Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

CHUVA

Apesar do risco de deslizamento em SC, governo diz que situação está controlada

Estado tem estradas transitáveis e não há falta de água e energia, mas encostas ainda estão encharcadas

  • Cecília Tümler
Limpeza das ruas em Florianópolis | Divulgação:Paulo Dalzotto/Prefeitura de Florianópolis
Limpeza das ruas em Florianópolis Divulgação:Paulo Dalzotto/Prefeitura de Florianópolis
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Depois de 24 cidades de Santa Catarina terem sido afetadas por chuvas intensas no fim desta semana, a situação no estado era apresentada como “controlada” nesta sexta-feira (12), de acordo com o governo estadual. A gestão informa que as estradas estão transitáveis e que não há falta de água e energia. Além disso, a chuva promete dar intervalos maiores de trégua a partir de sábado (13), segundo previsão do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidromeotorologia de Santa Catarina (Ciram). Mesmo assim, ainda há risco de deslizamento em diversos pontos do estado, já que as encostas continuam encharcadas e por isso o estado de alerta deve se manter nos próximos dias.

Prev ina-se: veja como evitar acidentes em deslizamentos e alagamentos

De acordo com o último boletim da Defesa Civil de Santa Catarina, liberado às 18h30 desta sexta, a semana termina com quase 2 mil pessoas desabrigadas em todo o estado. Além disso, o número de mortos em decorrência da chuva foi confirmado em três pessoas, com o último desaparecido em Florianópolis encontrado morto pelo Corpo de Bombeiros nesta sexta.

Sobre o tempo no estado, o Ciram explica que tanto no sábado (13) quanto no domingo (14) o sol deve aparecer, sendo interrompido por algumas nuvens. Pancadas de chuva isoladas devem aparecer durante a tarde e a noite, mas, desta vez, trata-se das típicas tempestades verão.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não houve nenhuma interdição por deslizamento nas estradas federais que ligam Curitiba com o Litoral catarinense até o fim da tarde desta sexta. Apenas na BR-101, no município de Biguaçu (SC), uma faixa teve fluxo interrompido no sentido Curitiba, mas devido a um acidente. A pista ficou bloqueada entre 18h e 18h20.

Florianópolis

Cidade mais afetada pelas chuvas, a capital de SC teve 1397 residências afetadas. A população está em casas de amigos e parentes, ou em prédios públicos improvisados para recebê-las, como a Escola Donícia Maria da Costa, no bairro Saco Grande, e a Passarela Nego Quirido, no Centro.a prefeitura pediu que a população não vá às praias até o sábado (13), para evitar qualquer perigo.

O transporte coletivo da cidade, que na quinta (11), estava operando com 40% da frota, já teve 95% dos veículos circulando ao longo da sexta. Além disso, o governo estadual liberou uma verba de R$ 3 milhões para o reparo dos danos na capital, após o prefeito Gean Loureiro (PMDB), decretar situação emergencial. O dinheiro deve ser usado principalmente para recuperação da pavimentação viária e o controle das encostas, prevenindo novos deslizamentos e promovendo a retomada da mobilidade nas vias do município.

Mesmo assim, a prefeitura pediu que a população não vá às praias até o sábado (13), para evitar qualquer perigo.

Como proceder

Apesar da situação estar mais controlada, ainda há riscos de alagamentos e deslizamentos em Santa Catarina. Por isso, quem está pela região ou pretende passar o fim de semana por lá, deve estar atento aos procedimentos indicados pela Defesa Civil do estado.

Em caso de inundações, por exemplo, deve-se evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Também não é recomendado transitar em pontes e é preciso ter cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Já para se prevenir de deslizamentos de terra, basta observar se há qualquer movimento de terra ou rochas próximas da residências, ou inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil Municipal pelo número 199 ou Corpo de Bombeiros pelo número 193.

Veja a lista de municípios afetados pelas chuvas em SC:

Balneário Camboriú

Biguaçu

Bombinhas

Braço do Norte

Brusque

Camboriú

Canoinhas

Florianópolis

Governador Celso Ramos

Imbituba

Itajaí

Itapema

Joinville

Lauro Muller

Navegantes

Palhoça

Penha

Porto Belo

Porto Belo

São Francisco do Sul

São João Batista

São José

Taió

Tijucas

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Curitiba

PUBLICIDADE