PUBLICIDADE
Seu bolso

Cigarro da Philip Morris já está até 6,6% mais caro

A Philip Morris, fabricante de marcas como Malboro e L&M, reajustou, na segunda-feira, o preço dos cigarros em todo o estado de São Paulo. Fumar vai ficar até 6,6% mais caro para os consumidores do Dallas, Shelton e Fortuna - o preço foi de R$ 2,25 para R$ 2,40. Já o Parliament não teve alterações no custo.

A concorrente Souza Cruz (Free, Camel e Luck Strike) também mexeu na tabela recentemente, dia 18 de agosto. Em todo o país, o reajuste médio foi de 6%. O Camel, por exemplo, passou a ser vendido por R$ 3,40 - anteriormente saía por R$ 3,25. Já o Charm Box de R$ 4,75 por R$ 5.

Entre os produtos da Philip Morris, o maço do Malboro ficou por R$ 3, contra os R$ 2,90 anteriores. Os mais caros são o Benson & Hedges e o Chanceller, que passaram de R$ 4,50 para os atuais R$ 4,75. As novas tabelas já foram entregues nos estabelecimentos.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, existem 1,3 bilhão de fumantes no mundo, que consomem 15 bilhões de cigarros todos os dias, ou dez milhões a cada minuto

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO