Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Teatro

Fechar
PUBLICIDADE

CÊNICAS

Concurso de dramaturgia pode reviver o Teatro de Comédia do Paraná

Inscrições para seleção de texto paranaense vão até 15 de janeiro

Interior do Guairão, que viu dezenas de montagens próprias no passado. | Antônio More / 
Gazeta do Povo
Interior do Guairão, que viu dezenas de montagens próprias no passado. Antônio More / Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Se tudo correr bem, Curitiba terá no primeiro semestre um segundo grande evento teatral, depois do Festival já tradicional na cidade: uma montagem paranaense que está sendo celebrada como o ressurgimento do Teatro de Comédia do Paraná (TCP).

Um concurso de dramaturgia do Teatro Guaíra selecionará o texto – falta pouco mais de uma semana para o encerramento das inscrições, que vão até 15 de janeiro.

A abertura do edital, uma das boas notícias das artes paranaenses em 2015, é louvável pela proposta “pés no chão”, que prevê um investimento cabível nas contas difíceis do nosso teatro estadual – mas, por isso mesmo, provavelmente factível.

Podem concorrer somente textos inéditos de paranaenses ou moradores no Paraná há no mínimo dois anos, que não sejam adaptação de outros textos e cuja linguagem seja a da comédia adulta.

A ideia é selecionar um texto apenas, que será alvo de uma montagem ainda neste semestre, e depois circulará pelo estado – no que poderá representar o retorno do grupo-escola TCP – o primeiro durou de 1963 a 2000 e trouxe à cidade a dupla Paulo Goulart e Nicette Bruno, além de Paulo Autran, entre outros nomes.

A escolha levará em conta a estrutura do texto, tema e linguagem, a originalidade do texto, o potencial efetivo para a montagem cênica e a “consistência”, conforme os termos do edital.

Leia sobre destaques do teatro paranaense

A direção dessa montagem inicial será do paulistano Alexandre Reinecke – uma escolha polêmica, já que uma das críticas ao TCP de outrora mirava a “importação” de diretores e atores, em detrimento de nomes locais. Reinecke também fará a seleção de cenários e figurinos a partir de inscrições a serem feitas em fevereiro.

Outras instruções do edital procuram delimitar os contornos da montagem teatral pretendida: não serão aceitos monólogos, nem peças que exijam “gente demais”; a duração estimada deverá ficar entre 50 e 70 minutos e a proposta em si deve ser “transportável” em turnê.

O edital e ficha de inscrição estão disponíveis na página do Teatro Guaíra na internet e o resultado será divulgado dia 16 de fevereiro.

Livro

Outro bom motivo para nossos escritores se inscreverem: a Biblioteca Pública fará uma publicação com os melhores textos, com curadoria própria.

Ocupação

Está aberto também um edital de ocupação para os auditórios Guairinha, Miniguaíra e José Maria Santos. As peças selecionadas serão apresentadas entre abril e agosto deste ano, e podem concorrer montagens adultas e infantis. Mais informações no site do Teatro Guaíra.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Caderno G

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais