Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Visuais

Cores e desconstrução em exposição no Sesc Paço

  • Helena Carnieri
Quadros de Francis partem de imagens da cidade, transformadas |
Quadros de Francis partem de imagens da cidade, transformadas
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Cores e desconstrução em exposição no Sesc Paço

“Não são aleatórias, são estudadas”, defende o artista plástico Emerson Persona, sobre suas pinturas que serão expostas a partir de quinta-feira, 31, no Sesc Paço da Liberdade, na mostra Então..., realizada em conjunto com Francis Rodrigues. Apesar do resultado abstrato de suas pesquisas em pintura, ele parte de algo concreto: a paixão estética pelo corpo feminino, embalada na reflexão sobre questões de gênero. “Os volumes femininos, cons­truídos com cor, são mais interessantes [que o corpo masculino]. Qualquer círculo é um seio”, contou Emerson à Gazeta do Povo.

Com obra inspirada no alemão Franz Marc, em Matisse e Basquiat, ele tem um ateliê na cidade desde 2008, quando abriu um espaço junto com quatro colegas da Escola de Música e Belas Artes. Só um permaneceu – Francis –, com quem compartilha o deslumbre pelo uso da cor.

No caso deste último, os pincéis estão a serviço do espaço urbano, que ele igualmente desconstrói em imagens mais geométricas.

A série de Francis que integra a exposição começou a ser criada com fotografias tiradas em Curitiba entre 2008 e 2010. A partir delas, ele trabalhou as imagens sem uma relação direta com figuras ou fundos, e sim, abrindo várias janelas de leitura. “Não se trata de um único ponto de vista”, disse à reportagem.

Além do uso de muitas cores, a dupla de artistas tem em comum a tentativa de criar um embate com o espectador das obras, fazendo uma arte que inlcui a comunicação.

Depois dessa etapa no Paço, Emerson expõe pinturas em tecido na Casa Andrade Muricy, em abril.

Exposição

Então...

Pinturas de Emerson Persona e Francis Rodrigues. Sesc Paço da Liberdade (Praça Generoso Marques, 189), (41) 3234-4200. Abertura quinta-feira, às 19 horas. Visitação de terça a sexta-feira, das 10 às 20 horas; sábado, das 10 às 17 horas, e domingos e feriados, das 11 às 17 horas. Até 17 de março. Entrada franca.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Caderno G

PUBLICIDADE