*

Enkontra.com
Blog Palpite de Alice

Palpite da leitora: Finanças pessoais e qualidade de vida

Por Júlia Mendonça

Finanças pessoais é um assunto que assusta muita gente, por não conhecerem sobre o tema, por acharem que é algo extremamente difícil e só serve para outra classe social, a qual elas não pertencem. Acreditam que ser rico é gastar dinheiro com supérfluos e extravagancias, como roupas, acessórios e automóveis.

Ser rico nada mais é do que conseguir pagar suas contas em dia, não contrair dívidas, permitir-se o lazer  de forma consciente e construir o futuro. Pessoas ricas conseguem antecipar seus gastos, se preparar para emergências e imprevistos, investir nelas mesmas e poupar para o futuro. As pessoas endividadas pensam somente no agora. Preferem gastar o que não tem ou o que não podem, de maneira irresponsável e imediatista.

(crédito: Visualhunt)

(crédito: Visualhunt)

Mudar de uma categoria para outra, pode parecer impossível, porém, basta ter uma programação financeira adequada. É necessário realmente saber qual padrão de vida você consegue sustentar: deve-se por no papel todos os gastos, até os que são considerados pequenos, como cafezinhos e lanches, que chegam a consumir até 30% do seu orçamento mensal. Lazer e viagens devem ser bem programados, às vezes sendo necessário adiar esses planos até o momento que atinja seu objetivo.

Essa fase pode ser um pouco trabalhosa de inicio, mas quando percebemos que podemos cortar diversos custos facilmente com pequenas mudanças, vale a pena.

O primeiro passo para atingir sua liberdade financeira é você querer. O segundo é você fazer. Comece já e foque nos resultados. Tenha certeza que ira conseguir e prosperar!

Júlia Mendonça, 30 anos,  é coach, orientadora financeira e pessoal e estreia por aqui a categoria Palpite da leitora. Júlia é ex-gordinha, ex-devedora, atualmente praticante de diversos esportes, incluindo triathlon e corridas de montanha e investidora financeira.