Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Aviação

Avianca lidera ranking de cancelamentos de voos em maio

Entre as rotas com maior percentual de cancelamentos, três operadas pela Gol estão no topo da lista

19/07/2012 | 19:43 |
  • Comentários

Com 575 voos domésticos cancelados, o equivalente a 13%, a Avianca foi, em maio, a companhia aérea com maior percentual de cancelamentos, segundo ranking divulgado nesta quinta-feira (19) pela Fundação Procon de São Paulo. A Passaredo teve o maior número de atrasos superiores a 30 minutos, com 774 voos fora de horário, 32% do total.

A Avianca aparece ainda em segundo lugar no número de atrasos, com 728 voos, 18% do total de maio. A Gol foi a segunda em percentual de cancelamentos, com problemas em 2.601 voos, 10% das decolagens domésticas de maio. Em relação aos voos internacionais, a Gol teve o maior percentual de cancelamentos, 8%, (54 voos). A Avianca ficou em primeiro no ranking dos atrasos em decolagens para o exterior, 34 voos (23%).

Entre as rotas com maior percentual de cancelamentos, três operadas pela Gol estão no topo da lista: Fortaleza-Manaus, com 97% dos 30 voos previstos canceladas; Manaus-Fortaleza, com não realização de 94% dos 29 voos programados; e Campo Grande-Rio de Janeiro, com 87% dos voos 27 previstos.

O trecho entre Fortaleza e Manaus teve ainda atraso no único voo que foi efetivamente realizado. Em segundo lugar na lista de atrasos, vem os três voos que foram operados pela Gol entre Belém e Porto Velho. O terceiro lugar é do trecho entre Belém e Paraupebas (PA), operado pela Passaredo, que atrasou em 28 das 30 decolagens.

A Passaredo disse, por meio de nota, que “não medirá esforços para eliminar o desconforto causado aos clientes em relação aos atrasos anteriormente relatados”. Segundo a empresa, grande parte dos problemas está relacionada às condições meteorológicas das bases atendidas. A companhia informou ainda que “iniciou, em junho, um processo de reestruturação de sua malha aérea, visando justamente oferecer pontualidade satisfatória”.

A Gol disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que todos os cancelamentos foram feitos com antecedência e os passageiros foram avisados e direcionados, em tempo hábil, para outros voos. Segundo a empresa, a posição no ranking reflete a fatia de mercado da empresa.

Já a Avianca alegou que os problemas registrados em maio foram pontuais. A empresa justifica que enfrentou atraso na entrega de um novo avião, teve uma aeronave danificada na colisão com um pássaro e duas tiveram atraso em manutenção feita no exterior. De acordo com a companhia, esses imprevistos reduziram em 15% a frota usada no país.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 49,90 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade