*

Enkontra.com
Blog Tubo de Ensaio

RIP jornalismo sobre ciência e fé

Albert Einstein e Georges Lemaître
"Soube dessa, Albert? Parece que, segundo alguns jornalistas, a Igreja Católica só vai considerar o Big Bang real daqui a uns 80 anos..." (Foto: Reprodução)

No post de ontem eu comentava sobre a conferência que está ocorrendo no Vaticano e que termina amanhã. Pois bem, só hoje soube da reportagem tosquíssima publicada anteontem pelo Independent britânico (que não é um jornal qualquer), com o absurdo título “Papa Francisco convida cientistas para o Vaticano após Igreja Católica perceber que o Big Bang é real”. O texto, que se baseia na mesma entrevista do jesuíta Guy Consolmagno que motivou meu post de ontem, é um pouco, mas só um pouco melhor que a manchete. “A conferência (…) é parte de uma admissão crescente pela Igreja de que teorias científicas são reais e não necessariamente contradizem a doutrina teológica”, e nesse texto há um link para uma reportagem de 2014: “Papa Francisco declara que a evolução e a teoria do Big Bang são reais e que Deus não é ‘um mágico com uma varinha'”.

Como se o Vaticano não “convidasse cientistas” há séculos (mais recentemente, por meio do Observatório Vaticano e da Pontifícia Academia de Ciências). Como se o Big Bang não tivesse sido proposto por um padre, o jesuíta Georges Lemaître, e “percebido como real” pela Igreja desde o início, com o papa Pio XII se entusiasmando tanto com a teoria a ponto de ver nela uma prova da existência de Deus, no que precisou ser corrigido pelo próprio Lemaître. Como se Pio XII, João Paulo II e Bento XVI não tivessem declarado a compatibilidade da evolução com o catolicismo (Pio XII o fez até mesmo em uma encíclica).

papa Francisco no México

“…E então o jornalista inglês escreveu que antes de eu virar papa a Igreja Católica não aceitava o Big Bang!” (Foto: Presidência da República Mexicana)

Enfim, um ponto baixo, baixíssimo do jornalismo sobre ciência e religião. Não conheço o jornalista Andrew Griffin para saber se ele é só preguiçoso, ignorante ou se tem algum preconceito anticatólico para reportar tão mal sobre o assunto. Mas, a julgar por uma reportagem linkada na matéria, em que um outro jornalista distorce completamente as afirmações do papa sobre a história do “é melhor ser ateu que mau católico”, talvez seja uma coisa do jornal como um todo… só mais uma mostra do tamanho da briga que temos pela frente se quisermos restabelecer a verdade histórica sobre a relação entre a ciência e a fé.

Pequeno merchan

Além de editor e blogueiro na Gazeta do Povo, também sou colunista de ciência e fé na revista católica O Mensageiro de Santo Antônio desde 2010. A editora vinculada à revista lançou o livro Bíblia e Natureza: os dois livros de Deus – reflexões sobre ciência e fé, uma compilação que reúne boa parte das colunas escritas por mim e por meus colegas Alexandre Zabot, Daniel Marques e Luan Galani ao longo de seis anos. O livro está disponível na loja on-line do Mensageiro, e provavelmente haverá eventos de lançamento que anunciarei aqui no blog, assim que definirmos datas e locais.

 
 
mais conteúdo após a publicidade