Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade

Intervalo

O esconde-esconde atleticano...

Publicado em 26/02/2012 |
  • Comentários

A obsessão do Atlético pela política do “esconde-esconde” ganhou mais um item. Chegou às súmulas dos jogos. O clube deixou em branco o espaço “aluguel de campo” no documento oficial da Federação Paranaense de Futebol (FPF) referente ao Atletiba da Quarta-Feira de Cinzas. A partida marcou o início da série de oito jogos do clube na Vila Capanema.

... E a especulação

O número

R$ 21.933,55

Esse foi o prejuízo do Atlético no clássico, de acordo com a súmula da partida (o documento está disponível no site da FPF). Somado ao hipotético aluguel da Vila, o valor saltaria para a casa dos R$ 70 mil. Isso na principal partida do campeonato. Ou seja, o Rubro-Negro terá de pagar para jogar o Estadual.

Caju lacrado

Depois do veto ao repórter Osmar Antônio, da Rádio Banda B, no Atletiba, o Atlético resolveu restringir também o acesso à sala de imprensa do CT do Caju. Com credenciamento prévio, o local agora é “prote­­gido” por um segurança do clube. Só entra quem estiver na lista –e tenha sido previamente aprovado pela diretoria rubro-negra.

Você? Não entra!

Não é só o radialista da Banda B que está proibido de trabalhar durante os jogos do Atlético. A lista é composta também por comentaristas que, digamos, não rezam pela mesma cartilha de Mario Celso Petraglia, todo-poderoso do clube. Os nomes só não vazaram porque os profissionais ainda não pediram credenciamento para os jogos do Furacão.

A estratégia, deliberada, é não entregar o valor do contrato com o Paraná, dono do estádio. Extraoficialmente, porém, comenta-se que o acordo gira na casa dos R$ 400 mil – R$ 50 mil por jogo.

Pinheirão eterno

O vereador Professor Galdino (PSDB) aproveitou a polêmica recente sobre o melhor local para o “Atletiba de Cinzas” ser disputado e voltou a cobrar informações da prefeitura de Curitiba sobre a situação do Pinheirão. O clássico ficou sem casa porque a Arena está em obras para a Copa de 2014 e o Ecoestádio foi vetado pelo Ministério Público por motivo de segurança. O ofício do parlamentar, porém, ainda não recebeu resposta.

É carnaval, amigo!

A minguada agenda paranista, composta apenas por jogos-treinos neste início de temporada, fez com que o futebol fosse deixado em segundo plano pelo site oficial do clube na semana passada. As principais notícias do veículo falavam do “melhor carnaval de salão de Curitiba”. “Nosso baile infantil foi um sucesso absoluto”, exaltou Luis Carlos Casagrande, um dos vices do Tricolor.

Zagueiro ou lateral?

Apesar de ter sido efetivado como lateral-esquerdo pelo técnico Marcelo Oliveira, Lucas Mendes segue sendo tratado como defensor pelo departamento de comunicação do Coritiba. Na lista de relacionados para o Atletiba, constava apenas o nome de Jackson como lateral. Mendes aparecia na categoria zagueiro, ao lado de Demerson, Emerson, Luccas Claro e Pereira.


Colaboração: Cícero Bittencourt, Gustavo Ribeiro e Rodrigo Fernandes.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 49,90 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade