*

Enkontra.com
Blog Palpite de Alice

O Pilates no combate da Síndrome do “Pescoço de texto”.

Você já ouviu falar na Síndrome do Text Neck?

Essa Síndrome que já é considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) uma epidemia mundial, se dá pelo uso excessivo e repetido de smartphone e tablete.

O peso de uma cabeça num ângulo de 60° ( mais provável angulação no uso do telefone enquanto navega na internet ou faz uso de aplicativos) chega a ficar aproximadamente 5 vezes maior do que na sua postura neutra, ou seja, de aproximadamente 5,7 kg para 27kg.

Essa flexão da coluna cervical provoca alterações na curvatura natural da região, além de comprometer a saúde de ligamentos, tendões, músculos e até segmentos ósseos. A tensão gerada no local pelo excesso, causa dores na parte alta das costas, no pescoço, sensação de choque, formigamento nos braços e até enxaqueca.

O ideal é dar uma pausa de pelo menos 10 minutos a cada hora de uso e realizar exercícios de fortalecimento e relaxamento do local.

O Pilates trabalha o fortalecimento da musculatura profunda, que estimula o trabalho de músculos posturais, e consequentemente fortalece a região cervical. Além disso, o Pilates oferece aos praticantes diversas ferramentas e acessórios do Método que auxiliam no fortalecimento da região, como o Magic Circle e Overball.

Para fazer em casa de maneira segura, pode ser feito com uma bola não muito dura, movimentos de pressão média por 1 série de 10 repetições em cada lado da cabeça.

Esses exercícios combinados a relaxamentos são uma alternativa de se manter fora das estatísticas de pessoas lesionadas pelo uso excessivo de internet no smartphone e se incluir no grupo de pessoas com mais qualidade de vida no mundo moderno.

 

Por Maria Carolina Lemes