Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Greve

Bancos funcionam normalmente em Curitiba na volta da greve

Expectativa das entidades representantes da classe trabalhista de que todos os bancos, pblicos ou privados, tenham atendimento normal durante o dia no estado

27/09/2012 | 10:47 |
  • Comentrios

As agncias bancrias de Curitiba tiveram as portas reabertas depois da greve dos bancrios que durou nove dias. O anncio da volta ao trabalho ocorreu na noite desta quarta-feira (26), depois da realizao de assembleias regionais feitas por bancos privados e pblicos. A expectativa das entidades representantes da classe trabalhista de que todos os bancos tenham atendimento normal durante o dia no estado.

Em Curitiba, a reportagem entrou em contato com agncias de bancos pblicos e privados da regio central, a mais afetada pela paralisao, que chegou a ter adeso de 636 agncias e 20 mil funcionrios no estado. Funcionrios da Caixa Econmica Federal e do Banco do Brasil informaram que as agncias funcionam normalmente, com movimento um pouco acima do normal, mas sem grandes filas.

Entre instituies privadas contatadas pela reportagem, Itau, HSBC, Santander e Bradesco tambm tm funcionamento normal. Os bancrios, de acordo com trabalhadores das agncias, abriram as portas e enfrentam um movimento normal de final de ms.

De acordo com a assessoria de imprensa do Sindicato dos Bancrios de Curitiba, no foram registrados filas ou tumultos nesta retomada do trabalho depois da greve. A entidade analisa que a paralisao de apenas nove dias bem menor que a ocorrida em 2011, quando os bancos fecharam por 21 dias a causa de no haver grande movimento nos bancos nesta quinta-feira (27).

A Federao dos Bancrios do Paran aponta que todos os bancos do estado voltaram ao trabalho nesta manh. A situao no estado de volta total ao trabalho diferente da encontrada em agncias da Caixa Econmica Federal (CEF) do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, So Paulo e Porto Alegre, alm dos Estados do Par, Cear, Bahia e Sergipe. As agncias da Caixa deste locais permanecem fechadas ainda sem previso de normalizao do atendimento.

Resultado da greve

O reajuste proposto pela Federao Nacional dos Bancrios (Fenaban) aceito pelos bancrios eleva para 7,5% o ndice de reajuste dos trabalhadores (aumento real de 2.02%) e para 8,5% o aumento do piso salarial indo para R$ 1.519, assim como os auxlios-refeio e alimentao (ganho real de 2,95%). A proposta tambm prev reajuste de 10% na participao de lucros e resultados (PLR).

Para Dias, o resultado da greve foi positivo, porque os bancrios conseguiram ndices satisfatrios de reajuste salarial, em um perodo de greve menor do que o do ano passado. "Conseguimos obter uma boa proposta, em um tempo curto. Um setor que tem ganhos astronmicos deve tratar os trabalhadores de uma melhor forma", disse.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposio com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, voc recebe o jornal em casa, tem acesso a todo contedo do site no computador, no smartphone e faz o download das edies da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 49,90 por ms no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      S o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao contedo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edies no tablet - um novo jeito de ler jornal onde voc estiver.

      CLIQUE E FAA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      publicidade