PUBLICIDADE
Acordo

Caixa Econômica Federal oferece nova proposta e greve acaba

Os bancos devem funcionar normalmente nesta quarta-feira (10)

A maioria dos bancários da Caixa Econômica Federal (CEF) de Curitiba e região metropolitana, presente na assembléia desta terça-feira (9), decidiu aceitar a proposta do banco e encerrar a greve. A categoria estava paralisada desde quarta-feira (3) e vinha mantendo fechadas as 37 agências e caixas-eletrônicos da capital e de 10 municípios da região. Nesta quarta-feira (10), os bancos devem funcionar normalmente. Os bancários de Londrina, Paranavaí, Campo Mourão, Apucarana e Cornélio Procópio também anunciaram o fim da greve. A proposta apresentada pela CEF na segunda-feira (8), o banco assumiu o compromisso de respeitar o que foi negociado com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), como reajuste de 6% e pagamento da 13ª cesta-alimentação. A Participação nos Lucros e Resultados (PLR) será de R$ 4.100 para empregados sem cargo de comissão e de R$ 4.362,84 para os que detêm esses cargos anualmente. O valor será acrescido em R$ 600 se a variação do lucro anual da Caixa seja superior a 15% em 2007 em comparação com o ano anterior.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Curitiba e região metropolitana, o banco aceitou discutir a isonomia no Plano de Cargos e Salários (PCS), com a unificação das tabelas. A implementação do plano deve acontecer até 1º de julho de 2008. Outro ponto destacado pelo Sindicato foi a garantia de contratação de mais 3 mil empregados até dezembro de 2007 e a abertura de concurso público nacional para formação de banco de candidatos. A direção do banco também teria se comprometido a não descontar os dias parados na greve até 9 de outubro e solicitar o cancelamento da audiência de Conciliação agendada Tribunal Superior do Trabalho.

De acordo com a assessoria de imprensa, o representante paranaense no Comando Nacional, Otávio Dias, avaliou que a proposta ainda não era a ideal. “Ela não representa todos os anseios dos trabalhadores da Caixa, mas o posicionamento do Comando Nacional, defendido e acatado pela maioria dos bancários da Caixa, é de que a empresa estava em seu limite e que a proposta apresenta avanços importantes”.

Os funcionários do Banco do Brasil e de estabelecimentos privados aceitaram a proposta da Fenaban já na semana passada e não participaram da greve. A federação ofereceu aumento de 6%, que engloba 4,87% referentes as perdas com inflação e 1,13% de ganho real e 13ª cesta-alimentação no valor de R$ 252,36.

Outros estados

Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do ramo Financeiro, a proposta foi aprovada e a greve encerrada nos estado do Acre, Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Amapá, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, São Paulo e nas cidades de Brasília, Campo Grand , Florianópolis e Porto Alegre. Os bancários da Bahia, Maranhão, Sergipe e Belo Horizonte rejeitaram o acordo.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO