Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Paralisação

No terceiro dia de greve dos bancários, só Bradesco funciona integralmente

Agências voltam a ficar fechadas no Centro de Curitiba nesta sexta-feira. Bancários prometem manter em funcionamento os caixas eletrônicos

10/10/2008 | 09:40 |
  • Comentários

A paralisação dos bancários, que entra nesta sexta-feira (10) em seu terceiro dia, deve ganhar ainda mais mais força, segundo o sindicato da categoria. Embora ainda não haja um balanço de quantas agências devem ficar fechadas durante o dia, os funcionários dos 11 centros administrativos dos bancos HSBC, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil (BB) de Curitiba, que estão em greve desde a manhã de quarta-feira (8), já estão com os braços cruzados nesta sexta-feira (10).

Pelo menos 91 agências dos bancos públicos (Caixa e BB), devem fechar. O Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região deve divulgar um balanço com a quantidade de unidades com as atividades paralisadas durante a manhã. "A expectativa é de que a mobilização vá aumentando", diz Otávio Dias, presidente do sindicato. "Nos primeiros dias já tivemos uma adesão muito boa", avalia.

Como aconteceu na quarta e na quinta-feira (9), os serviços no auto-atendimento não deve ser afetado nesta sexta-feira pela greve dos bancários, segundo os sindicalistas. Nos bancos privados o trabalho de recolhimento de depósito e reposição do dinheiro é feito por funcionários terceirizados. Nos bancos públicos o trabalho é supervisionado por gerentes dos bancos, mas a assessoria de imprensa do Sindicato dos Bancários de Curitiba e região informa que o trabalho de manutenção dos caixas eletrônicos não será interrompido.

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) deve se pronunciar ainda durante esta manhã sobre as negociações com os trabalhadores neste terceiro dia de greve.

Bradesco

Na quinta-feira (9), o banco Bradesco conseguiu uma decisão favorável na Justiça do Trabalho assegurando que o sindicato dos bancários não interrompa as atividades em nenhuma de suas agências. Caso a ordem seja descumprida, o sindicato terá de pagar multa de R$ 70 mil por hora e por agência parada. Dias afirma que nesta sexta-feira a assessoria jurídica do sindicato deve entrar com uma ação judicial no Tribunal Regional de Trabalho (TRT) contra a decisão. “Queremos que, no mínimo, ocorra uma diminuição no valor da multa”, diz Dias. De acordo com ele, a decisão será acatada enquanto não for revertida, e, a princípio, os 1,2 mil funcionários do Bradesco trabalharão normalmente.

Interior

Nesta sexta-feira (10), bancários de 18 municípios do interior do estado estão de braços cruzados, de acordo com a Federação dos Trabalhadores no Ramo Financeiro no Estado do Paraná (Fetec-PR): Cascavel, Foz do Iguaçu, Medianeira, Goioerê, Maringá, Paranaguá, Ponta Grossa, Pato Branco, União da Vitória, Apucarana, Arapoti, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Guarapuava, Londrina, Paranavaí, Toledo e Umuarama.

Primeiros dias

O segundo dia de greve dos bancários terminou com saldo de 48% de agências fechadas, 160 de um total de 329, e 13.300 trabalhadores pararam em Curitiba e região metropolitana, informou o sindicato da categoria na quinta-feira (9). No interior do Paraná, cerca de 2.500 profissionais de 140 bancos aderiram à greve e interromperam todas as atividades. Nos 11 centros administrativos do HSBC e Caixa Econômica Federal também não houve expediente.

Reivindicações

Os bancários reivindicam aumento salarial de cerca de 13%, sendo 8% de perdas com inflação e 5% de aumento real. Também pedem mais investimento dos bancos em segurança nas agências e imediações; mais contratações; aumento na Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Orientações

Para quem tem contas com vencimento nos próximos dias, as casas lotéricas fazem grande parte dos serviços bancários, como recebimento de boletos de qualquer banco, inclusive impostos (exceto IPVA parcelado e guias GR e DARF) até o valor de R$ 500. Ainda nas lotéricas, correntistas da Caixa podem pagar contas do banco até o valor de R$ 2 mil, sacar até R$ 1 mil e depositar até R$ 500; enquanto clientes do Banco do Brasil podem sacar até R$ 200.

Nas agências dos Correios, qualquer pessoa pode pagar tributos federais e estaduais, faturas e títulos, contas de água, luz e telefone e boletos de qualquer banco dentro do vencimento. Correntistas do Bradesco (parceiro atual do Banco Postal) podem sacar até R$ 600 por dia e fazer depósitos.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade