Assinaturas Classificados
Seções
Anteriores
Quem faz o blog
Publicidade

Uma família brasileira na China

Quem faz o blog
Seções
Posts
Enviado por admin, 12/07/12 10:48:00 PM

Uma família chinesa no Brasil Parte 2

Ni Hao,

Sabe o que mais nos faz falta aqui no Brasil? Nossa “capa da invisibilidade”. Na China, a gente comenta sobre tudo e todos, na frente da pessoa comentada, com a tranquilidade de não estarmos sendo entendidos por ninguém. Não passa um chinês esquisito por nós que não vire logo piada da família.

Aqui, precisamos nos controlar o tempo todo para não falar “esse taxista tá nos passando para trás” em alto e bom som, sentados no banco de trás do taxi. Isso sem falar dos palavrões horrorosos que saem de nossas bocas, mas que, para nós, não possuem mais seus significados originais. (Abro parênteses para pedir desculpas pelo que meus amados filhinhos vêm publicando no Facebook, Skype e afins. Perdoem esses arremedos de “crianças da terceira cultura”!)

Voltando, como falei no post anterior, nem tudo são flores na cidade maravilhosa.
O aeroporto do Galeão (Tom Jobim para quem preferir) está de doer! Não chega aos pés do aeroporto de Shenzhen! No banheiro não havia papel higiênico nem sabonete e a pia estava entupida. Para pegar as malas na esteira, foi a maior complicação. Toda hora as malas caíam ou se acavalavam umas sobre as outras obrigando seu desligamento. Levamos uma boa meia hora para resgatar toda a bagagem.

Na saída do aeroporto, um rapaz da Síria me pediu ajuda para telefonar do orelhão. Nem eu nem ele sabíamos como usar o telefone público: Ficha? Moeda? Cartão? Quem não tem, compra onde? Decidi ligar a cobrar. Tentei ler as instruções, mas não havia nada em inglês e o texto em português era pequeno demais para os meus 47 anos. Olhei em volta e não havia nenhum balcão de informações. Fiquei com pena do gringo que estava, visivelmente, perdido no aeroporto e de mim que estou, definitivamente, envelhecendo.

Chris Dumont

Ainda sobre infraestrutura, estou andando de metrô todos os dias e a comparação é inevitável. O daqui não se parece muito com o de Shenzhen que, além de mais claro, limpo e arejado por só ter 5 anos, possui um vidro que separa o trem da plataforma e protege as pessoas de quedas involuntárias (ou voluntárias, em se tratando de China). Fico realmente aflita ao ver, aqui no Rio, aquele povo todo se aglomerando tão perto do vão do trilho com os pezinhos ultrapassando a faixa amarela!

Além disso, aqui as pessoas leem revistas, livros e jornais enquanto viajam. Na China também, só que em seus iPads e iPhones, sem medo de serem assaltados.

No entanto, na categoria educação, China e Brasil estão páreo a páreo! Nas escadas rolantes, as pessoas não deixam o lado esquerdo liberado para os que estão com pressa e, quando o trem abre as portas, é o maior empurra-empurra entre quem sai e quem entra do vagão. Falamos tão mal da chinesada e fazemos igualzinho!

Divulgação

Outra semelhança entre China e Brasil que me surpreendeu bastante foi o trânsito. Acostumei-me a dizer que os chineses são barbeiros, mas confesso que venho pensando em tomar Valeriana toda vez que entro num taxi carioca. Todo mundo corta todo mundo, buzina, freia em cima do carro da frente… e, aqui, como lá, falar ao celular é tão normal quanto trocar de marcha. A diferença é que, aqui, entendemos o que o motorista fala.

Outro dia, por exemplo, quase pedi desculpas para o taxista pela minha inoportuna presença em seu carro: “alô, não posso falar agora, tô tripulado, depois te ligo por que quero te falar uma coisa, não é nada sério, não, não se preocupa, não vou falar agora, espera eu destripular, não inventa, não vou falar agora!para com isso! cê tá me irritando! para!….”

Irritante também são as obras em Copacabana que possuem mais buracos do que trabalhadores. Na China, eu sei que já falei isso milhões de vezes, mas não canso de repetir, canteiro de obras funciona 7 dias por semana, 24 horas por dia. Eu, sinceramente, não entendo porque obras, em ruas importantes do Rio como a Nossa Senhora de Copacabana, precisam durar semanas e até meses!

Chris Dumont

Bom, para aplacar tanta irritação, nada como tomar um delicioso café da manhã, sentado no balcão da padaria da esquina, colhendo material para o próximo post!

Chris Dumont

Ah! Inscrevi o blog Família Brasileira no prêmio Top Blog 2012. Se você gostou do que leu, clique na logomarca aí embaixo.

Este é um espaço público de debate de idéias. A Gazeta do Povo não se responsabiliza pelos artigos e comentários aqui colocados pelos autores e usuários do blog. O conteúdo das mensagens é de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.
      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      gabriela | 18/07/2012 | 12:07

      Votado, nota 10, como sempre! bjs

      Cristiane Furlan PaLM | 17/07/2012 | 03:01

      ahhh consegui votarrrrr!!! ufaa!

      Paulo | 16/07/2012 | 08:24

      também já votei, blog muito bom, informa e diverte.

      Ana Emanoeli Miqueletto | 15/07/2012 | 14:46

      Olá, adoro seu blog! Estive na China em fevereiro por 15 dias a trabalho, e também adorei o país, é muito diferente, mas ao mesmo tempo, muito divertido. Pretendo voltar. Não teria coragem de morar lá como vcs, mas admiro a coragem! Vou continuar acompanhando seu blog e já votei também...

      Leila Schmidt | 14/07/2012 | 16:56

      Chris, uma das coisas que mais estranho é o trânsito. Uma vez, meu filho (inocente!!!): "Por que ninguém deixa voce passar, mae? Voce nao está dando seta?". Pois... Na Alemanha, voce dá a seta e "imediatamente" o carro de trás reduz. Ninguém corta pela direita. As regras valem para todos! O carro da frente pode ser uma Porsche, mas se vc vem com mais velocidade (é raro, mas isso pode acontecer!!!), o cara sai da frente. Claro que há excecoes, mas, na regra, os motoristas sao muito educados...

      christiane | 14/07/2012 | 15:03

      Salete, obrigada por nos ensinar como votar!

      salette | 14/07/2012 | 14:50

      Christiane!! To gostando de saber das suas comparações ... muito legal. Já votei também!! se depender de mim, já ganhou!! Aproveitem muito a família aqui ... beijos a todos! Salette obs: para votar ... depois de clicar, abrirá uma pagina onde coloca-se o nome e e-mail. a partir daí eles mandam um e-mail. Abre-se esse e-mail, clica-se no link indicado para confirmação e .... pronto!!

      hip | 13/07/2012 | 13:19

      ... Na China tem outros problemas, sem dúvida, mais também tem avantagens sob o Brasil (e na Europa). Tal vez eu sou um romântico mais acho que é possível pegar as coas boas dos outros e botar as outras. Tomara quando eu chegar a Curitiba em duas semanas eu poda curtir todo o bom que tem o Brasil (muita cosa) e esquecer o mais ruim que ainda tem o, pior ainda, que aumenta cada dia. Obrigado pela sua atenção, hip

      hip | 13/07/2012 | 13:16

      Olá! Gostei do seu post e da visão local crítica. Eu vou pra Curitiba em duas semanas a estudas o último a no dos estudos de arquitetura que eu fiz na (escreva aqui o que você quiser) Espanha. Mais agora mesmo estou na China, fora do circuito de turismo, com um estagio pra um workshop de planejamento e arquitetura. Concordo com muito do que você fala. Eu já moré no Rio á 7 anos. Acho o Brasil que eu conheceu legal de mais mais mais precisando ainda muitas boas mudanças que não chegam...

      carlos | 13/07/2012 | 12:41

      esse vidro que tem nos metrôs da china tem em São Paulo, e aqui se deixa o lado esquerdo livre. Por isso digo que não se pode falar em "um Brasil", com cidades com infraestruturas tão diferentes

      Mari | 13/07/2012 | 12:34

      Amiga, às coisas não mudaram muito nesta cidade, isto é um fato, pelo menos por enquanto. Vc deve ter esquecido mas o aeropoto está um caos há muito tempo, como todo carioca diz: imagina na Copa! As ruas continuam esburacadas e as obras não acabam nunca. Agora poder conversar e ouvir na nossa lingua não tem preço, vc não acha? Um grande beijo.

      Eliana Santos | 13/07/2012 | 11:15

      Loucura! Aqui como em todos os lugares do mundo tem muitas coisas boas e outras ruins! O importante que merda ou não é o nosso País!! Vamos viver e curtir as diversidades!!! Quanto às obras! Copacabana é pinto em relação ao que está acontecendo nas obras do Porto Maravilha! O Centro do RJ está um buraco só, mas vai ficar lindo! Quem precisa passar pela Brasil até a rodoviária tem que ter paciência de Jô! E da Rodoviária até chegar na Rio Branco! Duplamente paciente!!!! Demora o dobro. Bjs

      Cristiane Furlan PaLM | 13/07/2012 | 09:18

      Chrissssss eu cliquei no link que vc me falou, mas só isso ja basta? Não entendi se eu tenho que fazer algo mais, abriu uma outra tela com login e senha, é isso mesmo? Estou torcendo por vc! beijosss

      Paulo | 13/07/2012 | 08:52

      Também já fiquei mais de 01 hora esperando a minha bagagem no "Bagulhos", e sempre que eu tô lá fico pensando se eu fosse estrangeiro como é que eu ia me virar naquela bagunça, pior se a pessoa me perguntasse como que faz pra pegar o metrô do aeroporto para ir pro centro. ( que metrô de aeroporto??). Aqui no Brasil é uma "fartura" de infraestrutura. Sempre que eu penso em metro lembro de Berlin que não tem catraca, vc paga antes ninguém te cobra, é o supra sumo da responsabilidade de um cidadão.

      Hera | 13/07/2012 | 01:46

      Como dizia Tom Jobim: "Os Estados Unidos é ótimo, mas é uma merda já o Brasil e' uma merda mas é ótimo."

      Hera | 13/07/2012 | 01:44

      Esta'do caralho este texto... Menos mal que nao sou so' eu que acho que esta' um lixo nossos aeroportos. Tambem passei por essa espera de uma hora e meia em Garulhos para pegar a mala. Para piorar ainda diziam que o problema era que faltava esteira...Vossa Excelencia, o Taxista deve receber o titulo de Doutor Honoris Causa pela fenomenal prestacao de servicos e fidelizacao de clientes e mulheres pelo telefone.

      Publicidade
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade