Publicidade
Opção

Conheça o Everest Inn, o restaurante indo-nepalês no centro de Curitiba

por

Os colunistas Rafael Martins e Guilherme Caldas dão dicas de restaurantes por Curitiba e Região Metropolitana

Compartilhe

Um bom (e barato) indo-nepalês

Regozijai-vos, amantes dos curries! A cidade ganhou mais uma opção (acessível) de comida indiana e nepalesa. Trata-se do Everest Inn recém-aberto na Galeria Osório, no coração da cidade.

É um restaurante simples – como, de resto, todos os da variada praça de alimentação da galeria, que atrai levas de famintos na hora do almoço. Pertence a um casal de nepaleses que vive na cidade há quatro anos, Indra Jit Gurung e Min Funari Gurung.

No comando da cozinha, está Diego Antonio de Souza, com coisa de dez anos de experiência no Swadisht, primeiro indiano da cidade.

Por ora, oferece apenas três pratos: Chicken Thali (peito e sobre-coxa de frango desossada, cozidos como molho de especiarias e coco fresco, a R$ 16,90), Beef Chilli (pedaços de alcatra com especiarias salteados com pimentas ao molho cremoso de tomate e castanhas, a R$ 17,90) e Navatan Korma (vegetais preparados com creme de caju e leite de coco fresco e temperados com massalas, a R$ 15,90).

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Todos vêm acompanhados de salada, uma generosa porção de arroz e duas pequenas samosas, o pastel indiano – que pode ser recheado de carne ou vegetais.  Provamos – e recomendamos, entusiasmados – o Chicken Thali e o Beef Chilli. Às sextas, a casa oferece sempre um prato especial. E, em breve, a depender da demanda, deverá ampliar o cardápio. Bora lá ajudar?

Onde
Galeria General Osório (Praça Osório, 333,  loja 27), Centro – (41) 9566 4949. De segunda a sexta, das 11 às 15h.

***

Piquenique de Orelha de Elefante

Numa esquina quase secreta em Quatro Barras, fica um dos tesouros da BG local. “Falaram que aqui era escondido, que não era roteiro pra nada, que não ia dar certo” são as palavras do próprio Jackson, à frente do Jackson Assados. Olhando as mesas cheias, vemos que quem quer que tenha dito isso a ele, deu com os burros n’água.

São mesas compridas, dessas de festa de igreja: “A ideia é que as pessoas interajam, não tem essa de mesa só pra um, e até hoje vem dando certo”, continua. E tem quem prefira, em vez das mesas, aproveitar o quintal da casa para um piquenique de orelha de elefante. É o que nos garante o Estevão, filho do Jackson, que trabalha no estabelecimento. Pois este, como várias das lendas BG, é um empreendimento familiar.

De fato, aquela esquina não era roteiro para nada, até que o Jackson e sua família mudaram essa história.

Serviço | Jackson Assados: R. do Contôrno, 877, Quatro Barras; (41) 9206-2354/9963-9236 – Terça a quinta, das 17h às 22h; Sexta, das 11h30 às 23h; Sábados, das 11h30 às 22h; Domingos, das 11h30 às 20h. Orelha de Elefante: R$ 95.

Compartilhe
Publicidade

Assine a Gazeta do Povo e receba mensalmente o Bom Gourmet.