*

Enkontra.com
Blog Ricardo Amorim

A geração de empregos vai se acelerar. E terá mais qualidade. Sabe por quê?

O número de empregos formais cresceu pelo quinto mês seguido em agosto. Foram 35 mil vagas a mais. O número é muito pequeno em relação ao total de desempregados, que é de mais de 13 milhões de pessoas, e isso explica por que a maioria da população não vê melhora no mercado de trabalho. A boa notícia é que emprego deve continuar a crescer, não só nos próximos meses como nos próximos anos. E num ritmo que tem tudo para se acelerar, pois em novembro passa a valer a nova lei trabalhista, que reduz o risco jurídico das empresas e dá mais flexibilidade às contratações.