Publicidade

vencedores_22

PALETTA DI AGNELLO AL PROFUMO DI MENTA — La Scuderia

 

Cordeiro-_-La-Scuderia--Foto-Hugo-Harada

Foto: Hugo Harada/ Gazeta do Povo.

Após um dia todo em molho com alho-poró, vinho, manjericão e pimenta preta, escolhidos com cautela para salientar o sabor característico do cordeiro, a paleta é assada em fogo lento por cinco horas, deixando a carne crocante por fora e extremamente macia por dentro. É servida com molho suave de hortelã — em italiano, menta. Ao gosto do cliente pode ser servida com legumes salteados ou fettuccine na manteiga. A massa fresca é produzida na casa; o prato serve duas pessoas. Preço: R$ 152.

Voto: Norman Arruda Filho

DESEMPATE

A escolha da comissão para a paletta di agnello do restaurante La Scuderia se deu pelo tempero impecável, que realçou o sabor marcante do cordeiro.

Indicados

Spalla-di-agnello---Porcini-TrattoriaSpalla di agnello. Foto: divulgação

SPALLA DI AGNELLO
PORCINI TRATTORIA

O segredo para o sabor harmonioso está nas 48 horas em que a paleta de cordeiro fica marinando em vinho branco, legumes e ervas aromáticas. No forno, são cinco horas, em temperatura média. A carne macia, bem temperada e no ponto, vem com legumes assados e tagliatelle na manteiga com sálvia. Uma combinação de molho demi-glacé e vinho tinto finaliza o prato. Serve bem três pessoas. Preço: R$ 167.

Voto: Giba

Confira o serviço completo.

Paleta-Cordeiro---Barolo-Trattoria---Foto-Hugo-HaradaPaleta de cordeiro con pignoli. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

PALETA DE CORDEIRO CON PINOLI
BAROLO TRATTORIA

A paleta de cordeiro fica duas horas coberta por um tempero de açafrão, manjericão, alho, cebola, vinho branco e sal. O resultado é o gosto marcante da carne adocicada e bem temperada. De acompanhamento um espaguete no azeite de oliva, que leva sálvia, pignoli e brócolis. Os ingredientes não se sobressaem e valorizam o sabor suave da carne. Serve duas pessoas. Preço: R$ 157,90.

Voto: César Brecailo

Confira o serviço completo.

Stinco-de-Cordeiro---Forneria-Copacabana---Foto-Hugo-HaradaStinco de cordeiro. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

STINCO DE CORDEIRO
FORNERIA COPACABANA

Os 500 gramas de carne que compõem o prato são assados de quatro a cinco horas e levam no preparo cenoura, cebola, alecrim, alho e vinho branco. Um purê de batata salsa, feito com creme de leite e queijo parmesão e molho cremoso, preparado com as sobras da assadeira da carne misturadas a vinho tinto e fervidas em fogo baixo, é servido junto. O prato é a opção sem glúten da casa. Serve uma pessoa. Preço: R$ 59.

Voto: Jomar Brustolin

Confira o serviço completo.

Paleta-cordeiro---La-Varenna---Foto-Bruno-MiragliaPaleta de cordeiro assada com purê de bata cremoso. Foto: Bruno Miraglia

PALETA DE CORDEIRO ASSADA
COM PURÊ DE BATATA CREMOSO
LA VARENNE

São 36 horas marinando em uma mistura de cebola, alho, tomilho, alecrim, sálvia, sal grosso e azeite. A carne é assada em baixa temperatura por seis horas — três vezes mais tempo que um assado normal. O método garante a maciez e a textura especial da paleta, que vem desossada. O molho da carne é usado na montagem do prato. Acompanha purê de batata cremoso, feito com queijo meia cura, emmental, azeite e manteiga. Preço: R$ 99.

Voto: Geninho Thomé

Confira o serviço completo.

Cordeiro-com-molho-de-raizes-e-queijo-de-cabra---Nomade-Cordeiro com raízes ao molho chevre u’ille e aroeira. Foto: divulgação

CORDEIRO COM RAÍZES AO
MOLHO CHEVRE U’ILLE E AROEIRA
NOMADE POR LÊNIN PALHANO

A diferença do prato começa no corte da carne: a escolha do chef pelo pescoço do cordeiro é uma influência europeia que procura aproveitar todas as partes do animal. O tempero e os acompanhamentos trazem elementos da América do Sul, como a batata Asterix e batata salsa. A carne é assada durante quatro horas e servida sobre uma cama de molho de queijo de cabra, com grãos de aroeira e brotos. Preço: R$ 94.

Voto: Erica Garcia

Confira o serviço completo.

Carre-Francês---BadidaCarre francês. Foto: divulgação

CARRÉ FRANCÊS
CHURRASCARIA BADIDA

Temperado com ervas e grelhado na churrasqueira a carvão, o prime rib do cordeiro — carne que tem como principal característica sua maciez — leva um longo tempo de preparo: são pelo menos 12 horas marinando com temperos e vinho branco seco. É grelhado por até 15 minutos. O prato serve duas pessoas. Preço: R$ 129,90.

Voto: Rogério Mainardes

Confira o serviço completo das lojas do Seminário e ParkShoppingBarigüi.

Carret-com-macarrão---Amigos-e-Cerveja---Foto-Hugo-HaradaCarré t-bone de cordeiro. Foto: Hugo Harada/ Gazeta do Povo.

CARRÉ T-BONE DE CORDEIRO
AMIGOS E CERVEJA

O tempero, que leva 21 itens, é o segredo para o preparo, entre eles ervas finas, pimentas e vinho. A carne fica no tempero por 24 horas em temperatura média de 12 graus C. O carré é grelhado e leva seis minutos para chegar ao ponto. Os acompanhamentos são pedidos à la carte e podem ser salada, polenta frita com queijo parmesão e cheiro verde, carreteiro de cordeiro ou espaguete ao molho sugo. Preço: R$ 89 (o quilo).

Voto: Márcio Silva

Confira o serviço completo.

Carret-de-cordeiro---Madero-Prime---Foto-Rodrigo-FonsecaCordeiro Uruguayo – carret french rack. Foto: Rodrigo Fonseca

CORDEIRO URUGUAYO – CARRET FRENCH RACK
MADERO PRIME STEAK HOUSE

O corte da carne é especial, exclusivo do chef Junior Durski, que está à frente do restaurante. A carne é grelhada a lenha. O cliente pode pedir como guarnição maionese de batatas, mini caesar salad ou de folhas verdes, arroz branco, baião de dois, cesta de pães, batatas fritas, farofa Madero, farofa com ovos e penne integral com molho pesto. Preço: R$ 61 (300 gramas), R$ 81 (500 gramas).

Voto: Solange Elias

Confira o serviço completo.

vencedores_50

Erica-Garcia Erica Garcia
Apaixonada pela gastronomia, a proprietária da Chef Garcia Congelados Artesanais produz pratos que têm no cordeiro um dos seus carros-chefes.
Norman-de-Paula-Arruda-Filho Norman de Paula Arruda Filho
Presidente do ISAE — Escola de Negócios, conveniado à Fundação Getúlio Vargas e vice-presidente da Associação Comercial do Paraná. Sempre busca o melhor da gastronomia por onde passa.
Jomar-Brustolin Jomar Brustolin
Fotógrafo comercial e filmmaker. Apreciador de vinhos e da gastronomia, criou um dos primeiros blogs do gênero no Brasil, o QVinho.
César-Brecailo César Brecailo
Blogueiro da Gazeta do Povo (Música Urbana), o empresário do ramo de alimentação viaja pelo mundo atrás de boa música e de bons pratos. Já realizou vários cursos de culinária e de chef de cozinha.
Márcio-Silva Márcio Silva
Fundador e atual diretor operacional do Espaço Gourmet Escola de Gastronomia. Estudou nas escolas internacionais The CIA New York, Le Cordon Bleu, Ritz Escoffier, Alain Ducasse e Italian Food Style Education.
Giba Giba
Ex-atleta de vôlei, eleito seis vezes o melhor jogador do mundo. Morou na Itália, onde aprendeu a admirar a gastronomia ainda mais. A relação próxima com a comida vem desde pequeno: a mãe trabalhou na área e o pai é churrasqueiro nato.
Rogério-Mainardes Rogério Mainardes
Diretor corporativo de marketing do Grupo Positivo e diretor da Escola de Comunicação da Universidade Positivo. É um grande frequentador de restaurantes e gosta da gastronomia por ser um modo de se aproximar de amigos e família.
Geninho-Thomé Geninho Thomé
Dentista, fundador da Neodent e proprietário da Neoortho. Gosta de vinhos e de uma boa comida. Por hobby, fez o curso de chef de cuisine e sommelier no Centro Europeu.
Solange-Elias Solange Elias
Empresária e fundadora da Bazaar Fashion, está no segmento da moda há mais de 25 anos. Mãe de quatro filhos e avó de dez netos, ela prioriza uma boa alimentação, saúde e qualidade de vida.

Compartilhe
Publicidade

Assine a Gazeta do Povo e receba mensalmente o Bom Gourmet.