Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Oportunidade de negócio

Quer abrir um negócio? Conheça 5 franquias que querem expandir para o Sul do Brasil

Investir em uma franquia pode ser uma oportunidade de abrir um novo negócio

  • Naiady Piva
Rede PremiaPão vende franquias de publicidade em sacos de pão | PremiaPãoDivulgação
Rede PremiaPão vende franquias de publicidade em sacos de pão PremiaPãoDivulgação
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Está pensando em abrir um novo negócio no Paraná ou na região Sul do país? Dá uma olhada nesta lista. São cinco redes de franquias que estão com um plano de expansão forte para esta região. Funciona assim: o empreendedor paga uma taxa para a empresa para abrir uma unidade em determinada cidade. Em troca, recebe todo o apoio para implantar um negócio totalmente formatado, sem precisar perder muito tempo planejando a empresa.

LEIA TAMBÉMFranqueado ou franqueador? Saiba qual o seu perfil de negócio

O sistema de franquias é bastante diverso. Existem redes para todo tipo de área, como alimentação, área de finanças, lazer, ensino. E para todos os bolsos. Algumas exigem investimento baixo, e podem ser abertas na garagem de casa. Outras exigem um ponto comercial e um investimento alto (mas prometem um retorno tão grande quanto).

CONHEÇA cinco ideias inusitadas de franquias (tem até banheiro químico “gourmet”)

As cinco empresas que listamos abaixo são de diferentes áreas. Em comum, todas estão com um plano de expansão agressivo para o Paraná e a região Sul. Vale dizer que as franquias costumam listar regiões e cidades prioritárias para abrir novas unidades. E é nessas regiões que elas buscam empreendedores para serem franqueados parceiros.

LEIA MAIS sobre franquias e empreendedorismo

Acqio

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/09/11/Economia/Imagens/Cortadas/acqio-02-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg
A Acqio é especializada em “maquininhas” de pagamentoAcqioDivulgação

A rede é especializada em pagamentos eletrônicos de débito e crédito. São as "maquininhas" de pagamento, que funcionam conectadas à internet (tecnologias WiFi e GPRS). O franqueado é uma espécie de representante comercial. Ele pode vender os equipamentos de forma parcelada, e receber o valor à vista. São dois modelos de franquia: home-based e de desenvolvimento de área. 

Expansão

A rede já conta com 26 unidades no Paraná, entre a região de Curitiba, Campos Gerais, Norte e Sul do estado. Até 2018, a previsão é inaugurar 25 novas unidades. Delas, são 10 em Curitiba, 5 no Norte do estado, 5 no Sul e mais 5 nos Campos Gerais. 

Em Santa Catarina já são 20 unidades, e o objetivo é abrir outras 20 (10 no Norte do estado e outras 10 na Região Metropolitana de Joinville). 

No Rio Grande do Sul, a rede conta com 21 unidades. Até o fim de 2018, quer abrir mais 8 em Porto Alegre, 7 na Serra Gaúcha e 5 no interior da Serra Gaúcha. 

Raio-x da franquia 

Investimento inicial: R$7.490,00 Taxa de franquia: R$6.490,00 mil Capital de giro: R$1 mil Royalties: ½ SM Taxa de publicidade: NC Área mínima por unidade: a partir de 20 m² Nº de funcionários por unidade: a partir de 1 Faturamento médio mensal: R$4.500,00 Lucro médio mensal: R$2.800,00 Prazo de retorno: de 6 a 12 meses Prazo de contrato: 24 meses

PremiaPão 

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/09/11/Economia/Imagens/Cortadas/premia-pao-1-ID000002-1200x800@GP-Web.JPG
PremiaPão: publicidade no saco de pãoPremiaPãoDivulgação

A PremiaPão Franchising é uma rede de franquias que atua com divulgação por meio de saquinhos de pão. O franqueado vende o espaço publitário nos saquinhos de pão. Os anunciantes pagam pelo saco e pelo anúncio. As padarias recebem os saquinhos de graça. O investimento é baixo, e a promessa é de um retorno rápido. Isto porque a cultura de padarias é bastante popular no Brasil todo. E um mesmo franqueado pode trabalhar com diferentes anunciantes, em pontos diversos. 

Expansão 

A marca pretende implantar 15 unidades no Paraná, até 2018. O foco é em Londrina, Curitiba, Maringá e Pinhais.Em Santa Catarina, a meta é abrir 17 novas unidades, nas cidades de Joinville, Blumenau e Florianópolis. Já no Rio Grande do Sul, a PremiaPão quer inaugurar 15 novas unidades, em Porto Alegre, Caxias do Sul e Pelotas. 

Raio-x da franquia 

Taxa de Franquia:

R$6.000 (em regiões com até 100 mil habitantes)

R$10.000 (em regiões com até 200 mil habitantes)

R$14.000 (em regiões com até 300 mil habitantes)

Investimento Inicial (taxa de franquia + capital de giro): de R$6.000 à R$14.000

Royalties:

1/2 salário mínimo (em regiões com até 100 mil habitantes)

2/3 salário mínimo (em regiões com até 200 mil habitantes)

3/4 do salário mínimo (em regiões com até 300 mil habitantes)

Capital de Giro: Nenhum. Trata-se da venda de serviço e trabalho com sistema home-based. E a franqueadora fornece todo o material de trabalho profissional para o seu franqueado que já incluso na taxa de franquia.

Taxa de publicidade: 0

Número de Funcionários: 0 (ou 1 se considerar o dono)

Faturamento bruto médio mensal: R$12.160

Lucro líquido médio mensal: R$ 6.690

Prazo de retorno: 1 a 4 meses (O prazo vai depender da atuação de cada franqueado)

Prazo de contrato: 4 anos

Leve Pizza 

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/09/11/Economia/Imagens/Cortadas/leve-pizza-Tiago Azem_diretor executivo da RLP _novos sabores da marca-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg
A Leve Pizza investe no segmento de pizzas pré-assadasLeve PizzaDivulgação

A Leve Pizza é a primeira rede brasileira a trabalhar com pizzas pré-assadas. O franqueado vende as pizzas prontas para ir para o forno. O diferencial em relação a outras pizzas prontas, segundo a rede, é a qualidade dos produtos. Além disso, a tecnologia da caixa, que garante um sabor similar ao do forno à lenha, mesmo se a pizza for esquentada em um fogão comum. 

Expansão 

A rede conta com 8 unidades no Paraná, e tem planos de instalar mais cinco franquias no estado, nas cidades de Maringá, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa e Guarapuava. Em Santa Catarina, a rede quer abrir mais 3 unidades, em Navegantes, Balneário Camboriú e Florianópolis. No Rio Grande do Sul ainda não há nenhuma unidade da Leve Pizza. A expectativa é inaugurar 2, em Novo Hamburgo e em Caxias do Sul. 

Raio-x da franquia 

Investimento inicial R$ 166.500,00

Taxa de franquia: R$ 35.000,00

Capital de Giro: R$ 20.000,00

Investimento em Instalação: R$ 111.500,00

Royalties: Não cobra

Fundo de publicidade: 2%

Área mínima por unidade: 100 m²

Nº de colaboradores por unidade: a partir de 04

Expectativa Faturamento médio mensal: a partir de R$60 mil

Expectativa Lucro líquido mensal: a partir de R$12 mil

Expectativa Prazo de retorno: de 18 a 24 meses

Academia Washington Franchising 

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/09/11/Economia/Imagens/Cortadas/washington-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg
A Academia Washington tem plano de expansão para o interior do ParanáAcademia WashingtonDivulgação

A Academia Washington Franchising nasceu há 53 anos, no Paraná, como uma escola especializada em inglês. A rede entrou para o setor de franquias no ano passado, e prioriza sua expansão no interior de seu estado sede. Há inclusive um modelo mais barato de investmiento para cidades pequenas, com menos de 20 mil habitantes. A ideia é incentivar a abertura de escolas no interior. A metodologia de ensino e o material didático foram criados pelo fundador da escola, Luis Octávio Costa, e são compartilhados com os franqueados, que também passam por um treinamento. 

Expansão 

A rede tem um plano agressivo de expansão pelo interior do Paraná, priorizando as cidades menores. Os municípios em que a Academia Washington busca parceiros são: Prudentópolis, Rio Branco do Sul, Pinhão, Santa Helena, Colorado, Ubiratã, Tibagi, Sengés, Capanema, Ampére, Quitandinha, Mangueirinha, Corbélia, Contenda, Campina da Lagoa, Cafelândia, Carambei, Guaraniaçu, Piraí do Sul, Engenheiro Beltrão, Guaíra, Rio Negro, Jaguariaíva, Realeza, Dois Vizinhos, Mandaguari, Assis Chateaubriand, Palotina, Castro, Campo Mourão, Francisco Beltrão e Pato Branco. 

Raio-x da franquia 

Investimento inicial (com taxa de franquia e capital de giro): de R$ 54 mil a R$ 87 mil (modelo de negócio depende do número de habitantes da região) 

Taxa de franquia: R$ 7.500,00 Small Market / R$ 25.000,00 Convencional 

Capital de giro: R$ 20.000,00 

Capital para instalação: R$ 26.000,00 

Royalties: Isenção de 3 anos/150 alunos, após valor de 3 books 

Taxa de publicidade: Não Possui 

Área mínima por unidade: Não Possui 

Número de funcionários: de 3 a 4 

Faturamento bruto médio mensal: R$ 30.750 

Lucro líquido mensal: R$ 7.800 

Prazo de retorno de investimento: 12 a 18 meses 

Prazo de contrato: 5 anos

Dr. Freeze

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/09/13/Economia/Imagens/Cortadas/IMPORTAÇÃO DE IDEIA 162 ALBARI ROSA-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg
Albari RosaGazeta do Povo

A rede curitibana é pioneira em vender o tal sorvete de nitrogênio. Hoje, além do carro-chefe, as lojas da Dr. Freeze trabalham com toda uma gama de sobremesas, inclusive as populares taças doces. A Dr. Freeze já tem unidades no Brasil e nos Estados Unidos.

Expansão

A rede conta atualmente com sete lojas, inclusive a recém-inaugurada unidade de Goiânia. No Paraná, busca franqueados em Maringá, Umuarama e Ponta Grossa. Em Santa Catarina, a prioridade são as regiões de Balneário Camboriú e Florianópolis. No Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

Raio-x da franquia

Investimento inicial: R$ 511 mil para uma loja de 200 m² 

Taxa de franquia: R$ 70 mil 

Royalties: 8% ao mês 

Taxa de marketing: 2% ao mês 

Faturamento Bruto: R$ 23 mil 

Rentabilidade: 25% a 30% 

Capital de giro: R$ 50 mil

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE