Economia

Fechar
PUBLICIDADE

Reação

Bancos italianos acusam Moody's de agressão

Moody's reduziu na segunda-feira à noite a nota de 26 bancos italianos, incluindo os dois maiores, UniCredit e Intesa Sanpaolo

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A Associação de Bancos Italianos (ABI) chamou nesta terça-feira (15) a decisão da agência Moody's de reduzir a nota de 26 bancos da península de "agressão contra a Itália".

"Para a ABI, a decisão da Moody's é uma agressão contra a Itália, suas empresas, suas famílias e seus cidadãos", protestou a associação em um comunicado.

"Esta sanção é irresponsável, incompreensível e injustificável", afirma a ABI, para a qual as "agências classificação confirmam outra vez que são um elemento de desestabilização dos mercados com julgamentos particulares e contraditórios".

A ABI pede às autoridades europeias que adotem uma "regulamentação de controle severa" às agências e contempla "adotar ações, em todas as instâncias, para proteger os interesses legítimos da economia italiana, gravemente prejudicada pelas decisões das agências de classificação".

A Moody's reduziu na segunda-feira à noite a nota de 26 bancos italianos, incluindo os dois maiores, UniCredit e Intesa Sanpaolo, alegando a deterioração da conjuntura e um "acesso limitado ao financiamento do mercado".

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais