*

Blog Palpite de Alice

Gastronomia de luxo em Curitiba

Hoje meu relato será sobre um dos lugares mais luxuosos da gastronomia curitibana: Durski.

(foto: Gerson Lima)

(foto: Gerson Lima)

O restaurante, localizado na Jaime Reis, no Largo da Ordem, desde 1999 agrada os paladares mais exigentes. No início, mais simples e especializado na cozinha ucraniana/polonesa, e, após a primeira reforma, referência em cozinha internacional. Sempre muito bem frequentado, inclusive com talheres e guardanapos exclusivos e personalizados para os frequentadores assíduos. Sua adega é considerada a maior do Brasil dentro de restaurante. São 2500 rótulos. Em 2014 fechou para uma nova reforma e reabriu em outubro de 2015 para o deleite de seus clientes.

(foto: Gerson Lima)

No Durski tudo é perfeito. Todos os detalhes muito bem pensados. Desde o momento que se adentra ao restaurante, condução à mesa reservada, apresentação do cardápio onde há dois tipos:  um que é entregue ao homem com os preços e outro que é entregue a mulher, sem o valor dos pratos, o sommelier que traz a carta de vinhos, ou melhor, o livro para a escolha do rótulo… Enfim, uma equipe de atendimento extremamente atenciosa.

(foto: Gerson Lima)

O cardápio enxuto, porém perfeito, elaborado pelo premiado chef Junior Durski traz como sugestão peixes, camarões, massas, carnes, risotos, mas optamos pelo banquete Eslavo que é composto por pratos típicos ucranianos/poloneses que remete às minhas origens. Faz jus ao nome: um verdadeiro banquete! Após o couvert que é composto por uma broa dos deuses e acompanhado de manteiga, geleia de morango e goulash de carne, nove pratos são servidos em sequência: salada russa, galantyna de leitão, platzki, sopa borscht, pierogi como molho de carne e linguiça defumada, frango kiev, holopti, leitão assado no forno e de sobremesa, kutiá.

(foto: Gerson Lima)

Tudo delicioso e apresentados com extremo bom gosto. Após o desfile de pratos, vem o cardápio das sobremesas. Uma mais atraente que outra. Difícil escolha! Decidimos por carpaccio de frutas tropicais.

Finalizando, pedimos um chá natural de hortelã.  Surpresa: ainda vem uma bandeja com deliciosos petit fours e pão de mel que é de se comer rezando.

O Durski é referência quando se busca unir comida sofisticada em ambiente luxuoso. Uma experiência gastronômica inesquecível!