Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

Perto do ACAMPAMENTO pRÓ-LULA

Integrantes do MST são xingados em Curitiba e reagem com “abacatadas”; veja o vídeo

Vídeo mostra discussão entre manifestantes pró-Lula e contrários ao ex-presidente

  • Gazeta do Povo
Carro de som passou xingando manifestantes no entorno do acampamento pró-Lula. | Colaboração
Carro de som passou xingando manifestantes no entorno do acampamento pró-Lula. Colaboração
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Um incidente entre manifestantes contra e a favor do ex-presidente Lula foi registrado no bairro Santa Cândida, perto de onde o petista está preso em Curitiba, na tarde desta sexta-feira. Um carro de som – enfeitado com uma foto do juiz Sergio Moro e faixas verde e amarelas – passou pela Rua João Gbur, a rápida sentido Centro, xingando integrantes do Movimento Sem Terra (MST) de vagabundos. Os manifestantes do acampamento pró-Lula em Curitiba revidaram jogando abacates no veículo. A cena aconteceu por volta das 17h, nas imediações da Superintendência da Polícia Federal.

Leia também: MBL faz churrasco no Centro Cívico em ato contra acampamento pró-Lula

“Vão trabalhar vagabundos, vocês não sabem nem o que estão fazendo aí”, gritou um homem de cima do carro de som. Alguns manifestantes pró-Lula que se reuniam em um estacionamento, enquanto isso, não perderam tempo: pegaram abacates de uma árvore do terreno e arremessaram na direção do carro de som. No veículo, também estavam estendidas faixas com as inscrições “Acampamento Lava Jato” e “Parabéns Dr. Sérgio Moro, o juiz que orgulha o Brasil”. O homem que proferiu os insultos se identificou como eleitor do pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).

Veja também: Por transtornos no Santa Cândida, prefeitura de Curitiba pede que Lula seja transferido da sede da PF

No acampamento, alguns defensores de Lula afirmam que situações desse tipo não tem acontecido com frequência: “Eu vi esse carro passando uma outra vez só, na tarde de ontem”, contou um integrante da Central Única dos Trabalhadores (CUT) que chegou na região na quarta-feira (11). Segundo um policial militar, que cuida dos bloqueios de trânsito na região, essa foi a primeira vez que viu o carro de som passando por ali desde o início do acampamento.

Veja o vídeo da confusão

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Curitiba

PUBLICIDADE