Uma trama muito bem sucedida - Panela do Anacreon
Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
Blog Panela do Anacreon

Uma trama muito bem sucedida

Johann Stollmeier
Nilo Biazzeto Neto, Simone Biazzetto, Ana Cláudia Spengler e André de Souza, os ardilosos organizadores da Trama Gourmet.
Bruna Michelin
Rocambolde de damascos com queijo e nozes – e saladinha.
Johann Stollmeier
Couscous marroquino com camarões – o começo de tudo.
Johann Stollmeier
Trouxinha de salmão ao curry.
Johann Stollmeier
Mil folhas de bacalhau, o crocante da massa folhada com a maciez do bacalhau em seu molho.
Johann Stollmeier
Medalhão de filé ao ragu de cogumelos, risoto de alho-poró e aspargos salteados.
Johann Stollmeier
Trio de cheesecakes, de frutas vermelhas, de gengibre com pera em calda e de lemon curd.

É tudo muito ardiloso, na surdina. Primeiro vem um e-mail dizendo da preparação para um jantar a ser realizado nos próximos dias, com local e cardápio desconhecidos. Uma surpresa que só se elucidará algumas horas antes de sua realização. Aceita o convite?

É uma trama que ramifica pelos quadrantes do continente. Consta ter iniciado em Paris, onde jovens cozinheiros sem restaurante começaram a fazer refeições especiais para convidados. Na falta de local, na própria casa ou na casa de algum conhecido. E a moda foi se espalhando, a ponto de alguns exageros como de os comensais serem transportados em carros com vidros totalmente bloqueados para não saberem o destino.

No nosso caso não é tanto assim. Mas a aura de mistério permanece, o que só instiga o paladar e a curiosidade. No comunicado que recebi vinha a explicação. “Uma experiência única. Um convite aos sentidos. Pessoas reunidas pelo amor à boa mesa. Esta é a proposta da Trama Gourmet, trazida por quatro amigos que decidiram compartilhar combinações felizes de gastronomia, enologia e arte. Convites exclusivos são feitos a pessoas conhecidas, que são recebidas em uma residência particular para um banquete em estilo menu confiance, em seis tempos, onde cada prato é acompanhado de um vinho criteriosamente escolhido, visando à perfeita harmonização”.

A Trama Gourmet pretende valorizar o serviço informal em um ambiente aconchegante, sem abrir mão da qualidade. O conceito de rede social também está presente: os convivas de cada banquete passam a integrar a Trama Gourmet e conquistam assim o direito de indicar novos convidados para os próximos encontros. Somente quem é indicado por um membro da rede (um ponto da trama) pode participar do próximo jantar. Os convites e as reservas são feitos por e-mail e o local só é revelado mediante o pagamento da taxa de adesão àquele jantar.

“A Trama Gourmet pretende pôr em contato pessoas interessadas nos prazeres da comida e do vinho, num ambiente reservado, e propiciar a elas momentos inesquecíveis de gourmandise em experiências gastronômicas únicas” – explicam os organizadores, a chef Ana Spengler (que já foi da Vinothèque e ainda hoje faz alguns eventos para a Adega Brasil), mais André de Souza, Nilo Biazzetto Neto e Simone Biazzetto.


A trama

Preenchemos todas as formalidades, recebemos instruções e lá fomos nós para a aventura gastronômica. Fomos parar em uma bela casa em Santa Felicidade, simpaticamente recepcionados por Simone e apresentados aos demais convidados, de profissões das mais variadas. André gentilmente nos serviu o espumante de boas-vindas, enquanto da cozinha vinha o aroma das surpresas que Ana e Nilo (sim, o premiado fotógrafo também tem um pé na cozinha, não fosse ele irmão do Marcus Biazzetto, um dos proprietários da Salumeria) estavam preparando. Menu Confiance, com todos os predicados.

Valia a recomendação: chegar a partir das 20h, pois às 20h45 os pratos começariam a ser servidos alguém que se atrasasse não teria chance com os pratos servidos anteriormente. E assim, pontualmente, começou o desfile de atrações. A primeira entrada foi um Couscous marroquino com camarões, acompanhado do espumante que já estávamos bebendo, o italiano Villa Sandi Il Fresco Rose.

Em seguida, ainda como entrada, um interessante Rocambole de damasco com queijo e nozes e mini salada, que ganhou a companhia de um vinho branco israelense, o Yarden Mount Hermon (palavra que anotei a uva, mas agora não encontro), de um frescor cativante e que se deu muito bem com o agridoce do prato.

Veio o primeiro prato, uma delicada Trouxinha de salmão ao curry, harmonizada com o alemão Anselmann riesling spätlese trocken, de amarelo brilhante, com pera e maçã no aroma e elegante acidez, na medida para o molho ao curry (sem se sobrepor) que cercava a trouxinha.

Depois, na taça, chegou um português, Muralhas, vinho verde para recepcionar o Mil folhas de bacalhau, combinando o sabor do peixe com pimentões micropicados com a fina massa folhada.

O prato de carne exigiu um Caparzo Rosso di Montaltino, 100% Sangiovese e altamente gastronômico, como a uva sugere. Seco, generoso e bem equilibrado, na medida para escoltar o Medalhão de filé ao ragu de cogumelos, risoto de alho-poró e aspargos salteados. Carne no ponto certo, tostada por fora, vermelhinha por dentro. No risoto, o alho-poró de sabor bem discreto, sem tomar conta do arroz. Tudo na medida.

Para a sobremesa, uma das especialidades da chef Ana Spengler (fiquei sabendo ali), cheesecakes. E ela apresentou justamente três de uma só vez: Trio de cheesecakes, de frutas vermelhas, de gengibre com pera em calda e de lemon curd. Que foram servidos na companhia de um vinho de sobremesa tunisiano, o Passion de Magon Muscat Late Harvest.

Valeu a pena, a trama toda funcionou a nosso favor. O próximo encontro está marcado para o dia 22 de abril, novamente com seis pratos, todos harmonizados com vinhos. E os convidados serão pessoas ligadas aos que compareceram à primeira reunião, que sugerem nomes de gourmets… e assim por diante, até que a lista dos confrades cresça bastante a cada mês. O valor fechado por pessoa é de R$ 200, com direito ao cardápio completo, vinho e águas.

À medida que vão sendo convidados, os membros da Trama Gourmet são numerados e passam a integrar o mailing mensal, podendo voltar ao jantar a qualquer momento. Fica, portanto, no ar, a expectativa de quem estará no segundo grupo e onde será realizado o jantar.

=-=-=-=-=

Entre em contato:
Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/
Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos
E-mail: a-teos@uol.com.br