Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Mercado Em Alta + VER MAIS COLUNISTAS

Mercado Em Alta

Três vezes Ademi

  • Bia Moraes - mercadoemalta@gazetadopovo.com.br
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A eleição realizada na última segunda-feira na Ademi-PR (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná), que reúne 41 empresas do setor, registrou um fato inédito. Pela primeira vez, nos 23 anos da entidade, um presidente foi reconduzido ao terceiro mandato consecutivo. No comando da Ademi nos últimos quatro anos, Selig liderou eventos como a Feira de Imóveis – este ano em sua 22ª edição –, a publicação anual do Perfil Imobiliário e a entrega dos troféus Incorporador do Ano. Presidente do grupo Hestia, ele comemora a recente entrada da instituição, e de outras entidades representativas, no Conselho Municipal de Urbanismo de Curitiba, e também o lançamento da campanha estadual “Não espere mais, compre seu imóvel agora”. Selig conversou com a coluna sobre a nova gestão.

Qual o principal desafio da Ademi?

Queremos que o plano diretor de Curitiba seja revisto. A última atualização da Lei de Zoneamento foi em 2000, e o índice de verticalização da cidade cresceu apenas 2% nos últimos dez anos. Estamos aquém do esperado para uma capital com pouca extensão territorial. O engessamento cria “vazios” e desvalorização em regiões que podem ter maior adensamento, como Mercês, Portão, Seminário e Água Verde. Outra reivindicação nossa é a autorização para a implantação de edifícios comerciais nas ZR-4, regiões de alta densidade que possibilitam construção de edifícios residenciais de até seis pavimentos. Mas as mudanças devem ser feitas com muito estudo e cuidado.

Outros presidentes da Ademi relatam que a demanda do cargo é grande. Acontece o mesmo?

Sim, a Ademi exige muito. É preciso dedicação para tocar a instituição, a própria empresa e também a vida pessoal e familiar. Acho que ser reconduzido ao cargo pela terceira vez demonstra que nossas gestões fizeram um bom trabalho.

Qual sua marca nessas gestões?

Trabalhamos fortemente pela união dos associados e parcerias com outras instituições irmãs, além de troca de experiências e informações com Ademis de outros estados. Acima de tudo, acredito que deixamos marcada a questão da informação. Temos investido em manter base de dados, pesquisas abrangentes e atualizadas. Hoje a Ademi é uma central de informações completas sobre lançamentos imobiliários.

Como está a organização da Feira de Imóveis?

Tudo certo e correndo bem. Será entre 28 de agosto e 2 de setembro. Mais de 80% dos espaços estão comercializados. É um evento importante, pois ali as construtoras e incorporadoras têm contato direto com o público comprador.

* * * * *

Investimentos em pauta

No Fórum de Economia e Finanças, realizado pela Amcham e pela incorporadora Cyrela Paraná terça-feira no Estação Business School, o diretor-geral da Rede Intercity, Alexandre Gehlen, o economista Ricardo Amorim, o diretor executivo da Cyrela Paraná, Marlus Doria e o diretor comercial da Cyrela Sul, Ricardo Jornada (foto), falaram sobre administração e investimentos em ativos de renda variável, com a presença de mais de 200 pessoas. Também participaram do evento o vice-presidente corporativo do Grupo Battistella, Marcos Perillo, e o especialista em gestão de fundos de renda variável do Votorantin Asset, Alexandre Amaral.

Casa autossustentável

Uma casa na cidade alemã de Hamburgo, com paredes formadas por placas com água e bolhas, inaugura um conceito de residência autossustentável. As paredes da casa, como fazendas de criação de algas, aproveitam a luz do sol e recebem nutrientes líquidos e CO2. Quando atingem um determinado tamanho, as algas são retiradas e repassadas para uma usina de biogás, onde são tratadas para gerar gás biológico. Além disso, os raios de sol aquecem a água contida nas placas, como em uma unidade solar térmica convencional, gerando calor que pode ser usado imediatamente ou acumulado em um conjunto de tubulações e reservatórios.

Chamada de BIQ, a “casa aquário” integra a International Bauaustellung, exposição internacional com várias construções inovadoras, que fica em cartaz até novembro deste ano em Hamburgo.

Sob encomenda

A empresa Estruturar Planejamento e Desenvolvimento Imobiliário acaba de assinar contrato com a Cassi – Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil para a construção do novo prédio para a instituição no Paraná. A obra será feita na modalidade built to suit. A Cassi não terá custo para a construção – passará a alugar o imóvel quando a obra for concluída. “Essa alternativa permite que uma empresa tenha as instalações adequadas às necessidades sem investir recursos em construção, que não é sua área fim”, explica o diretor comercial da Estruturar, Sergio Zimmermann. O imóvel terá 1.325 m2 de construção, na Rua Mateus Leme, para abrigar a sede administrativa paranaense da Cassi e também os serviços da CliniCassi.

Inovação na movelaria

O Simov (Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Paraná) e o programa Paraná Inovador pelo Design – iniciativa do Centro Brasil Design e da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – firmaram, nesta semana, acordo que visa levar o design para as indústrias e usá-lo como ferramenta de inovação e também para redução de custos. O acordo foi assinado pelo presidente do sindicato, Luís Fernando Tedeschi, e pela diretora técnica do Centro Brasil Design, Ana Brum. De acordo com a coordenadora de projetos do Centro Brasil Design, Cláudia Ishikawa, a ideia é aproximar o Paraná Design do mercado moveleiro.

Impulso ao esporte

Rodrigo Linhares Porto, diretor da Porto Camargo Enge­nha­ria, comemora a parceria com Henrique Rodrigues, atle­ta curitibano apontado pela Confederação Brasileira de Des­porto Aquático como uma das principais apostas para a Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016. A construtora es­tá apoiando os treinos do nadador com o técnico André Fer­reira, integrante da comissão técnica da Seleção Brasileira de Natação.

Lazer variado

No coquetel de apresentação das áreas comuns do Lifespace Estação e instalação do condomínio, quando os futuros moradores conheceram toda os espaços comuns equipados e decorados, o diretor-geral da Invespark, Claudio Roth, e o gerente administrativo financeiro da construtora, Antônio Tomasi Filho (foto), treinaram minigolf assessorados pelo campeão brasileiro de caddie, Marcos Farias. No Espaço Fondue, os chefs Sandro Duarte e Guilherme Guzela orientaram convidados no preparo de pratos, enquanto no Espaço Sushi o chef Paulo Tabushi ensinou receitas da culinária japonesa. Já no Wine Club, o enólogo Alcioni Dümes ministrou aula sobre espumantes.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

últimas colunas de Mercado Em Alta

PUBLICIDADE