Publicidade
Cozinha oriental

Novo boteco japonês de Curitiba não tem sushi nem sashimi

por

Espetinhos variados, bolinho de polvo e guioza são alguns dos petiscos típicos servidos no bar Izakaya Tanuki, que tem também uma seleção de saquês

Compartilhe
Izakaya Tanuki tem capacidade para atender até 30 clientes. Foto: André Rodrigues.

Izakaya Tanuki tem capacidade para atender até 30 clientes. Foto: André Rodrigues.

O que você espera encontrar no cardápio de um típico bar japonês? Se sua resposta foi sushis e sashimis, você provavelmente vai ficar surpreso ao entrar ao conhecer os izakayas, palavra usada justamente para designar os botecos japoneses – e recentemente, Curitiba ganhou mais um deles, o Izakaya Tanuki.

Aberto no Água Verde há cerca de três meses, o local não serve nada cru. O cardápio foi todo montado com petiscos típicos: são pratos que as famílias dos sócios (todas de origem japonesa) costumam fazer em casa. “Tivemos que fazer apenas pequenas adaptações para adequar os pratos ao sabor brasileiro, mas tentamos mantê-los sempre próximos aos originais”, explica Wilson Akira Nakashima, um dos proprietários.

Guioza (à esquerda, no fundo), Tokoyaki (à direita, no fundo) e xxxx, alguns dos petiscos servidos no local. Foto: André Rodrigues.

Guioza (à esquerda, ao fundo), Tokoyaki (à direita, ao fundo) e Buta no Kakuni, alguns dos petiscos servidos no local. Foto: André Rodrigues.

Entre os destaques, está o Tokoyaki, um bolinho de polvo (R$ 20 a porção com seis unidades) e a Buta no Kakuni, barriga de porco cozida lentamente (R$ 15). Outros que estão entre os mais queridos dos clientes são o guioza (pastelzinho de carne de porco – R$ 15 a porção com cinco unidades); o Tako, um espetinho de tentáculo de polvo (R$ 17,50) e o espetinho de shimeji com bacon (R$ 8).

xxx, o espetinho de polvo grelhado. Foto: André Rodrigues.

Tako, o espetinho de polvo grelhado. Foto: André Rodrigues.

Além destes, o menu inclui ainda vários outros espetinhos de carne bovina (a partir de R$ 8), suína (a partir de R$ 7) e legumes (a partir de R$ 6). Para quem se interessa por curiosidades do país do sol nascente, o cardápio ainda tem assinalados os pratos mais populares do Japão, como a anchova grelhada (R$ 16) e o Gyutan, fatias grelhadas de língua de boi com sal e pimenta (R$ 12). Tudo é feito na hora e quem comanda a pequena cozinha é outro sócio, Sérgio Fukuda.

Para acompanhar, o bar tem cervejas e chopes ocidentais e orientais (a partir de R$ 8), além de uma seleção de saquês vendidos em dose (a partir de R$ 25,50) ou garrafa (a partir de R$ 90), drinks e Shochus, bebidas japonesas destiladas de cevada, batata doce ou arroz (a partir de R$ 26 a dose).

Bar tem seleção de saquês e sochus. Foto: André Rodrigues.

Bar tem seleção de saquês e Shochus. Foto: André Rodrigues.

O ambiente é informal, com elementos decorativos trazidos do Japão e um mural em uma das paredes (onde clientes já deixaram mensagens escritas em japonês, coreano e chinês). Há lugar para aproximadamente 30 pessoas no restaurante, que tem um balcão onde é possível se sentar de frente para os atendentes, uma tradição dos izakayas.

Serviço
Izakaya Tanuki, Avenida dos Estados, 853, Água Verde – (41) 3503-5536. Abre de segunda a sábado das 18 às 23h.

Compartilhe
Publicidade

Assine a Gazeta do Povo e receba mensalmente o Bom Gourmet.