Publicidade
6.ª edição

21 restaurantes do Festival Bom Gourmet têm rolha livre

por

Que tal um menu completo com três pratos acompanhado de seu vinho favorito? Veja casas que não cobram taxas extras

Compartilhe

Amantes dos bons vinhos têm rituais paralelos na hora de saborear uma comida. E esses rituais, claro, envolvem os bons rótulos da bebida de Baco. Muitas vezes, isso inclui levar a própria garrafa para degustar enquanto saboreia o prato escolhido. Durante o Festival Bom Gourmet, 21 restaurantes não fazem nenhum tipo de cobrança para quem quer levar o próprio vinho. Outros liberam a cobrança em determinados dias da semana ou até uma quantidade específica de garrafas consumidas.

O Festival Bom Gourmet vai até o dia 29 de outubro e oferece 114 menus completos (entrada, prato principal e sobremesa), das mais variadas especialidades, a preços fixos: R$ 44 e R$ 54.

Café do MOnge_Fettuccine ao molho de queijos com picanha grelhada

Fettuccine ao molho de queijos com picanha grelhada do Café do Monge. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo.

Gostou da ideia de levar seu próprio vinho? Veja a relação dos locais onde você não paga nada a mais por isso: Anarco Restaurante e Empório, Armazém 71, Armazém Português, em todos os Restaurantes do Victor (Bar do Victor da Praça Espanha e o do São Lourenço, Bistrô do Victor e Petiscaria do Victor), Black Horse, Café do Monge, Casa Varela, Churrascaria Badida (ParkShoppingBarigui e da Sete de Setembro), Ibérico Restaurante, KF à La Carte, Limoeiro, Mustang Sally, Osteria Donna Lena, Pata Negra, Pescara Cucina Italiana, Saanga Iguaçu e Tatibana Japanese Cuisine.

Osteria Donna Lena_Medaglione di mignon i gorgonzola

Medalhão de mignon com gorgonzola e fettuccine da Osteria Dona Lena. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo.

Cobrança diferenciada

O Canto do Monge cobra R$ 20 por rolha a partir da segunda garrafa, assim como o Pobre Juan, onde a taxa a partir do segundo rótulo sai por R$ 50.

Alguns restaurantes optam por deixar alguns dias livres para os apreciadores de vinhos. No Artè Restaurante, na Cantina do Délio e no L’Entrecôte de Paris, a taxa da rolha é liberada às terças e quartas-feiras. Nas unidades do La Pasta Gialla (ParkshoppingBarigui e Pátio Batel), a rolha é livre de segunda a quinta-feira. Nos outros dias, é cobrada a taxa de R$ 40 por garrafa.

No La Scuderia, a rolha é livre de terça a quinta. Nos finais de semana, é cobrado R$ 25 por garrafa. No Lagundri, quem quiser aproveitar a rolha livre deve se programar para ir na quinta-feira, único dia em que essa taxa é isenta. Nos outros dias, a taxa da rolha sai por R$ 50. No Vindouro, a rolha é livre às segundas e terças. Nos outros dias, o valor é de R$ 50 por garrafa.

Quer ver todas as opções de cardápio para definir o roteiro? Acesse o site do Festival Bom Gourmet ou baixe o aplicativo Festivais Bom Gourmet, disponível para Android e IOS.

>> App Festivais Bom Gourmet para Android 

>> App Festivais Bom Gourmet para iOS

Promoção Junte e Troque

O aplicativo Festivais Bom Gourmet dá acesso a todas as informações dos restaurantes que estão participando do evento e ainda permite que você participe da Promoção Junte e Troque.

Nesta edição do Festival, quem for a qualquer um dos restaurantes participantes do evento acumula pontos que podem ser trocados por serviços nos Salões Torriton Beauty & Hair, em Curitiba.

A cada 300 pontos acumulados, o consumidor tem direito a um dos serviços oferecidos: para mulheres, lavagem e escova de cabelo; para os homens, lavagem e corte. A promoção é limitada a dois serviços por usuário (por CPF).

Para pontuar, basta consumir nos restaurantes que participam do evento e registrar suas notas fiscais no app por meio de QR Codes.

Na prática, cada R$ 1 consumido equivale a um ponto na campanha. Assinantes da Gazeta do Povo ganham 50 pontos ao acessar o aplicativo e inserir os dados de assinante. Todos esses detalhes estão no regulamento da promoção, disponível no app.

Compartilhe
Publicidade

Assine a Gazeta do Povo e receba mensalmente o Bom Gourmet.