Publicidade
Reality show

Restaurante japonês tinha barata morta em episódio do Pesadelo na Cozinha

por

Chef Erick Jacquin teve o desafio de por em ordem um restaurante japonês em Perdizes, São Paulo - o local estava em péssimas condições de higiene

Compartilhe

Para você, qual a pior coisa que você poderia encontrar na cozinha de um restaurante? Se sua resposta foi uma barata, então você vai se identificar com a revolta do chef Erick Jacquin ao entrar no restaurante Nahamalho, em Perdizes, São Paulo. O estabelecimento foi o quarto a participar do reality show Pesadelo na Cozinha — o episódio foi ao ar na noite desta quinta-feira (16). Com três sócios — Gilson, João e Anderson — o restaurante japonês estava com problemas justamente porque os três tinham visões diferentes e não conseguiam se entender.

Jacquin fica chocado com a falta de higiene do restaurante. Foto: Divulgação.

Jacquin fica chocado com a falta de higiene do restaurante. Foto: Divulgação.

Enquanto João cuidava apenas da parte administrativa e não participava do dia a dia no restaurante, Gilson e Anderson se desdobravam para dar conta da cozinha — ambos viviam em eterno clima de tensão e, o pior, trabalhando em um ambiente sujo e desorganizado. Jacquin, é claro, não perdoou e não poupou seus já tradicionais comentários: ele criticou a aparência da casa (“parece um depósito de papelão”), os cardápios, a comida, o atendimento (feito, aliás, pelo único garçom do restaurante, que também é o faxineiro), o armazenamento dos (poucos) alimentos disponíveis e a higiene. “Eu tenho 35 anos de profissão e eu senti vontade de vomitar hoje”, falou, dizendo que nunca viu algo pior.

Jacquin e os sócios do restaurante. Foto: Divulgação.

Jacquin e os sócios do restaurante. Foto: Divulgação.

Para dar um jeito na situação, os três sócios, com ajuda do garçom e faz-tudo Fabiano, se esforçaram na limpeza e até João teve que botar a mão na massa e atender os clientes durante o jantar. Com o restaurante cheio, Gilson e Anderson continuavam sem dar conta dos pedidos e os clientes reclamaram. Nas redes sociais, os telespectadores não perdoaram: “esse é o melhor programa para quem está de dieta”, disse um deles. No fim da noite, Gilson acabou passando mal e Jacquin dispensou os clientes, que ainda aguardavam seus pedidos.

O chef seguiu tentando botar ordem na casa, mas a confusão continuou — pedidos errados chegando às mesas, desorganização, clientes reclamando do sabor da comida e a noite acabou em briga coletiva no salão. Jacquin disse então que está envergonhado dos três e lança um desafio aos sócios: os três são convidados a participar de um jogo tipo escape game, em que eles têm que trabalhar em equipe e buscar pistas para escapar de uma prisão. Os três conseguem e começa então a nova fase do Nahamalho.

Novo interior do Nahamalho, depois da reforma da equipe do Pesadelo na Cozinha. Foto: Divulgação.

Novo interior do Nahamalho, depois da reforma da equipe do Pesadelo na Cozinha. Foto: Divulgação.

Nova fachada, pintura nas paredes, reformas na estrutura, nova decoração, faxina pesada, louças e utensílios novos, novo cardápio, uniformes. Apesar dos problemas — especialmente com relação a Gilson e João atendendo os clientes e confundindo comandas e pratos — os clientes aprovaram o novo cardápio. O desafio para garantir o futuro da casa agora está em melhorar o atendimento e manter a organização e limpeza.

O programa vai ao ar sempre nas noites de quintas-feiras, às 22h30 na Band – esse episódio será exibido novamente no domingo, às 20h05, e sexta, às 23h10, no Discovery Home & Health.
***

Irmão italiano do Outback tem data para abrir em Curitiba

Rita Lobo critica quem troca ingredientes em busca de ‘alimentação saudável’

Vinícola brasileira produz vinho experimental com mais de 50 tipos de uva

Compartilhe
Publicidade

Assine a Gazeta do Povo e receba mensalmente o Bom Gourmet.