma cidade mais amiga da bicicleta todos os dias.

Uma manifestação sobre duas rodas, convocada por cicloativistas e entidades que defendem o uso da bicicleta como meio de transporte, será promovida neste domingo (22) para celebrar o Dia Mundial Sem Carro e reivindicar mais espaço para a circulação das bikes nas ruas de Curitiba.

A chamada “Marcha das 2013 Bicicletas”, com saída às 16 horas da Praça Rui Barbosa, no Centro da Capital, percorrerá um trajeto de sete quilômetros pelas vias lentas das estruturais propondo a criação de infraestrutura para bicicleta nesses locais.

Trajeto da Marcha vai priorizar as vias lentas das estruturais de Curitiba.

Trajeto da Marcha vai priorizar as vias lentas das estruturais de Curitiba.

“A intenção é demarcar o espaço das estruturais como espaço preferencial dos veículos não-motorizados. Os caminhos das bicicletas devem acompanhar o eixo estrutural do transporte coletivo como alternativa segura ao uso das canaletas” diz o coordenador-geral da Associação de Ciclistas do Alto-Iguaçu (CicloIguaçu), Jorge Brand.

O movimento espera reunir mais de 2 mil participantes. Até o fim da tarde dessa sexta (20), mais de 1,5 mil participantes haviam confirmado presença pelas redes sociais. Não há idade mínima para participar nem a necessidade de uso de equipamentos obrigatórios, além dos previstos por lei. “Vale lembrar que a Marcha é um evento totalmente pacífico no qual todos os participantes são responsáveis pela segurança de todos”, diz Brand.

A Marcha será encerrada na Praça Nossa Senhora de Salette, no Centro Cívico, onde ocorrerá o Festival Musicletada, com apresentações musicais, atividades esportivas, oficinas de materiais recicláveis, distribuição de mudas nativas, debates sobre desenvolvimento sustentável e mobilidade, bazar de trocas centradas na cultura da bicicleta e práticas de ioga e meditação.

Também no domingo, haverá na Avenida Cândido de Abreu, entre às 9h e 17 horas, o projeto Ciclolazer, com parte da avenida fechada, entre o Passeio Público e a Praça Nossa Senhora de Salete, fechada para passagem dos ciclistas.

Bicis pela Vida

A Marcha das 2013 Bicicletas de Curitiba vai integrar o movimento Bicis Pela Vida, uma ação em rede que vai unir entidades em mais de 250 cidades, em 50 países nos cinco continentes para promover a cultura da bicicleta no Dia Mundial Sem Carro. No Brasil, estão programadas ações em 15 cidades, em nove estados e no Distrito Federal. Criado em Medellín, na Colômbia, o projeto “Bicis por la Vida” recebeu o prêmio “Cycling Visionaries” de 2013, durante o Velo City, principal congresso de ciclomobilidade do mundo, realizado no mês de junho em Viena, na Áustria.

Confira as cidades que vão promover ações e inclua sua cidade e sua ação no mapa.

Use as hashtags #BicisPorLaVida (espanhol) #BicisPelaVida (português) #VeloPourLaVie (francês) e #Bikes4Life (inglês)