Memória FC http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/memoria-futebol-clube/rss/ O futebol em fotos de ontem, hoje e sempre Wed, 02 Sep 2015 15:09:23 +0000 pt_BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=4.1.7 Referência a zoofilia em debate sobre homossexualidade irrita deputados na discussão do Estatuto da Família http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/referencia-a-zoofilia-em-debate-sobre-homossexualidade-irrita-deputados-na-discussao-do-estatuto-da-familia/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/referencia-a-zoofilia-em-debate-sobre-homossexualidade-irrita-deputados-na-discussao-do-estatuto-da-familia/#comments Thu, 03 Sep 2015 17:08:19 +0000 Rogerio Waldrigues Galindo http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/?p=36661 Os deputados contrários ao parecer do paranaense Diego Garcia (PHS) sobre o Estatuto da Família começam a se mobilizar para derrubar a definição de família defendida por ele. No parecer do paranaense, apenas a família “tradicional”, formada por um casal heterossexual, é considerada válida. O Estatuto da Família está sendo discutido em uma comissão especial. […]]]>

Os deputados contrários ao parecer do paranaense Diego Garcia (PHS) sobre o Estatuto da Família começam a se mobilizar para derrubar a definição de família defendida por ele. No parecer do paranaense, apenas a família “tradicional”, formada por um casal heterossexual, é considerada válida.

O Estatuto da Família está sendo discutido em uma comissão especial. Para evitar a derrota, os parlamentares que são contra a visão de Diego Garcia pensam em tentar levar o caso a plenário. Para isso, precisam de 51 assinaturas, dos 513 deputados. A carioca Erica Kokay (PT) já cogita fazer isso.

De acordo com a deputada, o parecer de Diego Garcia é homofóbica e faz “comparações absurdas” para dizer que o afeto não pode ser o fator determinante para decidir o que é e o que não é família.

O parecer afirma que a questão afetiva não é decisiva porque há casos em que o afeto validaria relações espúrias – e cita como exemplo o incesto, a zoofilia e a pedofilia. “Pedófilos  nutrem  afeto  pela  prática  sexual  com  crianças; zoófilos pela atividade sexual com animais. Nem uma e nem outra situação são protegidas pela lei, apesar de decorrerem de movimentos da sensibilidade que satisfazem  a  alguém”, diz o parecer.

“Na ânsia de negar o afeto como elemento importante para a construção das relações familiares, o relator chega a comparar a expressão da afetividade com crimes”, disse Erica Kokay à Agência Câmara.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/referencia-a-zoofilia-em-debate-sobre-homossexualidade-irrita-deputados-na-discussao-do-estatuto-da-familia/feed/ 0
Asa do 1º Embraer E190-E2 começa a tomar forma em São José dos Campos http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/avioes-em-foco/asa-do-1o-embraer-e190-e2-comeca-a-tomar-forma-em-sao-jose-dos-campos/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/avioes-em-foco/asa-do-1o-embraer-e190-e2-comeca-a-tomar-forma-em-sao-jose-dos-campos/#comments Thu, 03 Sep 2015 17:01:58 +0000 Gustavo Ribeiro http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/avioes-em-foco/?p=1394 O Embraer E190-E2 começa a tomar forma. Nesta quinta-feira (3), a fabricante brasileira divulgou as primeiras fotos da semi-asa esquerda saindo do gabarito de montagens nas instalações da empresa em São José dos Campos. As imagens comprovam que o cronograma para que o protótipo faça o primeiro voo no segundo semestre de 2016 permanece inalterado, […]]]>
Semi-asa esquerda do Embraer E190-E2 sai do gabarito (Foto: Divulgação/Embraer)

Semi-asa esquerda do Embraer E190-E2 sai do gabarito (Foto: Divulgação/Embraer)

O Embraer E190-E2 começa a tomar forma. Nesta quinta-feira (3), a fabricante brasileira divulgou as primeiras fotos da semi-asa esquerda saindo do gabarito de montagens nas instalações da empresa em São José dos Campos.

E190-E2 toma forma em fábrica da Embraer (Foto: Divulgação/Embraer)

E190-E2 toma forma em fábrica da Embraer (Foto: Divulgação/Embraer)

As imagens comprovam que o cronograma para que o protótipo faça o primeiro voo no segundo semestre de 2016 permanece inalterado, com as primeiras entregas no ano seguinte. O avião faz parte da segunda geração dos E-Jets da fabricante.

Além da asa, outras partes já estão em processo de montagem. Entre elas, a fuselagem central e empenagem vertical. Alguns sub-conjuntos já foram entregues à Embraer em junho, de unidades em Portugal, Espanha, República Tcheca, Estados Unidos e Botucatu, no interior paulista.

O motor, fundamental para o avião, está em estágio avançado de desenvolvimento na Pratt & Whitney. O PW1900G, que equipará o E190-E2 e E195-E2, passa por testes de solo e em breve será testado em voo.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/avioes-em-foco/asa-do-1o-embraer-e190-e2-comeca-a-tomar-forma-em-sao-jose-dos-campos/feed/ 0
Fique calmo: algo sobre tudo o que você aprende na escola http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/o-transgressor/fique-calmo-algo-sobre-tudo-o-que-voce-aprende-na-escola/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/o-transgressor/fique-calmo-algo-sobre-tudo-o-que-voce-aprende-na-escola/#comments Thu, 03 Sep 2015 16:06:36 +0000 Alessandro Martins http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/o-transgressor/?p=650 Fique calmo. Você tem cinco anos de idade e só queremos que você sente nesta cadeira desconfortável por 5 horas. Não começaremos por tanto tempo. No início há mais intervalos e períodos lúdicos. Vamos aumentando aos poucos. Portanto, fique calmo. Amanhã você também sentará nesta cadeira desconfortável por mais algum tempo. De segunda a sexta […]]]>
Escola

Uma foto de uma antiga escola; tecnologia, internet, tablets e afins ainda não fizeram tanta diferença (photo credit: RICE-AN003-0003-0004A via photopin (license))

Fique calmo.

Você tem cinco anos de idade e só queremos que você sente nesta cadeira desconfortável por 5 horas.

Não começaremos por tanto tempo. No início há mais intervalos e períodos lúdicos. Vamos aumentando aos poucos.

Portanto, fique calmo.

Amanhã você também sentará nesta cadeira desconfortável por mais algum tempo.

De segunda a sexta e, às vezes, no sábado também. Embora por menos tempo.

E quando finalmente aprender a sentar nesta cadeira desconfortável por cinco horas, lá na frente estará um sujeito que falará durante as cinco horas sobre assuntos que, possivelmente, não interessam a você.

Não é culpa dele. Talvez nem ele saiba mais o que está fazendo ali.

Pois ele, antes de você, já teve a fase em que sentou-se, durante anos, em uma cadeira desconfortável durante cinco horas, ouvindo alguém falar sobre coisas que não lhe interessavam.

E, depois de passar por um processo desses, repetidamente, é bem possível que ele já não ligue mais para isso. Note como ele fala calmamente.

Assim, fique calmo.

Você não está aprendendo Matemática. Não está aprendendo Língua Portuguesa. Não está aprendendo Ciências. Isso é só a fachada.

O currículo está para o verdadeiro ensino como o restaurante sem movimento está para a lavagem de dinheiro de algum negócio ilícito. É só a fachada.

O que você aprende de verdade é que você deve suportar situações insuportáveis por períodos longos do seu dia, repetidamente ao longo de anos de sua vida.

A cadeira desconfortável em que você se senta por milhões de minutos está moldando sua bunda para o que bilhões de adultos costumam chamar de cotidiano.

Esse aprendizado tornará mais fácil e cômodo aceitar aquilo que se espera de você daqui a alguns anos.

E o cara lá na frente é uma espécie de boneco de treinamento. A exemplo dos simuladores, ele não pode feri-lo de verdade. Mas está condicionando você para a coisa mais importante nesta vida:

RESPEITAR A AUTORIDADE. A AUTORIDADE SÓ FALA A VERDADE.

E, pode acreditar, você terá oportunidade de respeitá-la e também de ser autoridade, às vezes simultaneamente, às vezes como boneco de treinamento. Ser, nessa máquina, uma engrenagem. Que é movida mas que move também

Sem respeito à autoridade, o mundo como o conhecemos não funciona. E todo o mundo sabe como o mundo, tal e qual o conhecemos, é ótimo. Todos o adoram. Ninguém quer engrenagens que se movam em algum sentido inesperado.

Então. Fique calmo. E sentado.

Outra coisa importante: errar é horrível.

Esperamos que você só acerte nesta vida.

Sabemos que ter medo de errar prejudica a criatividade, pois a criatividade presume eventuais erros.

Mas também ninguém espera que todo o mundo seja criativo. Afinal, o que seria da autoridade se todo o mundo começasse a ser criativo e tivesse liberdade para errar sem medo?

Assim, mais fachada: parece bonito ensinar alguém a só acertar, mas de verdade o que você tem que aprender mesmo é o medo de errar.

O mercado não admite erros.

Não havíamos tocado neste assunto, ainda.

O mercado.

Mas saiba que o mercado é a cola que une a sua bunda a essa cadeira desconfortável. Afinal, você precisa, um dia, ser capaz de ser um empregado e fazer parte do mercado.

É por isso que você está sentado. Sentado e calmo.

Fique calmo.

E, depois de anos de cadeira, ouvindo alguém falar de coisas que não lhe interessam em absoluto, você passará por uma coisa chamada vestibular.

O vestibular verifica se você ouviu e absorveu o suficiente de coisas desinteressantes e se, assim, será capaz de, mais tarde, vender seu tempo para projetos que também não lhe interessam necessariamente. E, assim, ser um empregado exemplar.

Isso tudo depende de:

1. sua capacidade de ficar sentado em uma cadeira desconfortável, que indica sua predisposição a suportar situações insuportáveis

2. sua capacidade de não questionar a autoridade, tão firmemente desenvolvida e fixada ao longo de anos que você nem a percebe

3. sua capacidade de se interessar por assuntos que não o interessam realmente, que é uma espécie de auto-engano que as grandes empresas costumam chamar hoje de proatividade e de sinergia

Se você tiver absorvido tudo isso, certamente passará no vestibular. Muito embora – e mais uma vez entramos no tema da fachada – o vestibular pareça medir coisas como Matemática, Língua Portuguesa e Ciências.

Podemos concluir, grosso modo, que quanto mais concorrida a vaga de um curso, mais ela exige das três capacidades acima arroladas.

Matemática, Língua Portuguesa e Ciências são índices apenas. Na verdade, estão para o verdadeiro ensino como o hambúrguer está para o cadáver do boi.

Ainda assim, FIQUE CALMO.

Sim. Finalmente, você entrou em uma faculdade.

PARABÉNS!

Mais alguns anos de cadeira desconfortável. Só para garantir.

Mas agora você não precisa ficar sentado nela durante tanto tempo. Não é preciso. Seu espírito já se dobrou. Possivelmente, ele está sentado neste momento, suportando alguma situação insuportável, mesmo quando você está em pé.

Bem calmo.

É bem provável que essa faculdade em que você entrou tenha como slogan algo semelhante a “preparamos para o mercado” com a foto de um modelo sorridente abaixo.

Não confunda: ele não é um estudante da instituição, mas os dentes daquele sorriso são o mercado.

Para as fachadas mais humanas, o slogan é algo como “preparamos para a vida”. Que, considerando que vida e mercado hoje são quase sinônimos, dá na mesma.

“Preparamos cidadãos” – e seus equivalentes – quer dizer “ensinamos você a usar o Procon”. Porque, no mercado, o bom cidadão é o consumidor. Talvez a única vez que você tenha questionado o sujeito que fala coisas desinteressantes lá na frente tenha sido dizendo algo como: “Ei, eu pago o seu salário! Sou um consumidor!”. Parabéns, você aprende rápido.

Pois se você é incapaz de consumir, não é um cidadão de primeira classe. Talvez nem seja um cidadão.

E o mercado pede que você seja um cidadão. E o máximo a que o seu questionamento será capaz de chegar irá até estas três letrinhas: SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor).

Se as empresas quisessem atender pessoas, colocariam gente de verdade atendendo aos telefonemas. E não gravações ou outras pessoas lendo scripts e preparadas pelo mercado.

Por isso, o mercado – de olho no futuro – cola sua bunda à cadeira desconfortável durante horas.

Para aprender a suportar situações insuportáveis, respeitar a autoridade e para nivelar sua criatividade tão aceitavelmente quanto a volúpia de um gato castrado.

Para que assim, um dia, você possa contribuir e, só então, consumir: realimentando o processo.

Eu sei que, aos cinco anos de idade, é difícil entender o que está acontecendo.

Mas peço que você, por alguns instantes e nos seguintes, FIQUE CALMO.

Em alguns anos você vai aceitar tudo perfeitamente.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/o-transgressor/fique-calmo-algo-sobre-tudo-o-que-voce-aprende-na-escola/feed/ 0
Novo teto de imposto sobre heranças desagrada deputados http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/novo-teto-de-imposto-sobre-herancas-desagrada-deputados/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/novo-teto-de-imposto-sobre-herancas-desagrada-deputados/#comments Thu, 03 Sep 2015 15:30:30 +0000 Rogerio Waldrigues Galindo http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/?p=36659 O “pacote de bondades” de Beto Richa (PSDB) nem foi anunciado e já causa polêmica na Assembleia Legislativa. Alguns deputados estão insatisfeitos com a notícia de que o imposto sobre heranças terá novo teto. Hoje, o máximo que se cobra é a alíquota de 4%. O governo prevê cobrar 8% a partir de agora em […]]]>
Beto Richa. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

Beto Richa. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

O “pacote de bondades” de Beto Richa (PSDB) nem foi anunciado e já causa polêmica na Assembleia Legislativa. Alguns deputados estão insatisfeitos com a notícia de que o imposto sobre heranças terá novo teto.

Hoje, o máximo que se cobra é a alíquota de 4%. O governo prevê cobrar 8% a partir de agora em transferências de patrimônio acima de R$ 700 mil. Isso significa que alguém que receber uma herança de R$ 1 milhão, por exemplo, deixará R$ 80 mil para o estado.

Segundo alguns deputados, há parlamentares que representam a classe média e a classe média alta e que terão problemas para votar a favor da proposta. “Está certo que R$ 700 mil é um bom dinheiro. Mas não estamos falando de dinheiro vivo. Se o sujeito deixa dois imóveis, por exemplo, já passa desse valor”, diz um deles.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/novo-teto-de-imposto-sobre-herancas-desagrada-deputados/feed/ 0
Assessores negam que “pacote de bondades” seja para tentar reverter rejeição a Richa http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/assessores-negam-que-pacote-de-bondades-seja-para-tentar-reverter-rejeicao-a-richa/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/assessores-negam-que-pacote-de-bondades-seja-para-tentar-reverter-rejeicao-a-richa/#comments Thu, 03 Sep 2015 14:35:30 +0000 Rogerio Waldrigues Galindo http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/?p=36655 Os assessores do governo dizem que as novas medidas a ser anunciadas pelo governo, vistas como “bondades”, não são uma tentativa de reverter os danos causados à imagem de Beto Richa (PSDB) com o pacote de “maldades” do primeiro semestre. Depois do pacotaço que incluiu a reforma da previdência e o aumento de tributos, a […]]]>

richa - dc

Os assessores do governo dizem que as novas medidas a ser anunciadas pelo governo, vistas como “bondades”, não são uma tentativa de reverter os danos causados à imagem de Beto Richa (PSDB) com o pacote de “maldades” do primeiro semestre.

Depois do pacotaço que incluiu a reforma da previdência e o aumento de tributos, a popularidade de Richa despencou. Pesquisa publicada em junho mostrou que 85% dos paranaenses desaprovavam a atual gestão.

“O pacote não é por causa de preocupação com imagem. O governo foi eleito para isso”, diz um deputado. Mas é claro que, embora não se admita, as medidas têm sim um caráter político. Até para tentar convencer que o ajuste fiscal não foi em vão.

Um dos principais problemas de relacionamento é com o funcionalismo, que viu seu reajuste parcelado, fez greve e teve de abrir mão da “poupança” previdenciária para que ela fosse usada no mês a mês pelo governo. Ninguém sabe ainda qual é a “bondade” prometia pelo governo. Se for mesmo só a antecipação do reajuste em um mês, como se cogita, dificilmente mudará os ânimos do funcionalismo.

Com a população em geral, a ideia de um fundo de combate à pobreza, se realmente gerar benefícios para a camada mais pobre, poderá ajudar a reverter a imagem de um governo que ficou marcado, até agora, por muita austeridade e poucas ações eficazes para a população.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/assessores-negam-que-pacote-de-bondades-seja-para-tentar-reverter-rejeicao-a-richa/feed/ 0
Os 8 erros mais comuns de Língua Portuguesa http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/toda-letra/os-8-erros-mais-comuns-de-lingua-portuguesa/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/toda-letra/os-8-erros-mais-comuns-de-lingua-portuguesa/#comments Thu, 03 Sep 2015 14:00:37 +0000 anamira http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/toda-letra/?p=271 1. Fazem 10 anos. O certo é faz. 2. Ele ainda não tinha chego em casa. O certo é chegado. 3. Há 20 anos atrás. Ou usa há ou atrás, apenas um dos dois! 4. Dia-a-dia. Agora, é sem hífen. 5. É necessários medidas urgentes. São necessárias medidas urgentes. 6. Ele mora há cinco quadras […]]]>

1. Fazem 10 anos. O certo é faz.

2. Ele ainda não tinha chego em casa. O certo é chegado.

3. 20 anos atrás. Ou usa há ou atrás, apenas um dos dois!

4. Dia-a-dia. Agora, é sem hífen.

5. É necessários medidas urgentes. São necessárias medidas urgentes.

6. Ele mora cinco quadras daqui. O certo é “a”.

7. De segunda à sexta. O certo é sem crase.

8. O uso dos porquês. Aprenda o uso correto aqui.

Qual deles é o pior? Você percebe outros erros comuns e piores por aí? Mande para nós!

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/toda-letra/os-8-erros-mais-comuns-de-lingua-portuguesa/feed/ 0
Rainha da Sucata chega em DVD http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/sintonizando/rainha-da-sucata-chega-em-dvd/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/sintonizando/rainha-da-sucata-chega-em-dvd/#comments Thu, 03 Sep 2015 14:00:30 +0000 Willian Bressan http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/sintonizando/?p=2237 Depois de “O Rebu”, a Globo escolheu “Rainha da Sucata”, exibida em 1990, com Regina Duarte e Tony Ramos nos papéis principais para lançar em DVD. A trama também marcou época com as atuações inesquecíveis de Gloria Menezes como a vilã Laurinha Figueroa e Aracy Balabanian como Dona Armênia e suas “três filinhas”.   Sucesso […]]]>

Depois de “O Rebu”, a Globo escolheu “Rainha da Sucata”, exibida em 1990, com Regina Duarte e Tony Ramos nos papéis principais para lançar em DVD. A trama também marcou época com as atuações inesquecíveis de Gloria Menezes como a vilã Laurinha Figueroa e Aracy Balabanian como Dona Armênia e suas “três filinhas”.

Os 179 capítulos da trama foram condensados em 12 discos 35 horas de duração.

 

Sucesso de Silvio de Abreu, a oposição entre os novos-ricos e a elite paulista decadente era o tema principal da novela, que mesclava drama e comédia. O box chegará às lojas no dia 10, mas já está em pré-venda no site da Loja Globo pelo valor de R$ 179,90.

Leia também:

O Bem Amado é a novela mais vendida em DVD

Novela Vale Tudo está de volta em DVD

Globo lança coleção para noveleiros

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/sintonizando/rainha-da-sucata-chega-em-dvd/feed/ 0
Qual é o futuro de Dilma sem Levy? http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/qual-e-o-futuro-de-dilma-sem-levy/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/qual-e-o-futuro-de-dilma-sem-levy/#comments Thu, 03 Sep 2015 13:36:01 +0000 André Gonçalves http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/?p=20456 Nunca foi o casamento perfeito. Dilma Rousseff, uma desenvolvimentista da Unicamp (ela começou o mestrado e doutorado em economia na universidade, mas não terminou), nunca foi lá muito a cara de Joaquim Levy, um “Chicago Boy” (alcunha dos economistas que passaram pela Universidade de Chicago, de formação mais liberal, onde ele fez pós-doutorado). Ainda assim, […]]]>
Crédito da foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Crédito da foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Nunca foi o casamento perfeito. Dilma Rousseff, uma desenvolvimentista da Unicamp (ela começou o mestrado e doutorado em economia na universidade, mas não terminou), nunca foi lá muito a cara de Joaquim Levy, um “Chicago Boy” (alcunha dos economistas que passaram pela Universidade de Chicago, de formação mais liberal, onde ele fez pós-doutorado). Ainda assim, todos fizeram força para que os opostos se atraíssem.

Eis que a notícia do momento é a chance de divórcio. Levy reclamou de isolamento após as últimas trapalhadas patrocinadas pelo Palácio do Planalto e sinalizou que pode deixar o Ministério da Fazenda. Dentre elas, não teria sido informado sobre a desistência repentina de Dilma de patrocinar a volta da CPMF (logo ele, que não queria saber do tributo e preferia cortes de gastos).

Se realmente pedir para sair, Levy será protagonista da crise mais aguda de Dilma. Perdê-lo é mais complexo que perder o PMDB. Brigas por politicagem são digestíveis.

A questão é que Levy assumiu para consertar as lambanças da própria Dilma na economia. Um pedido de demissão significa que elas são irreparáveis.
Quem quer que assuma, com papel de mãos-de-tesoura ou não, assumiria sem qualquer credibilidade. Se hoje fala-se em 80% de chance de o governo perder o grau de investimento, para 110%.

Pode usar as mesmas porcentagens sobre as chances de os parlamentares desencadearem um processo de impeachment.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/qual-e-o-futuro-de-dilma-sem-levy/feed/ 0
O que as ideias de Le Corbusier e a sua casa têm em comum http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/passa-la-em-casa/o-que-as-ideias-de-le-corbusier-e-a-sua-casa-tem-em-comum/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/passa-la-em-casa/o-que-as-ideias-de-le-corbusier-e-a-sua-casa-tem-em-comum/#comments Thu, 03 Sep 2015 12:05:41 +0000 Eloá Cruz http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/passa-la-em-casa/?p=253 A semana passada (precisamente no dia 27) foi marcada pelo aniversário de 50 anos do falecimento de Charles-Édouard Jeanneret-Gris, ou Le Corbusier, Lelê para os íntimos. Ele é considerado um dos mais célebres arquitetos do século XX. Ok, é evidente a influência dele na arquitetura moderna, no urbanismo, nas artes. Mas como é possível um arquiteto nascido em 1887 ainda influenciar tanto a arquitetura e o estilo de vida contemporâneo?

Podemos falar muito sobre o legado deixado por Le Corbusier. Existem N temas, assuntos, pesquisas. Não vamos nos ater muito a essa parte mais acadêmica. Vamos mostrar nesse post como que os conceitos bases do modernismo corbusiano fizeram a nossa casa mais bacana e funcional. Separamos essas bases em cinco itens, vamos lá:

 

Escritório em planta livre. Crédito:Pinterest.

Escritório em planta livre. Crédito: Pinterest.

Exemplo Planta Livre - Projeto Le Corbusier. Crédito: https://histarq.files.wordpress.com/2012/08/21-lc-domino2.jpg.

Exemplo de planta livre – projeto de Le Corbusier. Fonte: https://histarq.files.wordpress.com/2012/08/21-lc-domino2.jpg.

Planta livre: nada mais é que a planta aberta, um open space. Com o passar dos anos, você deve ter reparado que as casas começaram a integrar as áreas de uso coletivo, como a sala de jantar e estar sem separação física. O projeto em planta livre define somente a estrutura, deixando a planta “livre” para criação do usuário.

 

Edificio com fachada e plantas livres. Crédito: Pinterest.

Edificio com fachada e plantas livres. Crédito: Pinterest.

Fachada ampla: como consequência da planta livre, as fachadas ganharam mais espaço depois que os pilares foram recuados. A área frontal das construções ganhou mais possibilidades estéticas e funcionais.

 

Residência com pilotis, concreto e madeira. Crédito: Pinterest.

Residência com pilotis, concreto e madeira. Crédito: Pinterest.

Pilotis: são aqueles pilares cilíndricos que elevam a edificação, criando um hall livre logo abaixo. É bem comum em construções “grande caixote”. O espaço que fica embaixo pode virar um grande lounge ou estacionamento.

 

Exemplo de terraço-jardim. Crédito: Pinterest.

Terraço-jardim: Le Corbusier achava um tremendo desperdício não utilizar o terraço das construções, uma perda de espaço arquitetônico. Para aproveitar o último nível, ele criou terraços-jardins, uma área de maior contato com a natureza. Hoje existem vários prédios residenciais que incorporaram essa ideia e transformaram a cobertura em hortas comunitárias.

 

Croquis de Le Corbusier mostram a vista da paisagem pela janela em fita. Crédito: Archdaily.

Croquis de Le Corbusier mostram a vista da paisagem pela janela em fita. Crédito: Archdaily.

Croquis de Le Corbusier mostram a vista da paisagem pela janela em fita. Crédito: Archdaily.

 

Vista da sala de estar. Crédito: Pinterest.

Vista da sala de estar. Crédito: Pinterest.

Outro exemplo de janela em fita. Crédito: Pinterest.

Outro exemplo de janela em fita. Crédito: Pinterest.

Janelas em fita: com a estrutura mais recuada, as janelas que vão de um lado a outro na fachada criam um efeito estético muito bacana, além de valorizar a paisagem externa. Com a as janelas em fita, a iluminação e a ventilação dos ambientes melhoraram muito. Elas ainda permitem a contemplação da vista sem “cortes” que as aberturas convencionais fazem do cenário do lado de fora.

Colaborou: Suélen Cruz, nossa arquiteta da equipe. ;)

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/passa-la-em-casa/o-que-as-ideias-de-le-corbusier-e-a-sua-casa-tem-em-comum/feed/ 0
Originale vence categoria Prato Vegetariano no Prêmio Bom Gourmet 2015 http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/verdura-sem-frescura/originale-prato-vegetariano-premio-bom-gourmet/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/verdura-sem-frescura/originale-prato-vegetariano-premio-bom-gourmet/#comments Thu, 03 Sep 2015 11:10:14 +0000 Flávia Schiochet http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/verdura-sem-frescura/?p=1341 Na quinta-feira, 3 de setembro, circula a edição especial da nossa revista com os vencedores do sexto Prêmio Bom Gourmet. Pela primeira vez, a premiação tem a categoria Prato Vegetariano e oito jurados votaram em seus pratos sem carne servidos em restaurantes de Curitiba. Confira os melhores da cidade segundo os jurados: POLPETTONI VEGAN COM […]]]>

Na quinta-feira, 3 de setembro, circula a edição especial da nossa revista com os vencedores do sexto Prêmio Bom Gourmet. Pela primeira vez, a premiação tem a categoria Prato Vegetariano e oito jurados votaram em seus pratos sem carne servidos em restaurantes de Curitiba.


Confira os melhores da cidade segundo os jurados:

vencedores_22

POLPETTONI VEGAN COM TALHARIM INTEGRAL – Originale Cucina e Pizzeria

V-Polpettoni vegan com talharim integral_Originale cucina e pizzeria

O nome da casa entrega a forte veia italiana, e o diferencial está em aliar receitas da nonna à pratos veganos, fartos, bem servidos e cheios de sabor. As polpettas vegan são feitas com batata cozida, espinafre refogado, ervilha e cenoura, empanadas somente com trigo integral e douradas no azeite de oliva. O talharim artesanal é mais leve do que o feito com a farinha convencional, leva trigo integral, azeite de oliva, pimenta e ervas finas. Para o molho rústico tomates não peneirados temperados com cebola, alho e sal e perfumados com manjericão fresco. O prato serve duas pessoas, com 500 gramas de talharim integral e quatro generosas polpettas. A porção individual vem com duas polpettas e 70% de massa e molho da opção para dois. Preço: R$ 55,90 (para duas pessoas); R$ 39,20 (porção individual).

Av. Munhoz da Rocha, 665, Cabral – (41) 3019-0909. Confira o serviço completo.

 

Indicados

RISOTO DE PINHÃO – LUCCI MEETING CLUB

Risoto de pinhão Lucci Meeting Club. Foto: Divulgação

Risoto de pinhão Lucci Meeting Club. Foto: Divulgação

O prato típico italiano ganhou roupagem paranaense no preparo da chef Cris Bombom. O risoto de pinhão preparado por ela leva, além da tradicional semente de Araucária, aspargos frescos salteados na manteiga e condimentos para realçar o sabor. Pimenta-do-reino, páprica picante e um punhado de cebolinha desidratada são usados no tempero do prato feito com arroz carnaroli hidratado com caldo de legumes (cenoura, alho poró, cebola e sal) tostados. Para finalizar queijo parmesão e nata. O risoto vai à mesa com um toque de ciboullette e pimenta biquinho. Preço: R$ 27,50.
Al. Dr. Carlos de Carvalho, 949, Batel – (41) 3527-6667. Confira o serviço completo.

 

PRATO DE FALAFEL – CAPIVARA VEGETARIAN

Falafel do Capivara Vegetarian. Foto: Augusto de Lavigne/Divulgação

Falafel do Capivara Vegetarian. Foto: Augusto de Lavigne/Divulgação

O famoso bolinho de grão de bico pode ser degustado em três versões no Capivara Vegetarian: Tradicional (grão de bico, gergelim, cebola branca, sal e salsinha); Verde (grão de bico, cebola branca, gergelim, cheiro verde, coentro e sal) e Picante (são incorporados ao grão de bico cebola branca, salsinha, pimentas síria e caiena, páprica picante, colorau e uma pitadinha de sal). O prato é servido com três falafels quentinhos, assados na hora, tabule de quinoa e uma saladinha de rúcula e tomate cereja. Como guarnição para as fatias de pão sírio, tradicional e integral, os famosos molhos homus e babaganuche, além de tahine temperado e molhinhos que levam alho, azeitona e tofu orgânico. Preço: 25.

Av. Iguaçu, 1595, Água Verde – (41) 3121-1466. Confira o serviço completo.

 

BOBÓ DE COGUMELOS EM MINIMORANGA – MAHATMA GOURMET

Bobó de abóbora do Mahatma Gourmet. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Bobó de abóbora do Mahatma Gourmet. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

No cardápio 100% vegetariano há opções veganas e sem glúten e o Bobó de cogumelos em minimoranga é um exemplar de dar água na boca. O recheio leva alho-poró triturado e refogado no azeite de dendê, shimeji desfiado, algas marinhas hijiki, coentro picado, sal e pimenta dedo-de-moça. Por fim, leite de coco, purê de mandioca e dez minutinhos ao forno. Acompanham as moranguinhas, arroz integral, purê de cará, farofa de castanha-do-pará e chips de banana da terra. Preço: 41.

  1. Professor Macedo Filho, 199, Bom Retiro – (41) 3022-6875. Confira o serviço completo.

 

 

PENNE SOTTOBOSCO – PANEOLIO RISTORANTE

Penne Sottolio. Foto: Antonio Mangili/Divulgação

Penne sottobosco. Foto: Antonio Mangili/Divulgação

Penne lisce ou regate, não importa, o formato é um dos mais populares na Itália e adorado no Brasil. É servido com molho à base de cogumelos, queijos e ervas. O funghi hidratado com vinho branco é incorporado ao cogumelo paris e salteado na manteiga com alho e cebola. Mais vinho até a redução, molho bechamel e, por fim, cream cheese e parmesão. Pimenta-do-reino, tomilho e alecrim são salpicados antes de servir e garantem o aroma irresistível. Preço: R$ 31.

  1. Conselheiro Dantas, 494, Rebouças – (41) 3334-1126. Confira o serviço completo.

 

MOQUECA DE PUPUNHA – VEG E LEV

Moqueca de pupunha do Veg e Lev. Foto: Jorge Mariano/Divulgação

Moqueca de pupunha do Veg e Lev. Foto: Jorge Mariano/Divulgação

A receita é uma das mais adoradas pelos vegans. O molho leva o clássico azeite de dendê, cebola, alho-poró, caldo de legumes, cenoura, pimenta dedo-de-moça, tomate, gengibre, um toque sutil de alho e pimentões multicoloridos. Por fim, pedaços generosos de pupunha e coentro (opcional). Acompanha arroz integral cateto e vermelho e farofa agridoce, feita com banana da terra, coco em lascas, cebola, alho azeite de oliva e sal. Preço: R$ 27,00. Servido às segunda e quartas no almoço. Há também opções vegetarianas.

Al. Prudente de Moraes, 1218, Centro – (41) 3121-1218. Confira o serviço completo.

 

PALAK PANEER – SWADISHT

Palak Paneer do restaurante Swadisht. Foto: Estúdio DYS/Divulgação

Palak Paneer do restaurante Swadisht. Foto: Estúdio DYS/Divulgação

O creme de espinafre preparado com ricota fresca, iogurte natural e as deliciosas especiarias indianas tem sabor marcante e ao mesmo tempo suave, quando comparado aos tradicionais pratos da culinária indiana. É preparado com ghee, pasta de alho fresco com sementes de gengibre, ervas finas (cominho, coentro em pó e cúrcuma), cubos de ricota fresca, molho de espinafre, tomate, cebola, iogurte natural e o adorado garam masala, uma pasta típica indiana feita com um mix de temperos e especiarias. Para finalizar, “um fio” de creme de leite. Preço: 54.

Av. Vicente Machado, 2.036, Batel – (41) 3015-1056. Confira o serviço completo.

 

PUPUNHA AO LIMÃO SICILIANO – VEG E LEV

Pupunha ao limão siciliano do Veg e Lev. Foto: Jorge Mariano/Divulgação

Pupunha ao limão siciliano do Veg e Lev. Foto: Jorge Mariano/Divulgação

Simples, saboroso e leve, o prato é preparado com palmito pupunha orgânico trazido da cidade litorânea de Morretes (PR). Envolto em papel alumínio, assa durante duas horas em forno convencional até atingir a textura macia, ideal para o consumo. Retirado da casca é cortado em formato de meia lua e salteado com um fio de azeite de oliva, suco de limão siciliano e uma pitadinha de sal. É servido com raspas de siciliano. Preço: R$ 16,90.

Al. Prudente de Moraes, 1.218, Centro – (41) 3121-1218. Confira o serviço completo.

 

 

vencedores_50

ricardolaurino POLPETTONI VEGAN COM TALHARIM INTEGRAL – Originale Cucina e Pizzeria Ovolactovegetariano há 25 anos e vegano há 12, Ricardo Laurino é coordenador nacional de grupos da Sociedade Vegetariana Brasileira. Conhece bem o movimento que vem invadindo a cozinha e a vida de milhões de pessoas.
eduardolubiazi POLPETTONI VEGAN COM TALHARIM INTEGRAL – Originale Cucina e Pizzeria Sócio e diretor de cena na produtora de filmes TheYouth, Eduardo Lubiazi é vegetariano há mais de dez anos e escreve para o blog Contrafilé, que busca trazer opções veganas e vegetarianas em restaurantes não-vegetarianos.
gustavokrelling RISOTO DE PINHÃO – Lucci Meeting Club O artista visual e figurinista Gustavo Krelling é sócio da Tutu Ateliê de Sapatilhas e vegetariano há 12 anos.
irisburger PRATO DE FALAFEL – Capivara Vegetarian A gerente de projetos de TI Iris Burger é vegetariana há dez anos e vegana há três, por questões éticas. Gosta muito de cozinhar, testar e experimentar novos sabores.
julianachoma BOBÓ DE COGUMELOS EM MINIMORANGA – MAHATMA GOURMET A arquiteta e cenógrafa Juliana Choma é uma entusiasta da gastronomia. Vegetariana desde 2011 passou a escolher suas viagens de acordo com as opções vegetarianas das cidades. “Posso não conhecer a Estátua da Liberdade, mas sei indicar uma confeitaria vegana maravilhosa no Brooklyn.”
danielribeiro PENNE SOTTOBOSCO – PaneOlio Ristorante O empresário Daniel Ribeiro adotou a cozinha vegetariana há 18 anos. Busca sempre  descobrir novas opções no menu de restaurantes.
marjareksidler MOQUECA DE PUPUNHA – Veg e Lev A médica cancerologista cirúrgica Marja Reksidler adotou a alimentação vegetariana há um ano por motivos relacionados à saúde, espirituais e cuidados com os animais. Pesquisas e cursos a levaram a descobrir o quanto a alimentação vegetariana e vegana pode ser variada e incrível.
Série Perfil Goura Nataraj PALAK PANEER – Swadisht Assessor na Coordenação de Mobilidade Urbana da Secretaria de Trânsito de Curitiba e mestre em filosofia, Goura Nataraj adotou o vegetarianismo há mais de 15 anos.
alexandrelinhares PUPUNHA AO LIMÃO SICILIANO – Veg e Lev O estilista e proprietário da marca Heroína Alexandre Linhares desde 2007 acredita que a alimentação é uma atitude política, onde deve se fazer o consumo consciente com o menor impacto possível.

 

***

Você já provou algum destes pratos? Quais seus endereços preferidos para jantar na cidade? Deixe sua resposta aqui nos comentários!

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/verdura-sem-frescura/originale-prato-vegetariano-premio-bom-gourmet/feed/ 0
Extra, extra! O melhor crepe salgado de Paris http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/voila/extra-extra-o-melhor-crepe-salgado-de-paris/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/voila/extra-extra-o-melhor-crepe-salgado-de-paris/#comments Thu, 03 Sep 2015 10:58:16 +0000 Sâmar Razzak http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/voila/?p=276 Antes de mais nada, uma pequena recapitulação. Em seis meses de blog, já visitei sete creperias com o intuito de eleger o melhor crepe de Paris. Tradicionais, requintadas, da moda ou simples, tem creperia para todos os gostos na capital francesa. E, esta semana, eu comi o melhor crepe salgado de Paris (até o momento). O […]]]>

Antes de mais nada, uma pequena recapitulação. Em seis meses de blog, já visitei sete creperias com o intuito de eleger o melhor crepe de Paris. Tradicionais, requintadas, da moda ou simples, tem creperia para todos os gostos na capital francesa. E, esta semana, eu comi o melhor crepe salgado de Paris (até o momento).

O Aup’tit Grec é um lugar bem simples: duas portinhas, um balcão para quem quiser comer os crepes ali mesmo e uma fila grande na porta. Não esperem aquele charme francês dos bistrots e brasseries parisienses. Umas folhagens artificiais (de gosto meio duvidoso) enfeitam o teto e tudo é muito simples no estabelecimento.

Lugar simples e com o melhor crepe de paris até agora! (Sâmar Razzak)

Lugar simples e com o melhor crepe de paris até agora! (Sâmar Razzak)

Mas antes que vocês torçam o nariz eu preciso dizer: nada de preconceitos com a cara do lugar porque o crepe deles é sensacional. São inúmeras opções de recheios no cardápio e, num quadro negro bem atrás dos cozinheiros, algumas composições  que estão fora do menu. Eu optei pela clássica sugestão do chef: mussarela de búfala, salame italiano, alface, tomate e cebola. Até agora o melhor crepe salgado da disputa, sem qualquer dúvida.

Sugestão do chef: mussarela de búfala, salame, tomate, cebola e alface. Sensacional! (Sâmar Razzak)

Sugestão do chef: mussarela de búfala, salame, tomate, cebola e alface. Sensacional! (Sâmar Razzak)

Estou chegando à conclusão que os lugares mais simples e sem frescura, como o L’Avant Comptoir, por exemplo – que é o segundo lugar até agora quase empatando com o Aup’tit Grec – servem os crepes mais saborosos. E também os mais em conta. O crepe mais caro do cardápio do Aup’tit Grec custa 5 euros.

O crepe doce eu não consegui provar, vai ficar para uma próxima porque os crepes são enormes e a gente mal consegue terminar. Substitui um almoço até para os mais famintos, eu garanto. Quem não abre mão do doce, a dica é optar pelo “chocolat maison”, um dos prediletos da clientela. Eu não consegui encarar um segundo crepe no mesmo dia. Mas prometo que volto lá para provar o de chocolate e conto para vocês ;)

Serviço:

Aup’tit Grec

http://auptitgrec.com

68, Rue Mouffetard

Metrô: Place Monge

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/voila/extra-extra-o-melhor-crepe-salgado-de-paris/feed/ 0
Por R$ 2.599, PlayStation 4 fabricado no Brasil chega em outubro http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/replay/por-r-2-599-playstation-4-fabricado-no-brasil-chega-em-outubro/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/replay/por-r-2-599-playstation-4-fabricado-no-brasil-chega-em-outubro/#comments Wed, 02 Sep 2015 23:35:13 +0000 Durval Ramos http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/replay/?p=158 O mistério acabou. Após anunciar na última E3 que o PlayStation 4 finalmente vai ser fabricado no Brasil, a Sony confirmou nesta quarta-feira (02) que a produção nacional do console começará já em outubro e, conforme esperado, isso também vai representar uma queda no preço. A partir do próximo mês, o preço oficial será de R$ […]]]>

PS4 da Sony

O mistério acabou. Após anunciar na última E3 que o PlayStation 4 finalmente vai ser fabricado no Brasil, a Sony confirmou nesta quarta-feira (02) que a produção nacional do console começará já em outubro e, conforme esperado, isso também vai representar uma queda no preço. A partir do próximo mês, o preço oficial será de R$ 2.599.

A redução já havia sido prometida pelo chefe da PlayStation no Brasil, Anderson Gracias, durante um evento nos Estados Unidos. Na época, ele confirmou que a produção nacional tornaria o produto mais barato, mas não chegou a informar o quanto.

A Sony não confirmou exatamente quando o novo preço passará a valer, mas a promessa para outubro não é por acaso, já que a empresa certamente vai aproveitar a chegada do Dia das Crianças para impulsionar as vendas do video game. Além disso, no mesmo período, acontece a Brasil Game Show, maior evento de jogos do país.

E, apesar de a redução de 35% ainda estar um pouco acima do valor que cobrado por várias lojas, o anúncio veio em boa hora. Com o dólar em alta, os próprios fãs duvidavam que a empresa traria um preço tão competitivo assim. Tanto que ele se aproxima bastante do valor cobrado por importadoras, cujo valor varia atualmente entre R$ 1.800 e R$ 2.500.

Lançado em 2013, o PlayStation 4 chegou ao Brasil custando R$ 4.000 e gerou muita polêmica ao creditar o alto valor à alta carga tributária que o governo insidia sobre produtos importados — tanto que, em seu site oficial, ela apresentou todos os cálculos que levar àquele preço. Mesmo descontente com a situação, a fabricante levou praticamente dois anos para iniciar a produção nacional. Já o Xbox One, seu principal concorrente, já chegou às lojas sendo fabricado por aqui e custando apenas R$ 2.299.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/replay/por-r-2-599-playstation-4-fabricado-no-brasil-chega-em-outubro/feed/ 0
O Febeapá continua http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/rolmops-e-catchup/o-febeapa-continua/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/rolmops-e-catchup/o-febeapa-continua/#comments Wed, 02 Sep 2015 23:16:20 +0000 babbocamargo http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/rolmops-e-catchup/?p=15216 A Companhia das Letras acaba de lançar Febeapá – Festival de Besteira que Assola o País, de Stanislaw Ponte Preta, 483 páginas, 49,90 reais. Ao ficar sabendo da boa nova, em texto de Rosane Pavan, na Carta Capital desta semana, professor Afronsius festejou a volta às livrarias do Sérgio Porto. E tratou de reservar seu exemplar: […]]]>

A Companhia das Letras acaba de lançar Febeapá – Festival de Besteira que Assola o País, de Stanislaw Ponte Preta, 483 páginas, 49,90 reais. Ao ficar sabendo da boa nova, em texto de Rosane Pavan, na Carta Capital desta semana, professor Afronsius festejou a volta às livrarias do Sérgio Porto. E tratou de reservar seu exemplar:

– Embora já tenha A Revista do Lalau, Agir Editora, 2008, que reúne também as certinhas do Lalau, pequena história do jazz, o show do crioulo doido, notícias da Pretapress, dicionário de gírias cariocas, a última entrevista, cinema, teatro e outras raridades de Sérgio Porto, Stanislaw Ponte Preta e outras vidas do humorista genial.

Voltando ao texto de Rosane Pavan, temos que o pontapé inicial para o Febeapá foi dado por uma inspetora de ensino do interior de São Paulo, “portanto uma senhora de um nível intelectual mais elevado pouquinha coisa”.  Ao saber que o filho, um “debiloide”, tirara zero numa prova de matemática, “a cocoroca não vacilara em apontar o professor como perigoso agente comunista”. Era a “Redendora” em ação…

“Diariamente às terças e quintas”

Como, em se tratando do Lalau, não dá para resistir, retornamos à revista Carta Capital e a um dos alvos preferidos do Stanislaw, o colunista social Ibrahim Sued, que garantia estar “diariamente às terças e quintas” na apresentação de seu programa de televisão.

Tevê já batizada por Sérgio Porto como “a máquina de fazer doido”.

Aproveitando, sobre a máquina de fazer doido, professor Afronsius lembrou que (coincidência) no dia 2 de setembro, há 46 anos, era criada a internet, que aportou no Brasil em 1988. Com o globalizado lado bom e lado ruim das coisas.

– Que que diria dela, internet, o saudoso Stanislaw? Liquidificador (planetário) de fazer doido?

ENQUANTO ISSO…

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/rolmops-e-catchup/o-febeapa-continua/feed/ 0
Bancada do Paraná pede apoio de Temer para reabertura da Estrada do Colono http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/bancada-do-parana-pede-apoio-de-temer-para-estrada-do-colono/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/bancada-do-parana-pede-apoio-de-temer-para-estrada-do-colono/#comments Wed, 02 Sep 2015 21:02:19 +0000 André Gonçalves http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/?p=20451 A bancada federal do Paraná pediu hoje ao vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), apoio para a aprovação do projeto de lei que discute a reabertura da Estrada do Colono, no Sudoeste do estado. A via cruza 17,5 quilômetros dentro do Parque Nacional do Iguaçu, entre os municípios de Serranópolis e Capanema. Está fechada por […]]]>
Crédito: assessoria da coordenação da bancada do Paraná.

Crédito: assessoria da coordenação da bancada do Paraná.

A bancada federal do Paraná pediu hoje ao vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), apoio para a aprovação do projeto de lei que discute a reabertura da Estrada do Colono, no Sudoeste do estado. A via cruza 17,5 quilômetros dentro do Parque Nacional do Iguaçu, entre os municípios de Serranópolis e Capanema. Está fechada por decisão judicial desde 2003, devido ao impacto ambiental.

O PL 7123/10, do deputado paranaense Assis do Couto (PT), sugere a construção de uma estrada-parque no leito da antiga. A justificativa é que, sem poder usar a estrada, os moradores da região são forçados a fazer desvios de até 200 quilômetros para chegar de uma cidade a outra. O texto já passou pela Câmara, mas está travado no Senado há dois anos.

Relator do projeto na Câmara, Osmar Serraglio (PMDB), disse que Temer se sensibilizou com o pedido da bancada e ligou imediatamente para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). “A promessa é que agora vai tramitar com celeridade”, disse.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/bancada-do-parana-pede-apoio-de-temer-para-estrada-do-colono/feed/ 0
Prefeito de Londrina visita 7 ministérios em um dia: “vim sentir a crise para evitar frias” http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/prefeito-de-londrina-visita-7-ministerios-em-um-dia-vim-sentir-a-crise-para-evitar-frias/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/prefeito-de-londrina-visita-7-ministerios-em-um-dia-vim-sentir-a-crise-para-evitar-frias/#comments Wed, 02 Sep 2015 20:30:50 +0000 André Gonçalves http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/?p=20448 O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), fez hoje uma maratona ministerial em Brasília para medir a temperatura da crise financeira do governo federal. Pelas contas dele, o município tem R$ 23 milhões em recursos a receber entre restos a pagar e convênios. A principal conta pendurada é referente a um convênio de R$ 3 […]]]>
Crédito da foto: Roberto Custódio

Crédito da foto: Roberto Custódio

O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), fez hoje uma maratona ministerial em Brasília para medir a temperatura da crise financeira do governo federal. Pelas contas dele, o município tem R$ 23 milhões em recursos a receber entre restos a pagar e convênios.

A principal conta pendurada é referente a um convênio de R$ 3 milhões para a obra da primeira fase do teatro municipal de Londrina. A ordem de pagamento do Ministério da Cultura, segundo ele, é de maio de 2014.

Kireeff explica que as passagens por sete ministérios (reuniões na Secretaria de Relações Institucionais, Educação, Cidades e Esporte, e protocolo de documentos na Cultura Turismo e Desenvolvimento Social) serviram principalmente para alinhar as contas da prefeitura a um cenário mais próximo da realidade da crise econômica.

“Vim para sentir o teor da crise para evitar frias”, descreveu. E o que foi possível perceber? “A perspectiva é de reserva, não dá para ser otimista.”

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/prefeito-de-londrina-visita-7-ministerios-em-um-dia-vim-sentir-a-crise-para-evitar-frias/feed/ 0
Relator do Estatuto da Família sugere que homossexuais, ao invés de casamento, tenham “parceria vital” http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/relator-do-estatuto-da-familia-sugere-que-homossexuais-ao-inves-de-casamento-tenham-parceria-vital/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/relator-do-estatuto-da-familia-sugere-que-homossexuais-ao-inves-de-casamento-tenham-parceria-vital/#comments Wed, 02 Sep 2015 20:28:44 +0000 Rogerio Waldrigues Galindo http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/?p=36651 O deputado Diego Garcia (PHS), responsável pelo parecer do Estatuto da Família que mantém a definição “tradicional” de família, que restringe o conceito apenas a casais heterossexuais, sugere que os homossexuais tenham uma outra definição para sua união: a “parceria vital”. Em entrevista por telefone para o blog, o deputado diz que sua posição no […]]]>

O deputado Diego Garcia (PHS), responsável pelo parecer do Estatuto da Família que mantém a definição “tradicional” de família, que restringe o conceito apenas a casais heterossexuais, sugere que os homossexuais tenham uma outra definição para sua união: a “parceria vital”.

Em entrevista por telefone para o blog, o deputado diz que sua posição no relatório não tem base religiosa, apesar de ele ser conhecido por sua atuação na Renovação Carismática e de ter criado um grupo de orações no Legislativo.

Diego Garcia também afirma que o STF errou em sua decisão sobre uniões homoafetivas, mas diz que a nova lei não afetará a liberação dos casamentos civis entre homossexuais. Veja a entrevista abaixo:

O sr. diz em seu parecer que a decisão do STF de permitir a união homoafetiva foi um erro. Por quê?
O Supremo usurpou o seu papel, ultrapassou um limite. Legislar sobre casamento é papel do Legislativo.

Vários ministros disseram que o espírito da Constituição brasileira exige essa igualdade de direitos. O sr. discorda?
Por outro lado, no julgamento do STF praticamente ficou de lado aquilo que também está na Constituição, e que está de uma forma muito clara, no artigo 226, definindo o que é a família.

O sr. imagina que uma possível aprovação do Estatuto da Família poderia levar a uma revisão da decisão do STF sofre união homoafetiva?
Eu particularmente não acredito nisso. No Estatuto não está previsto esse tipo de exclusão. Os casamentos vão continuar acontecendo normalmente. A ideia é tratar dos direitos da família, numa lei infraconstitucional.

No seu parecer o sr. sugere que ao invés de denominar uniões homossexuais de casamento poderia se criar um outro instituto, a “parceria vital”, que daria direitos semelhantes ao de um casamento, inclusive de herança, mas sem o mesmo nome. O sr. pretende fazer um projeto de lei criando essa instituição?
Eu particularmente espero que se transforme em um projeto de lei. Diante dos estudos que fizemos, percebemos o que acontece em outros países, não só no Brasil. e acho que isso seria uma inovação. A ideia da “parceria vital” é que ela não ficaria restrita a homossexuais. Poderia ser aplicada a irmãos, a outras pessoas que vivem juntas, sem precisar depender para sua definição de uma relação sexual. Penso em propor, mas pode ser que, estando no parecer, outro deputado também proponha antes. Não importa. Acho que valeria a discussão.

Se os direitos são basicamente os mesmos de um casamento, no caso dos homossexuais isso não serviria apenas para evitar o nome, a palavra “casamento”?
Não, a ideia não é evitar o nome. Se você ler o voto vai perceber que é muito mais amplo. Dois irmãos, por exemplo, que moram juntos, poderiam ser beneficiados. A ideia traz outros agrupamentos, que não só o grupo LGBT. Não é só uma mudança de nome, é para abranger mais situações.

O sr. diz que seu parecer não tem viés religioso. No entanto, o seu nome na Câmara está muito associado à religião, até em função do grupo de oração criado recentemente. O sr. acha que vai conseguir descolar as duas coisas?
Só se fizerem isso de má fé. Em nenhum momento do meu voto trago essa discussão para questões e posicionamentos religiosos. Não cito a doutrina da Igreja, nem a palavra de Deus. Eu cito sim a Constituição.

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/relator-do-estatuto-da-familia-sugere-que-homossexuais-ao-inves-de-casamento-tenham-parceria-vital/feed/ 0
Rubens Bueno diz que Dilma “surta” ao falar sobre CPMF http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/rubens-bueno-diz-que-dilma-surta-ao-falar-sobre-cpmf/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/rubens-bueno-diz-que-dilma-surta-ao-falar-sobre-cpmf/#comments Wed, 02 Sep 2015 19:56:43 +0000 André Gonçalves http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/?p=20446 O líder do PPS na Câmara dos Deputados, Rubens Bueno, disse que a presidente Dilma Rousseff “surta” ao se posicionar sobre a recriação da CPMF. Hoje, ao falar sobre a possibilidade de ressuscitar o tributo, Dilma disse que “não gosta” da CPMF e que ela tem suas complicações, mas não afastou a necessidade de criar […]]]>
Crédito: Hugo Harada.

Crédito: Hugo Harada.

O líder do PPS na Câmara dos Deputados, Rubens Bueno, disse que a presidente Dilma Rousseff “surta” ao se posicionar sobre a recriação da CPMF. Hoje, ao falar sobre a possibilidade de ressuscitar o tributo, Dilma disse que “não gosta” da CPMF e que ela tem suas complicações, mas não afastou a necessidade de criar nenhuma nova fonte de receita.

“É mais um surto da presidente Dilma essa história de recriar a CPMF. Ela diz que não gosta da cobrança, mas defende uma nova fonte de receita. Trata-se de mais um exemplo da falta de rumo do governo”, declarou.

Segundo ele, o PPS votará contra qualquer tentativa de se criar um novo imposto em tempos de crise. “Temos uma carga tributária que chega a quase 40% do PIB e serviços públicos de saúde, educação e segurança de péssima qualidade. A população e o setor produtivo estão sufocados e não têm como arcar com mais impostos. Não adianta o governo insistir. Medidas como a recriação da CPMF não passam no Congresso.”

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/conexao-brasilia/rubens-bueno-diz-que-dilma-surta-ao-falar-sobre-cpmf/feed/ 0
Deputado paranaense dá parecer a favor de manter conceito tradicional de família http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/deputado-paranaense-da-parecer-a-favor-de-manter-conceito-tradicional-de-familia/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/deputado-paranaense-da-parecer-a-favor-de-manter-conceito-tradicional-de-familia/#comments Wed, 02 Sep 2015 18:32:35 +0000 Rogerio Waldrigues Galindo http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/?p=36647 O deputado federal paranaense Diego Garcia (PHS-PR) foi responsável por dar parecer no Estatuto da Família definindo que o conceito básico da família deve continuar como “a união de um homem e de uma mulher, por meio de casamento ou de união estável, e a comunidade formada por qualquer dos pais e seus filhos”. O […]]]>

O deputado federal paranaense Diego Garcia (PHS-PR) foi responsável por dar parecer no Estatuto da Família definindo que o conceito básico da família deve continuar como “a união de um homem e de uma mulher, por meio de casamento ou de união estável, e a comunidade formada por qualquer dos pais e seus filhos”.

O parecer de Diego Garcia, segundo informações da Agência Câmara, foi divulgado nesta quarta-feira na comissão especial que analisa o tema. O projeto define os direitos da família e políticas públicas voltadas para valorização e apoio à “entidade familiar”. O parecer, portanto, é contrário a uma abertura para que lares formados por casais homossexuais, por exemplo, possam ser considerados como famílias.

A tramitação do estatuto causou polêmica desde o início. Uma enquete no site da Câmara dos Deputados perguntando se as pessoas concordavam ou não com a proposta levou mais de dez milhões de pessoas a se manifestarem (com uma vitória apertada a favor de um conceito de família mais amplo).

No país, o Legislativo e o judiciário têm tido interpretações diferentes sobre o tema. O Legislativo não modificou em nada a legislação sobre casamentos e relações estáveis. No entanto, o Judiciário alega que o espírito da Constituição exige uma interpretação mais flexível e garantiu o direito à “união homoafetiva” – o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) inclusive proibiu cartórios de se negar a realizar casamentos de homossexuais.
Para rebater as críticas, Diego Garcia tentou se antecipar e anotou quatro razões pelas quais diz que seu parecer é correto. Segundo ele, é preciso rebater quatro pontos, que ele coloca entre aspas, como frases que ouviu nas audiências públicas de discussão do projeto.

1. “Quem não advoga pelo casamento de pessoas do mesmo sexo é homofóbico.”
A resposta do deputado passa pela definição de homofobia, que seria uma aversão aos homossexuais. “Defender  e  respeitar  a pessoa  que  tem  orientação  sexual  diversa  da  minha  é um  dever.  Não  há,  todavia, dever  de  acatar  interesses  ou  de  engajamento  na promoção da ideologia homossexual. Não é correto taxar de homofóbico quem não se alia a essa bandeira. Simplesmente exerce sua liberdade e seu direito. O homofóbico atua contra a pessoa homossexual.

2. “Quem defende a família ‘tradicional’ é fundamentalista.”
Segundo o deputado, “quem  acusa  outrem  de ‘fundamentalista religioso’ deve  provar  que  se  trata  de  uma  pessoa  violenta  e  que  está constrangendo outra a aderir a seu ponto de vista religioso.

3 “O Estatuto da Família quer excluir várias modalidades familiares.”
Segundo o parecer, “nada  impede  que  os  cidadãos,  mediante  seus  representantes políticos,  advoguem  pela  inclusão  de  novos  benefícios  a outras categorias  de relacionamento,  mediante  argumentos  que  possam  harmonizar-se  à  razão pública. Portanto, o Estatuto, uma vez que não proíbe nada ao Congresso, de modo algum pode ser alcunhado de impeditivo para o que seja”.

4 “Não se pode aprovar um Estatuto que não contemple todos os modelos de vida da atualidade.”
Para Diego Garcia, “ampliar o rol de pretensões é um modo de prejudicar  o  atingimento  da  finalidade  principal  do  Estatuto”.

Diego Garcia afirma ainda que elaborou seu parecer a partir das contribuições das audiências públicas e “alinhado aos preceitos constitucionais e valores morais e éticos de nossa sociedade, com o fim de garantir direitos e o desenvolvimento de políticas públicas para a valorização da família”. O estatuto também cria os Conselhos da Família, órgãos permanentes e autônomos encarregados de tratar das políticas públicas e dos direitos da família.O parecer foi imediatamente contestado na comissão especial. “O parecer é uma construção de profunda homofobia, de falta de sensibilidade. É uma tentativa desesperada do segmento fundamentalista de construir uma peça para se contrapor ao Supremo Tribunal Federal”, disse a deputada Erica Kokay (PT-RJ).

Depois da leitura do projeto foi aberto o prazo regimental para a apresentação de emendas, já que o relator apresentou um substitutivo ao texto original.

 

Siga o blog no Twitter.

Curta a página do Caixa Zero no Facebook.

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/deputado-paranaense-da-parecer-a-favor-de-manter-conceito-tradicional-de-familia/feed/ 0
O consumo sustentável e o ODM 7 http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/giro-sustentavel/o-consumo-sustentavel-e-o-odm-7/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/giro-sustentavel/o-consumo-sustentavel-e-o-odm-7/#comments Wed, 02 Sep 2015 17:41:10 +0000 InstitutoGRPCOM http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/giro-sustentavel/?p=5802 Há muito tempo temos sidos despertados para a necessidade de respeitarmos o meio ambiente e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) fazem parte do esforço da Organização das Nações Unidas (ONU) para este fim. E o ODM 7 contempla justamente isso, que é promover a qualidade de vida e o respeito ao meio ambiente. […]]]>
(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

Há muito tempo temos sidos despertados para a necessidade de respeitarmos o meio ambiente e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) fazem parte do esforço da Organização das Nações Unidas (ONU) para este fim. E o ODM 7 contempla justamente isso, que é promover a qualidade de vida e o respeito ao meio ambiente.

Para tanto, devemos utilizar os recursos de maneira responsável o que implica em adotarmos pequenas ações que geram um impacto menos agressivo ao meio ambiente.

A cultura e o consumo de massa afastaram o homem do mundo natural, o que tem provocado transformações profundas no planeta. Destroem-se florestas e parte da sua biodiversidade para dar espaço às lavouras, às pastagens e às cidades.

O aumento crescente da produção, sem a devida preocupação com a sustentabilidade ambiental, resultou na extinção de inúmeras espécies e no esgotamento de recursos naturais que levarão milhares de anos para se recompor.

A queima de combustíveis fósseis como o carvão e o petróleo aumenta a concentração de gases na atmosfera. Em nome do progresso, contamina-se o ar que respiramos, o solo de onde retiramos os nossos alimentos, a água que bebemos, colocando em risco a nossa própria sobrevivência.

Se nada for feito, em pouco tempo a água se tornará um bem raro, precioso e muito disputado.

A preocupação com o meio ambiente

Nós podemos ajudar a mudar o futuro do planeta transformando nossos lares em Lares Ecológicos.

Pequenas mudanças em alguns de nossos hábitos podem fazer uma diferença significativa para diminuir o dano constante que provocamos ao meio ambiente.

Colocar a sustentabilidade em prática no nosso cotidiano é o desafio para cada um de nós. Mas nesse desafio vem junto uma ótima notícia, a prática é possível com atitudes simples. Estas são apenas algumas dicas para transformarmos nossas casas em Lares Ecológicos:

Economize Água 

Modere o gasto de água em atividades simples como escovar os dentes: basta fechar a torneira enquanto você não está usando a água;

Durante o banho, desligue o chuveiro na hora de se ensaboar e lavar o cabelo;

Não é necessário ter um ciclo de pré-lavagem se as roupas estão levemente sujas. Desta forma você economiza água;

Para evitar o desperdício de água na hora de lavar o quintal, a garagem ou a calçada, evite usar a mangueira de água para retirar o lixo. Primeiro varra e recolha o lixo, em seguida lave com água;

Lembre-se que ao gastar mais água do que você precisa, a sua conta virá mais alta e, mais importante, não estará contribuindo efetivamente para a preservação deste precioso recurso;

Economize Energia 

Desligue os aparelhos elétricos, mesmo os que estão no modo de espera (standby);

Troque as lâmpadas incandescentes por outras mais econômicas, como as fluorescentes e as de LED;

Na compra de eletrodomésticos procure equipamentos certificados pelo selo Procel e Conpet pois são mais eficientes;

Se não estiver carregando o celular, tire-o da tomada;

Evite abrir a geladeira desnecessariamente;

Utilize a máquina de lavar em sua total capacidade, reduzindo o número de lavagens;

Ajuste a temperatura do chuveiro elétrico de acordo com a estação do ano;

Não deixe as luzes da casa acesas sem necessidade;

Recicle

Aprenda a separar o lixo para poder reciclar;

É recomendável achatar as caixas ao máximo para economizar espaço;

Doe a uma instituição computadores e eletrônicos que não usa mais;

Consumo 

Prefira sempre produtos biodegradáveis e orgânicos, elaborados a partir de fontes naturais;

Escolha produtos concentrados, assim você evita o descarte de maior quantidade de embalagens;

Prefira produtos de limpeza que não possuem fosfato na fórmula, pois a substância quando depositada nos rios e mares, favorece a proliferação de algas, o que reduz a oferta de oxigênio aos peixes;

Opte por consumir alimentos com certificações ambientais e sociais;

Dê carona para amigos e colegas de trabalho, é uma ótima maneira de economizar combustível;

O certificado FCS (Conselho Brasileiro de Manejo Florestal) garante que a madeira utilizada em determinado produto foi extraída de forma ecologicamente adequada, socialmente justa e economicamente viável;

As ecobags são uma ótima alternativa de embalagem de menor impacto para a natureza (não se esqueça de deixar uma de reserva na bolsa ou no carro);

Outras Dicas Sustentáveis

 Recuse a 2ª via do impresso de cartão de crédito no ato da compra, pois quando ao descartar dificultará ou inviabilizará a reciclagem;

Recuse sacolinhas na hora de comprar remédios, caso você já esteja com bolsa ou sacola;

Escolha receber suas contas via mensagens ou e-mail, evitando gasto de papel;

Para quem tem aquecimento a gás em casa, ao tomar banho utilize balde para recolher água enquanto ainda não está na temperatura desejada;

Faça listas de compras com consumo real/mês, evitando assim desperdício de alimentos que vencem com facilidade;

O que fazer com medicamentos vencidos ou não usados? Com certeza o descarte não deve ser feito em lixeira comum, vaso sanitário ou na pia do banheiro. Para isso podemos contar com algumas redes de farmácias, postos de saúde que recolhem e destinam esses medicamentos para o descarte correto e sustentável;

Antes de descartar o vidro dos esmaltes para reciclagem, se ainda tiver produto dentro do vidro, coloque acetona ou removedor de esmaltes para diluir o restante do produto depois descartar;

Dê função àqueles sachês de sílica que vêm junto com vários produtos tais como eletrônicos, bolsas e remédios. A sílica tem a função de absorver o vapor de água, que pode danificar os produtos. Então não jogue fora, são ótimos para tirar mofo das roupas de gavetas, armários, caixa de ferramentas, entre outras utilidades. 

*Artigo escrito por Anderson Barbosa, fundador do projeto CompraSolidaria.net e servidor da Justiça Federal do Paraná, e por Silvana Toledo, designer de produtos sustentáveis e designer social. Ambos são integrantes do Movimento Nós Podemos Paraná, articulado pelo SESI-PR, parceiro voluntário do blog Giro Sustentável.

**Quer saber mais sobre cidadania, responsabilidade social, sustentabilidade e terceiro setor? Acesse nosso site! Acompanhe o Instituto GRPCOM também no Facebook: InstitutoGrpcom, Twitter: @InstitutoGRPCOM e Instagram: instagram.com/institutogrpcom

 

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/giro-sustentavel/o-consumo-sustentavel-e-o-odm-7/feed/ 0
Com torta na cara, Xuxa decepciona e perde público em São Paulo e Curitiba http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/sintonizando/com-torta-na-cara-xuxa-decepciona-e-perde-publico-em-sao-paulo-e-curitiba/ http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/sintonizando/com-torta-na-cara-xuxa-decepciona-e-perde-publico-em-sao-paulo-e-curitiba/#comments Wed, 02 Sep 2015 17:24:04 +0000 Willian Bressan http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/sintonizando/?p=2229 A segunda-feira foi um dia disputado na TV brasileira. Na Globo, a estreia de “A Regra do Jogo” bombava nas redes sociais. O SBT apostava na homenagem a Hebe Camargo no “Máquina da Fama” e a Record exibia o terceiro programa “Xuxa Meneghel”. Xuxa recebeu Zeca Pagadinho, exibiu um “Toc Toc” (quadro em que visita […]]]>

A segunda-feira foi um dia disputado na TV brasileira. Na Globo, a estreia de “A Regra do Jogo” bombava nas redes sociais. O SBT apostava na homenagem a Hebe Camargo no “Máquina da Fama” e a Record exibia o terceiro programa “Xuxa Meneghel”.

Ainda com falhas no roteiro, programa perde público a cada semana. (Foto: Blad Meneghel)

Ainda com falhas no roteiro, programa perde público a cada semana. (Foto: Blad Meneghel)

Xuxa recebeu Zeca Pagadinho, exibiu um “Toc Toc” (quadro em que visita a casa dos fãs) em Salvador e terminou o programa com…torta na cara. A brincadeira – que lembrou o humor pastelão mal feito – foi com o ator do “Porta dos Fundos”, Luis Lobianco. E, assim, terminou mais um programa sem graça, cujo único destaque foi Xuxa.

A audiência, que já tinha caído na semana anterior, ficou ainda menor na segunda-feira, 31.  Em São Paulo, a média foi de apenas cinco pontos, conquistando o terceiro lugar de audiência. É uma perda de 50% desde a estreia, quando o programa cravou 10 pontos. No Rio, a média foi a mesma: cinco pontos. Em Curitiba, o fraco desempenho se repetiu.

No confronto direto com Ratinho, a loira registrou apenas 3,8 pontos contra 7,2 do apresentador curitibano. Já no momento que Xuxa e “Hebe” disputaram o minuto a minuto, a diferença em Curitiba foi maior e vantajosa para a Rede Massa: 4,1 x 2,6.  Os dados são do Ibope Media Workstation-Grande Curitiba.  Bem diferente da estreia quando Xuxa registrou  7,6 pontos de média e garantiu a vice-liderança para a RICTV Record.

Os dados podem significar duas coisas:

1) O público cansou da novidade. Quando Gugu estreou na Record, a audiência foi sensacional. Mas, com o passar das semanas, e sem apresentar nada de novo (apenas uma repetição de tudo que já tinha feito anteriormente), o telespectador preferiu voltar a assistir Ratinho.

2) O foco está errado. Claramente, o formato deseja atingir as classes A-B. Mas a faixa de público da Record é C-D. Será que essas pessoas sabem quem é Ellen DeGeneres? Será que entendem o significado da mudança de Xuxa? Talvez fosse melhor a Rainha dos Baixinhos pedir uma ajuda para o amigo Rodrigo Faro, do “Hora do Faro”.

E você, o que está achando de Xuxa na Record?

Leia também:

Xuxa precisa aprender a não andar em círculo
A Regra do Jogo bomba no Twitter; veja os melhores memes

]]>
http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/sintonizando/com-torta-na-cara-xuxa-decepciona-e-perde-publico-em-sao-paulo-e-curitiba/feed/ 0