PUBLICIDADE
Trabalhadores

Força Sindical vai brigar por revisão do FGTS desde 1999

Central considera que a correção dos valores pela poupança causou prejuízo de R$ 50 bilhões aos trabalhadores desde 1999 e pede as diferenças em relação ao INPC

A Força Sindical entrará nesta terça-feira (27) com uma ação na Justiça pedindo a revisão do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para os filiados a seus sindicatos.

A central considera que a correção dos valores pela poupança causou prejuízo de R$ 50 bilhões aos trabalhadores desde 1999 e pede as diferenças em relação ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Hoje, na assembleia do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, começará a coleta de adesões de trabalhadores ao processo. Segundo o presidente do sindicato, Miguel Torres, não será possível ingressar na ação sem ser filiado a uma entidade ligada à central.

Porém, eles esperam que, caso vençam, o governo seja forçado a fazer acordo. O entendimento da Força ganhou reforço neste ano, quando o STF (Supremo Tribunal Federal) julgou as regras dos precatórios.

Os ministros disseram que é inconstitucional usar a TR (Taxa Referencial) como índice de correção monetária. "Essa decisão não é sobre o FGTS, mas mostra que houve prejuízo", diz o advogado Danilo Santana. Para ele, a ação dos sindicatos "é uma forma de dar uma cutucada política", mas tem chances concretas "pois a lei que institui o FGTS fala efetivamente em correção monetária".

Santana ressalta, porém, que o governo não deve ter condições de pagar caso perca a causa. Segundo a Força, as perdas no FGTS chegam a 88,3%. Já o economista José Dutra Vieira Sobrinho calcula uma diferença maior, de 92,94% entre janeiro de 1999 e abril deste ano. Dutra alerta que mudar a correção encareceria o crédito imobiliário.

Os ministérios do Trabalho e da Fazenda não comentaram o assunto. A Caixa disse que não iria se pronunciar antes de tomar conhecimento do conteúdo da ação.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • Olá! Repasso material para ação do FGTS! email: lissonp@gmail.com. Investimento: R$ 50,00 NOVIDADE: **ACASO NECESSITES DA PEÇA DE APELAÇÃO/RECURSO INOMINADO DISPONIBILIZAMOS INDIVIDUALMENTE POR R$ 80,00 ! *** ACASO NECESSITE DA PEÇA DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO, COM ENFOQUE EM TODOS OS DISPOSITIVOS CONSTITUCIONAIS VIOLADOS, BEM COMO PRELIMINAR DE REPERCUSSÃO GERAL, DISPONIBILIZAMOS A MESMA POR R$ 200,00! - Dr. Aulisson - 13/01/2014 15:13:19
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO