Publicidade
reposicionamento

Espaço Gourmet lança projeto social e plano de expansão no Brasil

por

Escola de gastronomia de Curitiba passa a atender equipes corporativas e anunciou criação de franquias em 2018

Compartilhe

O Espaço Gourmet, escola de gastronomia que atua em Curitiba há 13 anos, apresentou nesta semana a entrada de um terceiro sócio, Josias Cordeiro Silva, e seu reposicionamento no mercado. Além de ampliar as operações para o universo corporativo, a escola lança um projeto social, o Social Gourmet.

A escola de gastronomia Espaço Gourmet completou 13 anos e amplia seus serviços, incluindo para corporações e um projeto social. Foto: Divulgação

A escola de gastronomia Espaço Gourmet completou 13 anos e amplia seus serviços, incluindo para corporações e um projeto social. Foto: Divulgação

Com o projeto Social Gourmet, a escola pretende formar 200 jovens de 18 a 24 anos por ano em cursos profissionalizantes de um mês, que deve começar no final de agosto. Cada turma terá 14 integrantes. As aulas serão totalmente gratuitas e a escola acompanhará por um ano as atividades dos formados caso precisem de auxílio ou tirar dúvidas.

Escola

Com cinco cozinhas, 20 professores e mais de 300 cursos rápidos no catálogo, o Espaço Gourmet amplia seu leque de serviços para virar referência em ensino de gastronomia, seja para um profissional ou amador. “Queremos que as pessoas pensem imediatamente no Espaço Gourmet ao pensar em escola de gastronomia e estamos retomando os planos de expansão”, diz Marcio Silva.

“Nossos parceiros que têm contato com pessoas em situação de carência vão nos indicar os jovens com potencial. Vamos realizar um curso do tipo ‘faça e venda’, ensinar manipulação de alimentos, como fazer massa fresca, brigadeiros, hambúrguer, depende do perfil da turma. Também passaremos noções básicas de precificação, marketing e contabilidade”, conta Márcio Silva, diretor operacional e fundador do Espaço Gourmet. A ideia é que as pessoas saiam do curso aptas para atuarem como microempreendedores individuais.

Novas operações

Sendo a única escola voltada exclusivamente à gastronomia em Curitiba, a meta do Espaço Gourmet até o final de 2017 é fortalecer seu nome e lançar franquias em 2018 para todo o Brasil.

Diretor acadêmico Aguinaldo Monteiro, presidente do JCS Group, Josias Cordeiro, e o diretor acadêmico Márcio Silva. Foto: Divulgação

Diretor acadêmico Aguinaldo Monteiro, presidente do JCS Group, Josias Cordeiro, e o diretor acadêmico Márcio Silva. Foto: Divulgação

Josias Cordeiro Silva é dono da Holding JCS e se soma como sócio de Márcio Silva e Aguinaldo Monteiro, diretor de eventos. “Estávamos procurando um terceiro sócio não por uma questão financeira, mas alguém especializado em gestão, para colocarmos em prática essas novas operações”, explica Márcio. Os sócios não revelam quanto tem sido investido na ampliação de serviços.

A escola de gastronomia agora faz parte da Holding JCS e passa a atender os eventos das demais 15 empresas do grupo gestor, além de oferecer serviços específicos para corporações, como team building, uma dinâmica entre os integrantes de uma mesma equipe para desempenhar funções dentro de uma cozinha. Conforme a interação ocorre, pode-se avaliar os perfis e a relação com a hierarquia.

Como começou o Espaço Gourmet

A escola foi criada em 2004 por Márcio Silva, que na época era “professor, coordenador e gestor” e a escola tinha apenas uma cozinha. Em 2006 a empresa mudou de endereço, passando para a casa em que está hoje, com cinco cozinhas. Até o final de 2017 os sócios pretendem construir uma sexta cozinha e um espaço de eventos com capacidade para 30 pessoas.

O reposicionamento acrescenta novas operações à escola, que mantém a essência que consolidou ao longo dos anos: aulas-show quase diárias para iniciantes na cozinha, cursos de 15 a 20 horas de profissionalização e o curso de formação para cozinheiros profissionais, o Masterchef, lançado em 2015. São 20 professores e chefs convidados para lecionar, cinco cozinhas e mais de 300 cursos rápidos no catálogo, sendo 120 realizados por mês.

O primeiro curso de formação foi lançado em 2007 com uma grade modular, em que os alunos poderiam decidir quais módulos estudariam, voltado para quem tem a gastronomia como hobby e não queria encarar a grade curricular de um curso profissional, que leva dois anos.

A escola tem convênio com o Italian Food Style Education desde 2010, com o Culinary Institute of America desde 2014 e recentemente tem negociado convênio com a Universidade de Valência.

LEIA TAMBÉM

Le Cordon Bleu lança curso de confeitaria em Foz do Iguaçu

Conheça as principais escolas de gastronomia no mundo

Depois dos vegetarianos e veganos chegaram os reducetarianos

Compartilhe
Publicidade

Assine a Gazeta do Povo e receba mensalmente o Bom Gourmet.