Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Pnad

57% dos jovens acima de 15 anos vivem em união conjugal

O porcentual das mulheres que não viviam em união, mas que já haviam sido casadas, é superior ao dos homens na mesma situação - 26% para elas, 15,5% para eles

21/09/2012 | 20:32 |
  • Comentários

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) mostrou que 85,5 milhões de pessoas com mais de 15 anos viviam em união conjugal em 2011, o que representa 57,1% da população desta faixa etária. Pela primeira vez, os pesquisadores perguntaram qual era o estado civil das pessoas que viviam em união. Os solteiros sobressaíram: 48,1%. Em seguida, vieram os casados (39 9%), viúvos (6,1%), e divorciados (5,9%).

O porcentual das mulheres que não viviam em união, mas que já haviam sido casadas, é superior ao dos homens na mesma situação - 26% para elas, 15,5% para eles. "Esse dado aponta que a capacidade dos homens de reconstituírem a vida é maior do que a das mulheres", afirma o gerente da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo.

No País, 64,3 milhões de pessoas com mais de 15 anos não vivem em união. A maior proporção está na Região Nordeste - 44,6%. São 7,9 milhões de homens e 10 milhões de mulheres.

Arrumação

As mulheres continuam como as principais responsáveis pelas tarefas do lar. Entre aqueles brasileiros que trabalhavam, 65% também tinham afazeres domésticos - 47% dos homens disseram que também cuidam da casa, contra 89,4% das mulheres. Entre os que não tinham ocupação, 78,5% eram responsáveis pelos afazeres domésticos. A proporção sobe para 51,1% dos homens e 90% para as mulheres.

Também é alto o porcentual de crianças e adolescentes que cuidavam das tarefas da casa - 64,7% dos que tinham 5 a 17 anos - e também trabalhavam. O índice é um pouco menor do que o registrado em 2009, 66,8%.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade