*

Enkontra.com

Balada Chinesa

你好,

Ni hao,

Hoje, quero apresentar para vocês uma típica balada chinesa. Se vocês acham que estou falando de um karaokê ou algum show de Tai chi chuan (que, curiosamente em mandarim se pronuncia Tàijí quán), estão redondamente enganados. Estou falando de uma nova boate que abriu aqui perto de casa chamada Boom Boom Room. Pelo nome, já dá para perceber que não tem muito a ver com aquela China meio zen do nosso imaginário.

Quando a nova balada foi lançanda, a imprensa a desceveu como “um clube de 1.200 metros quadrados, cujo pé direito mede 12 metros, decorado com lustres gigantescos e poltronas de veludo ao estilo chinês. O clube serve cerveja importada e oferece jazz ao vivo. Boom Boom Room é uma combinação misteriosa de entreterimento, negócios, cultura e música”.

A tirar pelo anúncio, a balada é realmente muito enigmática! A logomarca, no entanto, poderia ser do antigo Noites Cariocas no morro do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro.

 

Logo Boom Boom Room Shenzhen China

Logo Boom Boom Room Shenzhen China

 

 Poster promocional Boom Boom Room Shenzhen


Poster promocional Boom Boom Room Shenzhen

“O Boom Boom Room clube preenche a fantasia de todas as mulheres e o sonhos de todos os homens”. Detalhe, “fulfills” está escrito errado, como sempre acontece quando os chineses se aventuram no inglês.

O Boom Boom Room, que é realmente uma balada fantástica, é frequentado praticamente só por chineses e apenas alguns pouco ocidentais já mais aculturados como nós. Ah, já ia me esquecendo,e por algumas prostitutas russas, de quase dois metros de altura, que povoam quase todas as baladas da China.

 Terno, gravata, calca justa boca fina, sapato esporte e, logico, celular


Terno, gravata, calca justa boca fina, sapato esporte e, logico, celular

 

 Cabelos bem cortados, mini saias super curtas e, logico, celular.


Cabelos bem cortados, mini saias super curtas e, logico, celular.

 

 

Grande parte dos chineses parece querer exibir sua saúde financeira através da profusão de garrafas de champagne, em cima das mesas dos super aconchegantes lounges que substitutem as mesas-com-cadeiras das baladas tradicionais. Volta e meia rola um “ganbei” que significa copo vazio ou, em brasileiro, vira, vira, vira.

 Mesa com muitas frutas e pelo menos um que não aguentou o tranco da bebida


Mesa com muitas frutas e pelo menos um que não aguentou o tranco da bebida

 

A quantidade de bebida que, aliás se consome quente, não incomoda ninguém. A cerveja vem acompanhada de um copo com gelo e sai espuminha quando a gente abre a tampa. Eca! Já o cigarro e o charuto, consumidos livremente por quase todo mundo, gera uma cortina de fumaça mal cheirosa que é lembrada até a noite do dia seguinte por nossas roupas e cabelos. A China, que é muito parecida com o Brasil também tem essa coisa da “lei que pega e lei que não pega”. Apesar de ser proíbido fumar em bares e restaurantes, infelizmente essa lei ainda não pegou.

 Vai um charuto aí


Vai um charuto aí

 

Alguns detalhes fazem do Boom Boom Room uma balada tipicamente chinesa.

. Casais de namorado e azaração até existem, mas absolutamente ninguém está beijando ninguém na boca. Neste quesito, o Boom Boom Room parece mais um convento se comparado com as baladas brasileiras.

. Os garçons se comportam como clientes dançando, fumando e conversando com a galera. De vez em quando, eles desfilam carregando baldes de gelo iluminados piscantes por entre as mesas, na tentativa de vender mais um Moet Chandon.

. Frutas são o snack mais consumido para acompanhar as bebidas alcóolicas.

. A todo momento rolam pequenos shows de mais ou menos quinze minutos no palco central que sobe e desce. Os shows são sempre protagonizados por chineses, mas os dançarinos são em sua maioria ocidentais. No palco, rola de tudo! Certa vez, umas americanas bem nutridas, com shortinhos enfiados no bum bum, dançaram uma espécie de strip dance que, como disse um amigo nosso, “não deve ter sido aprovada pelo Xi Jinping”.

. No meio da noite, rola sorteio de celular e aqueles que escaneiam o QR Code têm suas fotos exibidas no telão e podem ganhar um prêmio.

. O Boom Boom Room é a única balada na China onde vi homessexuais se assumindo sem constrangimento. Lembrando que aqui está longe de ser o Brasil no que diz respeito a aceitar o diferente, principalmente negros e homessexuais.

. A balada é gratuita, ou seja, a gente só paga o que consome. Se quiser ficar a noite toda a seco, assintindo ao shows, não tem problema.

 

Semana passada foi aniversário do Luiz, meu marido para quem está não está familiarizado com este blog, e fomos comemorar lá. Esse tipo de lugar com música eletrônica não é muito minha praia, mas o maridão, a cada ano que passa, se sente mais jovem, então só resta me fantasiar de adolescente e acompanhá-lo.

Feliz Aniversário!

Feliz Aniversário!

Postei um video no Youtube com os melhores momentos da noitada para vocês sentirem o clima do local. E quem quiser, é só escanear o QR Code e acompanhar as últimas novidades do Boom Boom Room no Wechat. Vai que você balança o celular e ganha algum charuto?

 

 

 QR Code Boom Boom Room Shenzhen China Wechat


QR Code Boom Boom Room Shenzhen China Wechat

 

 

 

 

 

 

再见

Zai jian!

Fale com a Chris:

christianedumont@hotmail.com

Saiba mais como estudar na China:

sz-gbs.com

mapaei.com.br