Publicidade

Ivan Lopes volta para a cozinha do Mukeka e muda horário do restaurante

por

Chef, que havia saído em agosto de 2015, lança menu confiance e faz alterações no funcionamento da casa

Compartilhe

O bom filho à casa torna: Ivan Lopes voltou ao dia a dia da cozinha do Mukeka após quase dois anos fora da casa. Ivan foi o primeiro chef do restaurante, que abriu em novembro de 2013, e comandou a cozinha até agosto de 2015. Com a volta ao restaurante em meados de maio, Ivan traz uma bagagem de 40 dias em Portugal e Espanha, onde pode provar o melhor da cozinha local e estagiar em restaurantes conceituados.

chef ivan lopes mukeka curitiba

O chef Ivan Lopes voltou a comandar a cozinha do Mukeka Cozinha Brasileira. Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo.

Dentre as mudanças, a inclusão do menu confiance, uma sequência de pratos criados pelo chef sem que o cliente saiba o que irá degustar. A opção está disponível apenas no jantar (de cinco a oito cursos), a partir de R$ 120. O valor não inclui bebida e serviço. É necessário fazer reserva com antecedência e avisar se há alguma restrição alimentar. Como a rolha é livre no Mukeka, há a possibilidade de passar informações sobre o rótulo para o chef preparar um menu que harmonize.

LEIA TAMBÉM:
Produtores lançam campanha para tornar o frango caipira a nova onda gourmet

Confira os restaurantes do Festival da Pizza que não cobram se você levar seu vinho

 

Para conter custos, a equipe foi reduzida e também horário e dias de atendimento do Mukeka também mudaram: o restaurante passa a atender apenas almoço aos domingos e não abre na segunda-feira. De terça a sábado, operam no almoço e jantar, com opções do dia criadas por Ivan. “Conforme for a saída de alguns pratos, vamos alterando o cardápio. Não será, por enquanto, uma mudança brusca”, assegura.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Até o fim do ano o proprietário Fabrício Dantas e o chef planejam uma mudança grande no conceito e na composição do cardápio. “Ainda não podemos dar detalhes porque queremos amadurecer e estamos discutindo ainda se vamos mudar esse conceito de cozinha brasileira”, afirmou Fabrício.

Espanha e Portugal

Ivan passou 12 dias na Espanha, onde estagiou no Azurmendi Restaurante, chef Larrabetzu Azurmendi, restaurante com três estrelas Michelin.

Canela suína ao molho de hortelã, prato que o chef Ivan Lopes voltou para comer várias vezes durante sua estada na Espanha. Foto: Reprodução/Instagram

Canela suína ao molho de hortelã, prato que o chef Ivan Lopes voltou para comer várias vezes durante sua estada na Espanha. Foto: Reprodução/Instagram

“Teve uma canela de porco assado em baixa temperatura que eu voltei ao lugar várias vezes para comer. Ele vinha com um anel de batata bem crocante e batatas cozidas com uma emulsão de hortelã e outras ervas frescas e picles de cebola”, contou.

Ivan Lopes passou 40 dias entre Portugal e Espanha para comer e estagiar. Foto: Reprodução/Instagram

Ivan Lopes passou 40 dias entre Portugal e Espanha para comer e estagiar. Foto: Reprodução/Instagram

Em Portugal, o chef viajou por 28 dias pelas regiões do Douro, Porto e Algarve e comeu em diversos restaurantes para formar repertório. “Lá comi bastantes peixes. Em muitos lugares você escolhe o peixe fresco na vitrine para a cozinha prepará-lo na hora. Seria viável termos peixes frescos à escolha do cliente no Brasil, mas a vigilância não permitiria”, lamentou.

Na terrinha lusitana, o chef passou pelo NAU Hotel & Resorts e se impressionou com o costume dos portugueses de fazer as sardinhas inteiras na brasa, sem limpar as vísceras. “Eu achei ótimo, mas se fizer no Brasil, será crucificado. O sabor fica gostoso, mais terroso”, relatou.

Sobre o Mukeka

O restaurante Mukeka abriu em novembro de 2013, com três sócios. Desde novembro de 2015 é apenas de propriedade de Fabrício Dantas.

Ivan Lopes abriu o restaurante com os outros sócios e acabou saindo em agosto de 2015. Os sócios, então, contrataram o chef Fernando Pavan, com experiência no Brasil a Gosto, da chef Ana Luiza Trajano. Depois de Pavan, Claudinei Oliveira foi o chef da casa entre abril e novembro de 2016.

Quando Claudinei saiu, Rodrigo Martins, que atuou dois anos como consultor do Mukeka, foi para o dia a dia da cozinha em janeiro e se afastou após o carnaval. O chef Ivo Lopes, que realizou eventos e jantares especiais no restaurante entre 2016 e o início de 2017, está em São Paulo para tocar outros projetos.

As conversas entre Ivan e Fabrício começaram no início do ano para o chef voltar a assumir depois da viagem de 40 dias por Portugal e Espanha.

Compartilhe
Publicidade

Assine a Gazeta do Povo e receba mensalmente o Bom Gourmet.