Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

Obituário

Paulo Yutaka Ikeda: uma vida em meio a flores e hortaliças

  • Marina Pilato, especial para a Gazeta do Povo
 | Arquivo de família
Arquivo de família
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A imensa variedade de hortaliças, flores e plantas produzidas no Paraná foi, por 36 anos, o cenário de trabalho de Paulo Yutaka Ikeda, falecido em julho, aos 65 anos. Ao longo das mais de três décadas, assumiu diferentes funções dentro da Central de Abastecimento do Paraná, a Ceasa, em Curitiba.

Foi gerente geral da unidade, coordenou setores como o Mercado do Produtor, espaço que permite que pequenos produtores rurais comercializem suas produções próprias, e o Mercado de Flores, área que ganhou carinho especial mesmo fora do trabalho, já que Paulo era um apaixonado por flores e plantas ornamentais.

Em seu apartamento, mantinha há mais de 30 anos uma floreira que emanava vida ao lar, pois além das amadas flores – principalmente orquídeas – o local era povoado por passarinhos de estimação, como os canários. Quase nunca se separando dos cuidados com a terra e seus frutos, passava os finais de tarde plantando, replantando e podando as integrantes verdes da floreira na companhia da cantoria dos pássaros.

O cantinho verde em casa trazia para perto a atmosfera do sítio onde Paulo cresceu, em Londrina. A família trabalhou com criação de bicho-da-seda, galinhas e gado, em épocas distintas. Viver em área rural e participar desde cedo deste ambiente permitiu que Paulo conhecesse na prática o processo produtivo da agropecuária e, em conjunto com sua capacidade de organizar pessoas, fez com que iniciasse a carreira de analista e técnico na Ceasa, levando-o a se mudar para Curitiba.

Sempre procurava compartilhar o conhecimento e experiência que tinha com outras pessoas, seja com os colegas de trabalho ou com grupos de estudantes que realizam visitas técnicas à Ceasa para entender o processo de comercialização dos produtos. Nos últimos anos de trabalho, era ele quem fazia a recepção desses alunos das Escolas Agrícolas e os acompanhava enquanto conheciam as atividades do local, sempre com explicações claras e sua tradicional simpatia.

A rotina de trabalho começava cedo e na volta para casa o pensamento que tomava conta da mente de Paulo era que prato iria preparar quando chegasse em casa. Cozinhar para pessoas queridas era seu hobby. No dia a dia da casa ou em reuniões de família, era ele quem dominava panelas e facas. Apesar de gostar de preparar pratos da culinária japonesa, abria espaço para todo tipo de receita. Em contato com culturas variadas, se alguém no trabalho lhe dava uma ideia de prato diferente, ele logo preparava para experimentar. A curiosidade fazia parte da diversão.

Deixa a mulher, dois filhos e dois netos.

---------------

Lista de falecimentos - 02/12/2017

Andrelino Rosa da Trindade, 43 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Fernandes Rosa da Trindade e Ortencia Domingos Trindade. Sepultamento ontem.

Antônio Roberto Pinheiro, 75 anos. Profissão: vendedor. Filiação: Antônio Augusto Pinheiro e Iracema Rossito Pinheiro. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Água Verde, saindo do Cemitério Municipal do Água Verde - capela 01 do mesmo cemitério.

Aureo Clodimar dos Santos, 45 anos. Profissão: motorista. Filiação: Elizabethe dos Santos. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim, em São José dos Pinhais, saindo do Cemitério Municipal Santa Cândida - capela 01 do mesmo cemitério.

Benjamin Florêncio dos Reis, 93 anos. Profissão: motorista. Filiação: Lindolfo Florêncio dos Reis e Júlia Lazarotto dos Reis. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Água Verde, saindo da capela 04 do mesmo cemitério.

Carolina Lucyszym, 93 anos. Profissão: do lar. Filiação: Adão Furmann e Maria Furmann. Sepultamento ontem.

Célia Roza Narcizo, 86 anos. Profissão: do lar. Filiação: Teodoro João Narcizo e Roza Sebastiana Narcizo. Sepultamento ontem.

Dirce Rodrigues de Souza, 65 anos. Profissão: do lar. Filiação: Santos Rodrigues de Souza e Aulinda da Silva Souza. Sepultamento ontem.

Dulce Silva Evangelista, 87 anos. Profissão: costureira. Filiação: Francisco Antônio da Conceição e Silva e Erna Romig. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim da Saudade I, saindo do mesmo cemitério.

Edson dos Santos Almeida, 51 anos. Filiação: João Gomes de Almeida e Cacilda dos Santos Almeida. Sepultamento ontem.

Elizeu de Moraes Correa, 59 anos. Profissão: procurador. Filiação: Pedro de Moraes Correa e Joana Sezilia Tolda Correa. Sepultamento ontem.

Eugênio Wosniak, 73 anos. Profissão: operador de caldeira. Filiação: Leopoldo Wosniak e Maria Karpinski Wosniak. Sepultamento ontem.

Fiorindo Fontana, 74 anos. Filiação: Tarquilino Zeferino Fontana e Sabina Martini Fontana. Sepultamento hoje, saindo de residência.

Flávio Leandro, 24 anos. Profissão: operador de empilhadeira. Filiação: Lizete Leandro. Sepultamento ontem.

Franciele de Souza Cordeiro, 26 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Maria Cordeiro e Adélia Zulei de Souza Cordeiro. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal São João Batista, em São José dos Pinhais, saindo de residência.

Frontino Rubens Borges da Silva, 70 anos. Profissão: servente. Filiação: Coradino Borges da Silva e Felisberta de Oliveira Borges. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical, saindo do mesmo cemitério.

Ida Luíza Stelle, 90 anos. Profissão: do lar. Filiação: Fernando Gorte e Amália Gorte. Sepultamento ontem.

Irilde Brunoro dos Santos, 75 anos. Profissão: do lar. Filiação: Evaristo Brunoro e Francisca Marques Brunoro. Sepultamento ontem.

Iris Helena Mundim de Camargo, 76 anos. Profissão: professora. Filiação: Geraldo da Costa Mundin e Marieta Ophelia Mundin. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Iguaçu.

Ivone Stepurski Tosin, 78 anos. Profissão: do lar. Filiação: Estanislau Stepurski e Mercedes Santos Stepurski. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Iguaçu.

Joana Prado Schmidt Costa, 83 anos. Profissão: do lar. Filiação: Alfredo Miranda do Prado e Lúcia Pissolato. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Iguaçu.

João Alves Batista, 61 anos. Profissão: carpinteiro. Filiação: Júlio Alves Batista e Otília Henrique Batista. Sepultamento ontem.

João Cláudio Coutinho, 57 anos. Profissão: vigilante. Filiação: José Silvério Coutinho e Jandira Geralda de Jesus. Sepultamento ontem.

José Arnoldo Duarte, 88 anos. Filiação: Jacintho Duarte Silveira e Rosalina Guilherme Silveira. Sepultamento ontem.

José Cardoso de Souza, 87 anos. Profissão: lavrador. Filiação: Rosália Lourenço de Souza. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo de residência.

José Davet Wendt, 59 anos. Profissão: policial civil. Filiação: Paulo Wendt e Maria da Glória Davet Wendt. Sepultamento ontem.

Juvenal Effgen Caetano, 54 anos. Profissão: técnico em enfermagem. Filiação: Nestor Caetano e Maria da Penha Effgen Caetano. Sepultamento hoje, saindo de residência.

Kelson Rosa Bonfim, 44 anos. Profissão: cozinheiro. Filiação: Germano Alexandrino Bonfim e Dejanira Fernandes Bonfim. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim, em São José dos Pinhais, saindo da Capela Comunidade Maria Angelica, na Vila Acordes, em Curitiba.

Luiz Carlos de Lima, 60 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Manoel Rodrigues de Lima e Anna Sophia de Lima. Sepultamento ontem.

Malvina da Silva Teixeira, 82 anos. Profissão: orientadora. Filiação: José Francisco Silva e Brasilina Augusta. Sepultamento ontem.

Marcelo Pereira da Silva, 36 anos. Profissão: jardineiro. Filiação: Antônio Pereira da Silva e Maria Aparecida de Sousa Silva. Sepultamento ontem.

Márcio Celestino, 33 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Luiz Celestino e Dejanir Souza da Cruz Celestino. Sepultamento ontem.

Maria Antônia dos Santos, 66 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Sebastião dos Santos e Leandrina dos Santos. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Boqueirão, saindo de local a ser designado.

Maria Marlene Bieda Nunes, 64 anos. Profissão: costureira. Filiação: Marta Bieda. Sepultamento ontem.

Maria de Lourdes Borges, 88 anos. Profissão: do lar. Filiação: Francisco José Rodrigues e Maria Salome de Souza. Sepultamento ontem.

Mário Kovalski, 67 anos. Profissão: chefe manutenção. Filiação: Antônio Kovalski e Lúcia Weber Kovalski. Sepultamento ontem.

Natália de Jesus de Souza, 65 anos. Profissão: do lar. Filiação: Laudelino dos Santos e Maria Madalena dos Santos. Sepultamento hoje, saindo de residência.

Nilamar Gonçalves Cordeiro, 64 anos. Profissão: professor. Filiação: Dirceu Gonçalves Cordeiro e Maria da Cruz Cordeiro. Sepultamento hoje, no Cemitério Memorial da Vida, em São José dos Pinhais, saindo da Capela Vaticano - Jade.

Otacília Agostinha dos Santos, 84 anos. Profissão: do lar. Filiação: Pedro Costa Maciel e Nercinda Agostinha dos Santos. Sepultamento ontem.

Otília Madeira Janate, 72 anos. Profissão: auxiliar de serviços gerais. Filiação: João Alves Medeira e Benedita Anacleto de Carvalho. Sepultamento ontem.

Rafael dos Santos Torres, 28 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Jorge Domingos Torres e Marilene dos Santos. Sepultamento hoje, saindo do Cemitério Municipal de Matinhos (PR).

Reinaldo dos Santos Cordeiro, 60 anos. Filiação: José Alves dos Santos Cordeiro e Natália dos Santos Cordeiro. Sepultamento ontem.

Renato Marangoni, 75 anos. Profissão: desenhista. Filiação: Fioravante José Marangoni e Aurora Mulinari Marangoni. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Água Verde.

Renato Martins Vieira, 83 anos. Profissão: gerente. Filiação: Everardo Sebastião Vieira e Filomena Ladeira Vieira. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim da Paz, saindo da Capela da Luz.

Rosalina Antônio de Matos Smabukuro, 56 anos. Profissão: do lar. Filiação: Laudelino Antônio de Matos e Amélia Vallini de Matos. Sepultamento ontem.

Rosicleia Galvão, 41 anos. Profissão: caixa. Filiação: João Galvão e Maria Lúcia Galvão. Sepultamento ontem.

Salvador Ivo de Macedo, 79 anos. Profissão: pintor. Filiação: João Clotildes de Macedo e Zulmira Fortulina da Silva. Sepultamento hoje, no Cemitério Pedro Fuss, em São José dos Pinhais, saindo de Igreja Evangélica, no Tatuquara.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Curitiba

PUBLICIDADE